Crato-CE: Casal de professores juazeirenses morre em acidente na descida da Serra do Araripe

20140906075458_capa
Demontier Tenório/// (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)
George Ronan e Rita Samara morreram no acidente (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)
Uma colisão registrada por volta das 16h30min desta sexta-feira no Km 14 da CE-292 que liga os municípios de Crato e Exu (PE), resultou na morte de um casal de professores juazeirenses. George Ronan Pereira Pinheiro, de 26, residia na Rua Santa Inês (Franciscanos) e Rita Samara de Sousa Vidal, de 19 anos, morava na Rua Joaquim da Rocha no bairro Pirajá.

Os dois viajavam em um veículo Corsa Classic Sedam de cor prata e placas OIP-7142, inscrição de Juazeiro, que vinha na direção do Crato e bateu em um caminhão Mercedes Benz 1620 de cor vermelha e placas KJJ-9982, inscrição de Ipubi (PE), dirigido por Amilton Batista Primo, de 43 anos, residente no bairro Serrolândia em Ipubi que seguia na direção do Pernambuco.
Bombeiros fizeram o resgate dos corpos

Segundo testemunhas, o Corsa desenvolvia boa velocidade e, provavelmente, o motorista perdeu o controle do veículo em uma curva quando invadiu a contramão batendo de frente no caminhão. Ela ficou presa às ferragens e militares da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) convocaram o Corpo de Bombeiros para fazer o resgate do corpo. Durante algum tempo, o trânsito ficou interrompido na estrada causando um grande congestionamento de veículos, enquanto os corpos eram levados no rabecão para serem necropsiados no IML de Juazeiro.
O Corsa bateu de frente em um caminhão
MAIS FOTOS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/2014/09/acidente-mata-duas-pessoas-na-cidade-do.html

Mortes por ebola sobem para 2.097 na África Ocidental, segundo OMS

download
Funcionário de departamento de saúde da Libéria limpa com desifetante um homem que teria morrido por ebola em Monrovia. A imagem é de 4 de setembro (Foto: Abbas Dulleh/AP)
A infecção pelo vírus ebola já matou 2.097 pessoas na África Ocidental, de acordo com o balanço divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira (5). Ao todo, 3.944 pessoas foram infectadas pelo vírus. Os números incluem os dados da Libéria, Guiné e Serra Leoa.

Os dados não incluem os pacientes da Nigéria ou do Senegal, que também foram afetados, nem da República Democrática do Congo, que também foi acometida por um surto independente da doença. As informações foram divulgadas pela Reuters.

A epidemia, que teve início em março, pode afetar 20 mil pessoas até ser contida, segundo a OMS. Nesta sexta-feira, a ONU fixou uma meta de deter a extensão da epidemia de ebola nos próximos seis a nove meses, afirmou o secretário-geral Ban Ki-moon.

Depois de uma reunião com altos funcionários da saúde, Ban afirmou que “as próximas semanas serão decisivas” para intensificar os esforços internacionais para combater a pior epidemia mundial de ebola.

Tratamentos experimentais

Nesta quinta-feira, a OMS pediu, durante encontro com especialistas em Genebra, que as empresas farmacêuticas e as agências reguladoras trabalhem juntas para acelerar o desenvolvimento de drogas e vacinas seguras e eficazes contra o ebola.

Dez tratamentos experimentais – oito drogas e “duas candidatas promissoras a vacinas” – mostraram potencial contra o vírus, mas continuam sob investigação, informou a OMS em um documento divulgado na cúpula.

Entre eles está a droga ZMapp, fabricada pela norte-americana Mapp Biopharmaceutical Inc., que foi ministrada a vários pacientes do ebola por “razões humanitárias”, mas cuja eficácia clínica “ainda é incerta”, disse a entidade.

“Os esforços para aumentar a produção (do ZMapp) podem gerar suprimentos potenciais de algumas poucas centenas de doses até o final de 2014.”

As provas da eficácia dos medicamentos e vacinas “são sugestivas, mas não se baseiam em dados científicos consistentes vindos de testes clínicos”, declarou a OMS. Os estoques atuais de todos os medicamentos experimentais são extremamente limitados ou já acabaram.

Fonte: G1
MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/2014/08/caririacu-ce-seis-corpos-das-vitimas-de.html

Funcionários da Caixa Econômica Federal são suspeitos de desviar quase R$ 4 milhões

images
Polícia Federal pediu a indisponibilidade de bens do suspeitos; Caso segue em investigação (Foto: Divulgação)
A Polícia Federal (PF) cumpriu na manhã desta quinta-feira (4) mandados de busca e apreensão contra dois funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) de Fortaleza, suspeitos de desviarem quase R$ 4 milhões oriundos da tesouraria do banco. As ações fazem parte da Operação Desfalque.

