Crato-CE: Miséria lembra um ano do estrangulamento de Rejane pelo seu ex-esposo após praticar sexo


Demontier Tenório Foto: Arquivo e Fonte:Site Miséria

O Site Miséria lembra, nesta quarta-feira, a passagem de um ano do assassinato da jovem Cícera Rejane da Silva Oliveira, então com 23 anos, que foi estrangulada pelo ex-companheiro, o cabeleireiro Sidivam Martins Batista, de 27 anos. Após a prática do crime em sua residência na Rua Presidente Kenedy, 123 (Bairro Vila Alta) em Crato, ele fugiu, mas foi preso dois dias após numa operação coordenada pelo Major Paulo Hermann, Comandante da Companhia Militar.

De acordo com o oficial, o mesmo permanece recolhido na Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (Pirc) em Juazeiro e, recentemente, teve que designar policiais para escoltá-lo até o Fórum Hermes Paraíba de Crato, a fim de ser ouvido em juízo seqüenciando a instrução criminal. Ainda não existe data marcada para o julgamento pelo Tribunal Popular do Júri. O homicídio aconteceu no início da tarde do dia 26 de janeiro de 2010 após a prática de sexo.

Sidivam tentava reatar o matrimônio e terminou enforcando a ex-companheira com um fio no interior do apartamento em que o casal chegou a residir e Rejane tinha ido apanhar o restante das suas roupas. O Homicídio ocorreu em uma terça-feira e, na madrugada da quinta seguinte, o cabeleireiro foi preso dentro de um matagal no Sítio Alagoinha próximo a Indústria de Cerâmica na rodovia entre os municípios de Crato e Farias Brito. As buscas foram intensas baseadas em informações de populares.

Ele dormia no momento da abordagem e confessou à polícia ter feito sexo com a ex-mulher a qual pedia para voltar a residir no apartamento. Cícera, segundo ele, admitia a possibilidade de encontros apenas semanais o que não o agradava. Num descuido da jovem, ele teria segurado-a por trás para enforcar com o fio. Depois, conforme relatou à polícia, fugiu até as imediações da antiga PY Clube onde apanhou uma Topic e viajou para o Distrito de Dom Quintino ficando escondido dentro do mato.

4 responses to “Crato-CE: Miséria lembra um ano do estrangulamento de Rejane pelo seu ex-esposo após praticar sexo

  1. tem que a ramcar os doqumento dele é botar os gato comer.

  2. isto nao vai ficar assim a policia tem que lutar para estrangular este maginal eu nao conheço a vitima mas sim conheço a historia toda feita aqui no site …………..vamos luta por tudo isso.obrigadooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo…………………….

  3. isso naum pode ficar assim ele tem q pagar pelo q ele fez a justiça tem q ser feita…

  4. esse psicopata tem q pagar oq ele fez a gente vai lutar ate o fim pq a gente naum se comforma cm oq ele fez familiares e amigos…

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s