Quadrilha presa em Acopiara chega a Fortaleza


Em Acopiara, foram presos Marcílio Alves Feitosa, Cícero Alves Feitosa, Aurino Patrício do Nascimento, Derci Malheiros e Fernando Dizzi. Todos acabaram detidos quando resgatavam a droga lançada do helicóptero (Foto: Wandembergue Belém/Diário do Nordeste)

Chegou na madrugada de hoje a Fortaleza a quadrilha de traficantes interestaduais capturada na noite de quarta-feira última, durante
uma megaoperação envolvendo as polícias Federal e Militar, que começou na Região Centro-Sul do Ceará e terminou no Interior do Piauí.

Oito homens foram presos com 187 quilos de cocaína pura. Os pacotes contendo o entorpecente foram lançados de um helicóptero em uma fazenda na zona rural do Município de Acopiara (345Km de Fortaleza).

Nomes

A quadrilha era composta pelos seguintes acusados, Marcílio Alves Feitosa (apontado como o chefe do bando), Cícero Alves Feitosa (irmão de Marcílio), Aurino Patrício do Nascimento, todos cearenses de Acopiara; Derci Guelci Malheiros, da cidade de Colorado, no Paraná; e Fernando Dizzi, nascido em Linhares, no Espírito Santo. Os cinco foram presos no Sítio Córrego, na zona rural de Acopiara, por agentes da Delegacia de Repressão aos Entorpecentes (DRE) da PF do Ceará e efetivos do 10º Batalhão Provisório da PM, sediado em Iguatu, sob o comando do major Natanael Cavalcante.

No aeroporto da cidade de Picos, localizado no bairro Altamira, no Interior do Piauí, foram capturados por policiais militares do 4ºBPM/PI, os três tripulantes do helicóptero modelo Robinson 44, de prefixo PR-HDA, que transportou a droga do Mato Grosso até o Ceará. Com eles, foram apreendidos cerca de R$ 29,6 mil em espécie, além de cartões de crédito em nome de Felipe Ramos, mais R$ 12,6 mil em cheques, cinco telefones celulares, um tablet e um notebook.

Os três homens foram identificados como, Felipe Ramon de Moraes, 25; José Tadeu dos Santos, 52; e Alexandro de Oliveira, Pinho 33. O helicóptero está licenciado em nome de Felipe.

Transferência

Na noite de ontem, a quadrilha deixou a cidade de Iguatu em direção a Fortaleza, sob forte escolta da PF e da PM.

Pela manhã, o superintendente da PF no Ceará, delegado Sandro Caron; e o titular da DRE, delegado Eliomar Lima Júnior, além do chefe do Núcleo de Combate ao Crime Organizado, delegado Tarcísio Abreu, concederam uma entrevista coletiva para falar do caso.

Força Aérea

As investigações que resultaram no desmantelamento da quadrilha tiveram início há mais de duas semanas. Sandro Caron destacou a colaboração da Polícia Militar, da Ciopaer e da Força Aérea Brasileira (FAB). “Sempre que existe uma situação de suspeita de tráfico de drogas por via aérea, a FAB nos dá uma colaboração importante, pois a aeronave suspeita é monitorada o tempo todo”, destacou o delegado.

Caron acrescentou que o helicóptero utilizado pelos criminosos deverá ser cedido pela Justiça Federal à PF para auxiliar nas ações de combate ao tráfico de drogas no Brasil. Isso deve ocorrer logo que o processo seja concluído com o julgamento dos acusados. “Essa aeronave será um objeto de auxílio muito importantes nas nossas operações”.

O superintendente regional da PF lembrou que o homem apontado como chefe do bando, Marcílio Alves Feitosa, saiu de uma das Casas de Privação Provisória de Liberdade (CPPLs) localizadas na região Metropolitana de Fortaleza (RMF) na sexta-feira passada. Ele, que é irmão do proprietário da fazenda onde o carregamento foi deixado, fazia parte de uma organização criminosa especialista em assaltos a bancos e carros-fortes.

A fonte

A cocaína apreendida veio do Estado do Mato Grosso e importada da Bolívia, Colômbia ou Peru. “A procedência ainda é objeto de investigação”, disse Sandro Caron. Apesar de a droga já estar pronta para o consumo, os agentes da PF acreditam que no Ceará os traficantes iriam ´desdobrá-la´. Em média, cada quilo de cocaína pura é transformado em até três quilos ´batizados´.. A droga apreendida seria consumida na Capital e Interior do Estado.

A PF continua as investigações no sentido de localizar e prender outras pessoas integrantes do mesmo bando.

Fonte: Diário do Nordeste

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s