Segundo informações da Polícia Federal, os dois servidores da CEF realizavam débitos em subcontas contábeis sem a autorização do banco. Desta maneira, a dupla originava pendências no fechamento dos caixas. Para justificar a saída do dinheiro, os funcionários criavam autenticações falsas em nome da própria Caixa.

O crime foi descoberto após uma auditoria interna feita pela CEF. As transações foram feitas pelos dois funcionários nos próprios caixas em que trabalhavam, no período de maio de 2012 até maio deste ano. Ao todo, foram desviados R$ 3.937.560,09.

A PF investiga o caso para descobrir de que maneira os dois envolvidos conseguiam realizar as fraudes e qual o destino do dinheiro desviado. APF pediu a indisponibilidade dos bens dos suspeitos que foram suspensos dos cargos que ocupavam.

A assessria de imprensa da Polícia Federal não informou o nome dos envolvidos.

Fonte: Diario do Nordeste
MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/2014/08/caririacu-ce-seis-corpos-das-vitimas-de.html

Juazeiro do Norte-CE: Adolescente de 17 anos é morto a tiros em uma lanchonete no Tiradentes

download
Demontier Tenório///(Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)
Francisco Joellington foi morto a tiros por volta das 21h30min desta terça-feira (Foto: Arquivo pessoal)
O menor Francisco Joellington Ferreira de França, de 17 anos, foi morto a tiros por volta das 21h30min desta terça-feira quando se encontrava em uma lanchonete na Rua Artesão Manoel de Barros (Tiradentes) em Juazeiro do Norte. Ele morava na Rua Odorico Soares Campos, 154 (Bairro José Geraldo da Cruz) e foi surpreendido com a chegada de dois homens em uma moto os quais adentraram o estabelecimento e passaram a efetuar os disparos quando se aproximaram do rapaz.

A vítima foi atingida com cinco tiros, sendo dois nas costas e três na cabeça alguns à queima roupa causando sua morte imediata. A doméstica Francisca Francineide Alcântara Pereira, de 43 anos, residente naquela rua e irmã do dono da lanchonete, foi atingida por uma bala perdida e terminou socorrida por familiares para o Hospital São Vicente de Paulo de Barbalha com um tiro no tornozelo, cujo projétil ficou alojado.
A vítima foi atingida com cinco tiros e morreu no local (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)

O pai do jovem morto, Joellington Ferreira, disse à polícia que o filho vinha recebendo ameaças de morte e era amigo de Ermerson Gomes de Figueiredo, de 20 anos, que residia no bairro Tiradentes e foi seqüestrado na noite de sábado no cruzamento da Rua João Correia de Oliveira com a Avenida Doutor Floro (Juvêncio Santana) tendo o corpo encontrado na manhã deste domingo (31) no Corredor da Vaca Morta localizado no Sítio Barro Branco.

Militares do Ronda do Quarteirão estiveram no local e souberam que Joellington tinha passagens pela Policia Federal após ser preso com cédulas falsas e era suspeito de envolvimento com drogas. Foi o 1º homicídio de setembro e 109º do ano em Juazeiro se constituindo ainda o segundo do ano no Tiradentes. O único naquele bairro tinha sido em 25 de janeiro quando o corpo do professor de Educação Física, Luis Humbermar do Nascimento, de 36 anos, foi encontrado dentro de sua casa na Rua Antonio Nunes de Alencar.
MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/2014/08/caririacu-ce-seis-corpos-das-vitimas-de.html

Racismo de torcedora choca amigos negros. Família ´foge´ de Porto Alegre

download
(Foto: Reprodução)
Patrícia Moreira era, até a última quinta-feira, mais uma torcedora do Grêmio que mora no bairro Passo das Pedras, zona norte de Porto Alegre. Com 23 anos, a loira jamais tinha dado qualquer indício do motivo pelo qual se tornaria nacionalmente conhecida: atos racistas. Tinha uma vida tranquila, trabalhava prestando serviço à Brigada Militar, com amigos negros e brancos. Até ser flagrada, aos gritos, chamando o goleiro Aranha de ´macaco´, no duelo com o Santos pela Copa do Brasil. Hoje, sua casa está fechada, a família ´fugiu´ da capital gaúcha, e os mais próximos se dizem chocados.

