NOVA OLINDA – CEARÁ: CAMINHOS DA CHAPADA – Expedição faz rota dos Kariri


Os meninos da Fundação Casa Grande estão percorrendo os caminhos vividos pelos índios Kariri

Expedição caminhos da Chapada passou pela caverna em Santa Fé, com inscrições rupestres, no Crato AUGUSTO PESSOA
Nova Olinda. É deste Município que os aventureiros, em busca dos Caminhos da Chapada, partem. Durante seis dias, as primeiras, belas e inesquecíveis imagens são registradas pelas câmeras do veterano fotógrafo e jornalista paraibano, Augusto Pessoa, e os integrantes da Fundação Casa Grande, Samuel Macedo, fotógrafo, e Hélio Souza, na captação de imagens para produção de vídeos para o catálogo na pasta de making-off.

Foram mais de 1.300 quilômetros percorridos em sete cidades da região. Pontos mitológicos, encantados. Na rota dos índios Kariri, o grupo segue no rumo das águas, no projeto denominado Expedições Caminhos da Chapada.

Organização

O trabalho tem a direção de Alemberg Quindins e coordenação científica de Rosiane Limaverde, diretores da Fundação Casa Grande, em Nova Olinda, instituição responsável pelo projeto. Com apoio do Ministério do Turismo e em uma das cidades escolhida como cidade turística do Brasil, a pretensão do projeto é fortalecer o turismo de base comunitária e divulgar a região do Cariri no Brasil e mundo afora. Isso já vem sendo feito pela instituição, por meio de uma exposição itinerante.

Viagens

Ano passado, foram visitados países da Europa, incluindo Itália e Portugal, e Estados do Brasil, levando na bagagem dos Meninos da Casa Grande, música e imagens de rara beleza da região, além das histórias contadas por Alemberg, sobre as histórias mitológicas e encantos da região. A arqueóloga Rosiane Limaverde tem sido uma das responsáveis pelo trabalho de levantamento dos sítios arqueológicos e o desenvolvimento de estudos científicos por meio da Fundação Casa Grande.

Atualmente, está cursando doutorado em Portugal. A parceria com a Universidade de Coimbra é desenvolvida junto ao projeto das Expedições Caminhos da Chapada.

E foi por Missão Velha que tudo começou. Na cachoeira onde os índios Kariri fizeram pousada e os primeiros habitantes da região entraram. O planejamento eficiente do grupo veio em uma das melhores épocas do ano para se captar imagens, que servirão para a produção de um livro/catálogo sobre a Fundação Casa Grande – Memorial do Homem Kariri. A Chapada é cenário. A valorização da paisagem natural e a cultura como marcas fortes entram como esteio da produção.

Fotografia

Mais de três mil fotos foram captadas nos primeiros dias de trabalho. A próxima expedição acontece em março. A trupe, coordenada por Alemberg, dá passos importantes nos registros de uma caminhada, demarcada pelos indígenas. Os lugares encantados, onde as comunidades vivenciam muito bem as lendas e a vida real como quase uma coisa, só são visitados pelo grupo. Carneiros de ouro, castelos encantados, mãe d´água.

Depois de Missão Velha, o grupo vai por Lavras da Mangabeira, adentrar na mata. A passagem pelos cânions, entrecortados pelos rios, no Boqueirão de Lavras, possibilita imagens inesquecíveis de um Cariri naturalmente rico.

Sítios arqueológicos nos Municípios de Campos Sales e Crato foram visitados. A Pedra do Convento, um dos sítios com inscrições rupestres, de onde pode ser verificada uma paisagem panorâmica da vegetação da Chapada, e também na caverna de Santa Fé, no Crato.

Madrugada

As primeiras frestas de luz são aproveitadas para imagens dos ferreiros em Potengi. Os homens acordam cedo. O tilintar das batidas nos ferros molda as lâminas em brasa. É preciso para o trabalho acordar às três da madrugada, para aproveitar o sereno da madrugada, a frieza em contraste com o calor do metal. No Boqueirão dos Viana, em Campos Sales, a presença da religiosidade e uma cultura singular dos povos da Chapada.

PRIMEIRA ETAPA
Material já será exposto neste ano na Espanha

Nova Olinda. A primeira etapa dos trabalhos aconteceu de 8 a 13 de fevereiro. Samuel Macedo afirma que, esse primeiro momento, foi uma experiência única. “Alguns desses pontos já conhecíamos, mas são encantadores pela beleza”, diz. O fotógrafo destaca a boa quantidade de material coletado. “É a parte que chamamos de Caminho das Águas”, diz Samuel, ao relatar a rota que incluiu os boqueirões, nascentes e mães d´água e toda a região. “Pudemos registrar a força das águas neste período”, acrescenta ele. E esse material já será exposto este ano em viagem à Espanha, ainda no primeiro semestre.

Segundo Samuel, esse primeiro momento serviu de modelo para os próximos passos. “Registramos tudo, desde a quilometragem, pontos dos sítios no GPS, vídeos com depoimentos nossos e dos moradores das localidades visitadas”. E tem mais lugares. A Gruta do Farias, em Barbalha. Naturalmente bela, pelas águas subterrâneas, estudada pelos espeleólogos.

No Crato, a bela paisagem da Pedra do Batente. É um dos mirantes mais visitados da região. As paisagens das localidades de Arajara, em Barbalha, e na cidade de Jardim, foram as derradeiras paragens do grupo nessa primeira leva. No final do dia, mais trabalho esperando pelo grupo. Extasiados pela beleza, e concentrados, planejam os dias posteriores da expedição.

Algumas cidades da Espanha serão visitadas. Um convite do Futebol Clube Barcelona está incluído na agenda. Durante uma semana, a equipe da Casa Grande estará em Barcelona para divulgar as belezas, a cultura e o projeto para os espanhóis.

MAIS INFORMAÇÕES
Fundação Casa Grande
Avenida Jeremias Pereira, 444, Nova Olinda/ Telefone: (88) 3546.1333
Escritório – Crato: (88) 3521.8133

Por: Elizângela santos

One response to “NOVA OLINDA – CEARÁ: CAMINHOS DA CHAPADA – Expedição faz rota dos Kariri

  1. nacido em nova olinda residente em guarulhos sp

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s