Assistir vídeo de Fuzilamento na Africa do Sul que matou 36 mineiros


Pelo menos 36 pessoas morreram na quinta-feira depois que a polícia da África do Sul abriu fogo contra mineiros em greve na mina de platina Marikana, no noroeste da África do Sul, afirmou nesta sexta-feira (17) o secretário-geral do influente sindicato de mineiros NUM.

“O número que temos de ontem (quinta-feira) é de 36 mortos”, disse o líder sindical Frans Baleni a uma rádio local.

O comissário de polícia Riah Phiyega disse que a polícia atirou para se defender. Ele afirmou que há 34 mortos, 78 feridos e 259 presos.

Pouco antes, o ministro da Polícia, Nathi Mthethwa, havia admitido que havia “mais de 30 mortos” e muitos feridos.

Mthethwa disse à “Talk Radio 702″ que também há muitos feridos na mina, a 100 quilômetros de Johanesburgo, onde os agentes abriram fogo contra mineiros armados com machetes e paus.

O número de mortos não é definitivo e pode aumentar, segundo a imprensa local.

“A polícia fez tudo o que pôde, mas os mineiros disseram que não deixariam o local e que estavam dispostos a lutar”, comentou o ministro sobre um incidente que causou comoção na África do Sul e evocou a violência do “apartheid”.

Posted in: Vídeos

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s