Mas o perfil de Patrícia desenhado pelos vizinhos e amigos em nada remete a jovem que vociferava contra Aranha. Os gritos de ´macaco´, ´macaco´, ´macaco´, evidentes pelas imagens das câmeras da ESPN, vistas repetidamente no Brasil inteiro, jamais foram direcionados, por exemplo, a seu Pedro, vizinho que mora na casa da frente. A residência amarela, de madeira, da filha, esconde a casa de material construída nos fundos. Local em que Patrícia já esteve, amigavelmente, rodeada por amigos cujo tom da pele é idêntico ao do goleiro do Santos.

“Fiquei chocado [ao ver as imagens], no início não quis acreditar que era ela. Mas vendo que era, eu fiquei muito triste. Ela não é assim. Nunca foi. Conheço desde criança”, disse o senhor de 63 anos, que há 60 reside no local. “Comigo nunca teve nenhuma atitude racista. É minha vizinha da frente. Nos cumprimentamos, conversamos, nunca foi aquela da televisão”, completou.

Na casa da família, mais uma vez o destino prega uma peça em Patrícia. O vermelho, cor do arquirrival gremista, Internacional, está estampado. E o clube colorado também foi alvo de atos discriminatórios da jovem. Em foto publicada nas redes sociais, já deletadas rapidamente, ela aparecia segurando um macaco de pelúcia, que vestia a camisa do Inter. E na foto, segurando o macaco, ela fazia cara de nojo.

“Eu conheço a Patrícia sim. Ela nunca teve nenhuma atitude racista comigo ou com qualquer pessoa da minha família. É muito amiga do meu filho. Se conhecem há anos. Já veio aqui em casa”, disse Miguel Chaves, também negro, vizinho de Patrícia. “Nunca imaginamos aquilo”, completou.

Assustada pela repercussão do caso, a família de Patrícia optou por fechar a casa. Segundo relataram vizinhos, estão fora de Porto Alegre para ´fugir´ de qualquer contato com a imprensa, mas retornarão para o depoimento. Chamada a prestar esclarecimentos, ela só falará na presença de um advogado, mas estará na 4ª Delegacia de Polícia na segunda-feira, tentando justificar os atos.

Os relatos de depredação da casa da moça são confusos. Entre os populares, ninguém viu o local ser apedrejado, não há registro policial ou mesmo marcas nas paredes. “Eu vi algumas pedras, mas não sei. Não vi atirarem”, contou um vizinho que solicitou anonimato. “É uma covardia o que estão fazendo com ela. Estão colocando como se ela fosse um monstro. Não é verdade. Ninguém aqui em casa vai falar nada. Estamos do lado dela”, completou.

O bairro, a rua, a vizinhança de Patrícia é, como todo o país, a cara da miscigenação. Brancos, negros, mulatos, índios, pardos, toda etnia possível está presente no local, onde dividem espaço casas de classe média com barracos bastante pobres.

Nenhuma voz se levantou lá contra Patrícia. Amigos negros, são muitos. Todos surpresos, tristes, mas ao mesmo tempo buscando mostrar que ela não é aquela da imagem. “Ela foi pelo momento, no embalo dos outros”, finalizou Pedro.

Após confrontarem as imagens do sistema de câmeras da Arena com Patrícia e mais um acusado, a polícia gaúcha poderá abrir inquérito, que prevê julgamento da jovem. A pena para injúria racial vai de 1 a 3 anos de reclusão.

E antes disso as repercussões na vida pessoal já foram fortes. Xingada na internet, ela deletou todos perfis em redes sociais. Foi afastada do emprego como prestadora de serviço ao Centro Médico Odontológico da Brigada Militar. E carregará para sempre o peso do ocorrido naquela noite. Doeu em Aranha, envergonhou os gremistas, mas certamente não passou em branco na vida de Patrícia.

Fonte: UOL Esportes
MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/2014/08/caririacu-ce-seis-corpos-das-vitimas-de.html

Juazeiro do Norte-CE: Jovem sequestrado e assassinado a tiros foi uma das sete mortes violentas do fim de semana no Cariri

download
Demontier Tenório///miseria.com.br
Ermesson Gomes foi raptado no Juvêncio Santana e morto no Barro Branco (Foto: Arquivo pessoal)
Caiu de 10 para sete o número de mortes violentas na comparação dos dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram cinco mortes no trânsito e dois homicídios. Os corpos necropsiados no IML (Instituto Médico Legal) vieram de Mauriti, Potengi, Jati, Barbalha, Araripe e dois de Juazeiro. De acordo com levantamento feito pelo Site Miséria, uma morte aconteceu na sexta-feira e as demais no domingo após um sábado tranqüilo.

