Arapiraca (AL): Chacina deixa quatro mortos e um ferido


Adalberto Custódio – Sertão 24 horas Foto: Adalberto Custódio

Quatro mortos e um ferido. Esse foi o saldo de uma chacina que voltou a assustar a comunidade do bairro Canafístula, periferia de Arapiraca. O crime ocorreu por volta das 19h30 da última quarta-feira (18) e teve como palco a oficina do Nego, localizada defronte a praça Higino Vital, no centro do bairro.

De acordo com os primeiros levantamentos, quatro rapazes chegaram na oficina em um Chevrolet Prisma , de cor prata e placa DXG 3420 – Maceió/AL. Minutos depois, um Fiat Siena de cor escura e placa não identificada parou na porta da oficina e três homens fortemente armados invadiram o local e executaram as vítimas, além de uma quinta pessoa que, segundo testemunhas, trata-se do filho do proprietário da oficina.

Elielson Gomes da Silva (25), Emerson David Fernandes dos Santos (25), Valdir Bezerra dos Santos (26) e Antônio Severino Barbosa (18) tiveram morte instantânea. O filho do proprietário da oficina, Marcondes dos Santos de Almeida (32) ficou gravemente ferido e foi encaminhado, com vida, para a Unidade de Emergência. As vítimas foram executadas com tiros de pistola 380 e espingarda calibre 12. No local ainda foi encontrada uma pistola 380 enrolada num pano.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Robério Ataíde, o crime pode ter ligação com roubo de veículos na região. Segundo ele, Marcondes dos Santos, conhecido como Nego da Oficina, tem passagem pela polícia por crime de receptação de veículos roubados e que foram encontrados em poder das vítimas 17 depósitos bancários do Bradesco no valor de R$ 500 cada. Todos eles nominais a uma pessoa da cidade de Maringá/PR que, segundo o delegado, tem problemas sérios com a justiça.

A polícia descobriu que o veículo utilizado Chevrolet Prisma cor prata e placa DXG 3420/AL pertence a uma locadora de Maceió, cujo cadastro consta o nome de um taxista da capital alagoana. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.

Valdir Bezerra pode ser um dos envolvidos no assassinato do vereador da cidade de Tanque d´Arca, Renato Lima, ocorrido há 8 anos, e do cabo PM José Romero, também na mesma cidade. Ataíde alega ainda que a vítima também era suspeito arquitetar um plano para executar a ex-delegada de Pilar, Paula Francinete.

Valdir chegou a ser preso em março de 2006, após ter a prisão preventiva decretada pelo juiz Alberto de Almeida, sob acusação de roubo a cargas. Ele estava em companhia de sua esposa e a prisão foi efetuada pelo Tático Integrado Grupo de Resgate (Tigre), na cidade de Paripueira.

Ainda de acordo com o delegado Robério Ataíde, duas das vítimas são alagoanas, mas residiam em São Paulo, onde mantinham ligações com traficantes do Sul do país.

MORREU DE GRAÇA: Na hora e no lugar errado

Uma das vítimas da chacina nada tinha a ver com os envolvimentos dos outros três mortos. Antônio Severino Barbosa (18) retornava do trabalho e, no caminho, teve um problema no pneu de sua bicicleta.

Antônio resolveu parar na oficina de Marcondes para pedir uma ferramenta. Poucos segundos após estar no local, foi surpreendido pelos atiradores.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s