Juazeiro do Norte-CE: Léo Boca de Lata é morto com 10 tiros de pistola e sua mãe baleada


Fonte: Miséria Demontier Tenório Foto: Normando Sóracles

O estudante universitário Leonardo Gonçalves Matos, de 25 anos, mais conhecido como Léo Boca de Lata, foi assassinado por volta das 13h30min desta terça-feira com cerca de 10 tiros de pistola. Ele seguia para sua residência na Rua Delmiro Gouveia (Bairro Santa Tereza) em companhia da mãe, Flávia Gonçalves Matos, quando foi abordado por três homens que viajavam em um veículo de cor escura. Dois deles desceram e passaram a atirar fugindo depois em alta velocidade.

A maioria dos tiros o alvejou na cabeça, enquanto a mãe foi atingida no abdômen e braço sendo socorrida às presas para o Hospital Santo Inácio, onde se submete a uma cirurgia. O homicídio e a tentativa aconteceram na Rua Rui Barbosa entre as ruas José Marrocos e São Pedro e as balas ainda atingiram um veículo ali estacionado em uma oficina. Momentos antes, Léo havia sido abordado por policiais apenas para averiguações.

Segundo um parente que esteve no local enquanto chegava o rabecão para conduzir o corpo até o IML, o rapaz estava residindo em Fortaleza e cursando Direito. Ele tinha vindo a Juazeiro do Norte apenas participar da festa de aniversário de uma pessoa da família. Ele era sobrinho do policial conhecido como Cícero Doido que foi assassinado e este crime se tornou o estopim de uma série de conflitos em que muitos tombaram mortos por conta de balas perdida.

O filho do PM e conseqüentemente seu primo, Cícero Gonçalves do Santos Junior, de 18 anos, que era conhecido como Júnior da Biz, tentava vingar a morte do pai e terminou assassinado à bala em março de 2008 em uma chácara no Barro Branco quando tombou dentro de uma piscina. Léo Boca de Lata era acusado de tentativas de homicídios e porte ilegal de arma de fogo. Uma delas foi no dia 21 de setembro de 2008 quando tentou matar o Soldado Francisco de Assis Bezerra, 28 anos.

No dia 11 de fevereiro de 2009 ele estava na companhia do traficante Francisco Daniel de Oliveira Ramos, de 30 anos, mais conhecido por “Careca”, quando este foi preso por agentes da Polícia Federal de Juazeiro do Norte no Bairro Pio XII. Naquele dia a polícia apreendeu Léo Boca de Lata que chegava em uma motocicleta conduzindo Leandro Alves do Nascimento, popularmente chamado de “Faísca”, que havia fugido da Cadeia Pública de Brejo Santo. Com os dois, a polícia apreendeu um revólver calibre 38 e uma pistola.

3 responses to “Juazeiro do Norte-CE: Léo Boca de Lata é morto com 10 tiros de pistola e sua mãe baleada

  1. oo lha so seus filhos de uma puta o meu ursinho leo tem mas carater do que vcs que falan dele so do um comselho lava aboka de vcs para fala do leo ok bando de otarios

  2. bem feito….tava na hora desse marginal que se achava superior a todo mundo ter o que merecia.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s