Por volta das 20 horas desta sexta-feira, na CE-292 à altura do Sitio Boa Vista em Santana do Cariri, o agricultor Marcelo Gomes de Lima, de 20 anos, morreu em acidente de trânsito. Ele residia no Distrito de Araporanga naquele município e pilotava uma moto Honda Bros de cor preta entre os distritos de Aratama em Assaré e Latão em Santana do Cariri, quando perdeu o equilíbrio do veículo em uma curva chocando-se contra uma barreira tendo morte imediata.

Já por volta de 01h30min da madrugada deste domingo morreu na Vila Central na zona rural de Potengi o jovem Francisco Germano dos Santos Ferreira, de 24 anos, que residia no Sítio Barreiro dos Batistas em Araripe. Ele pilotava sua moto Honda Fan CG 150 de cor vermelha quando perdeu o equilíbrio e caiu do veículo morrendo no local. Na garupa, um adolescente de 16 anos sofreu apenas ferimentos leves.

No mesmo horário o jovem Domingos Sávio Amador de Menezes, de 27 anos, que residia na Rua Pio Norões, 25 (João Cabral), morreu em acidente com sua motocicleta. Ele trafegava com sua Honda Bros de cor vermelha pela Rua Mauro Sampaio (Planalto), quando abalroou uma vaca e caiu do veículo. Uma equipe do SAMU ainda tentou reanimá-lo no local do acidente, mas sem êxito em virtude da gravidade das lesões. Foi a trigésima morte no trânsito este ano em Juazeiro

Por volta das 9 horas deste domingo um cadáver foi encontrado no chamado Corredor da Vaca Morta no Sítio Barro Branco em Juazeiro crivado de balas. Já no IML este foi identificado como sendo o jovem Ermesson Gomes Figueiredo, de 20 anos, que residia na Rua Santo Amâncio, 276 (Tiradentes). Na noite de sábado, por volta das 23h30min no cruzamento da Rua João Correia de Oliveira com a Avenida Floro Bartolomeu (Juvêncio Santana), uma pessoa foi baleada e colocada dentro de um carro.

A polícia esteve no local e encontrou uma moto Honda CG 125 de cor preta e placa KKY-6220, inscrição de Vertente do Lerio (PE) – exatamente referente ao documento que estava no bolso da vítima – e o pára-choque com a placa KGP-7958 pertencente a um veículo Corsa de cor vermelha de Triunfo (PE), cujo carro foi encontrado, depois, incendiado na subida do Horto contra o qual existe uma queixa de roubo. Foi o sexto homicídio de agosto e 108º do ano em Juazeiro.

Por volta das 21h30min deste domingo morreu no Hospital Santo Antonio de Barbalha o jovem Jean Carlos Oliveira Santiago, de 19 anos, que residia em Russas. Na última quinta-feira ele se envolveu em um acidente de trânsito na BR-116 à altura do município de Jati. No mesmo hospital morreu Antonio Cruz do Nascimento, de 59 anos, que residia no Sítio Estrela em Barbalha, onde foi atropelado por um caminhão quatro horas antes.

Por volta das 23h30min ainda deste domingo foi morto a tiros o jovem Cássio Barreto da Silva, de 22 anos, apelidado por Caçulo, que residia no Distrito de Pajeú em Araripe. Ele estava ingerindo bebidas alcoólicas em um bar quando chegaram dois homens encapuzados em uma moto de cor prata efetuando os disparos. A vítima ainda foi socorrida ao Hospital Lia Loiola de Alencar, mas já chegou sem vida. Segundo seu irmão, Caçulo tinha algumas inimizades por costumar agredir e ameaçar pessoas.
MAIS FOTOS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/2014/08/celebridades-internacionais-tem-fotos.html

Celebridades internacionais têm fotos nuas vazadas por hackers na web

images
Jennifer Lawrence, Kirsten Dunst, Selena Gomez e mais estrelas tiveram seus celulares invadidos e fotos apareceram neste domingo 31.
do EGO, no Rio
Jennifer Lawrence (Foto: Reprodução/Reprodução)Jennifer Lawrence em foto íntima roubada: através de
porta-vozes, a atriz irá processar os envolvidos, de
acordo com o site TMZ (Foto: Reprodução/Reprodução)
“Domingo negro das celebridades” é como já ficou conhecido este dia 31 para famosas internacionais como Jennifer Lawrence, Kirsten Dunst, Ariana Grande,Selena Gomez e uma lista que não para de crescer a cada minuto, que tiveram fotos íntimas suas divulgadas na rede. Hackers conseguiram acessar o iCloud dessas famosas, sistema operacional da Apple onde ficam salvos os arquivos contidos no celular, como fotos, vídeos e músicas, e divulgaram as fotos. O ato é ilegal e passível de punição. No Brasil, caso semelhante aconteceu com a atriz Carolina Dieckmann em 2011, e motivou a criação da lei homônima, que prevê prisão de três meses a um ano e a pagar multa por acessar e divulgar dados sigilosos sem autorização.

Jennifer Lawrence parece ser a maior vítima até agora. Segundo o Buzzfeed, há mais de 60 vídeos e fotos íntimos da ganhadora do Oscar circulando pela rede.
Os porta-vozes da atriz disseram ao site TMZ que “Esta é uma flagrante violação da privacidade. As autoridades foram contatadas e a atriz vai processar qualquer pessoa que publique as fotos roubadas de Jennifer Lawrence”.
Victoria Justice, a ex-estrela teen que também apareceria nos cliques íntimos, negou que seja ela retratada. “Esses nus são falsos Deixe-me cortar o mal pela raiz agora”, escreveu ela no Twitter. Mary Elizabeth Winstead, que também faz parte do vazamento, confirmou que as fotos dela eram reais, escrevendo: “Sabendo que essas fotos foram apagadas há muito tempo, eu só posso imaginar o esforço assustador que fizeram para achar isso. Sinto muito por todas que foram hackeadas. Para vocês que estão olhando as fotos que tirei com meus marido anos atrás na privacidade de nossa casa, espero que se sintam bem sobre si mesmos”.
Kirst Dunst (Foto: Reprodução/Reprodução)Kirsten Dunst (Foto: Reprodução/Reprodução)
No Brasil, o caso mais famoso aconteceu com a atriz Carolina Dieckmann, que passou por episódio semelhante em 2011. O caso da atriz motivou a criação da Lei Carolina Dieckmann. Aprovada no Congresso no fim de 2012, a lei tipifica crimes virtuais. Com a nova lei, a pessoa que invadir computadores ou dispositivos móveis, como smartphones ou tablets, com a intenção de acessar dados sigilosos sem autorização ou disseminar vírus poderá ser condenada a cumprir prisão de três meses a um ano e a pagar multa pelos delitos informáticos. A punição pode ser ampliada se houve prejuízo econômico para as vítimas.
Jennifer Lawrence (Foto: Reprodução/Reprodução)Jennifer Lawrence (Foto: Reprodução/Reprodução)
MAIS FOTOS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/2014/08/celebridades-internacionais-tem-fotos.html

Carne de cachorro perde espaço na Coreia devido a rejeição de jovens

download
Funcionária mostra prato com carne de cachorro do restaurante Daegyo. (Foto: Lee Jin-man/AP)
Por mais de 30 anos, a chef e dona de restaurante Oh Keum-il se tornou especialista em cozinhar uma das iguarias tradicionais na Coreia do Sul: carne de cachorro. Aos 20 anos, ela viajou pelo país e aprendeu receitas regionais com o ingrediente. Depois, montou um restaurante com esses pratos no cardápio, além de adaptações de refeições famosas trocando a carne de boi pela de cachorro.

Mas a experiência com esse ingrediente consumido há séculos na Coreia acaba de virar história. Daegyo, o famoso restaurante que ela abriu em Seul em 1981, serviu seu último ensopado de cachorro nesta sexta-feira (29). O fim do estabelecimento é um reflexo dos desafios enfrentados por um tipo de negócio que não é nem legal nem explicitamente proibido pelas leis da Coreia do Sul.

As visões opostas sobre os cães como alimento e como animais de estimação coexistiram na história recente do país, alimentando uma controvérsia que se tornou mais incensada neste verão.

Defensores dos direitos dos animais protestam, conclamando as pessoas a não comerem o melhor amigo do homem. Os ativistas dizem também que alguns dos 2 milhões de cães que são consumidos na Coreia do Sul a cada ano sofrem dor e morte cruel.

O fechamento do restaurante Daegyo, frequentado por dois ex-presidentes, mostra que a visão dos cães como animais de estimação está ganhando força entre os jovens sul-coreanos. Hoje em dia, esse tipo de carne está se tornando cada vez mais difícil de encontrar para vender e se tornou uma opção menos atrativa de jantar para os jovens sul-coreanos.

“Há uma diferença geracional. Não temos clientes jovens”, diz Oh, que planeja reabrir seu restaurante servindo churrasco coreano de carne de boi. Os jovens sul-coreanos cresceram assistindo a programas de TV sobre criar filhotes, o que reduziu o apetite pela carne de cão, diz a chef.

Seu restaurante costumava servir 700 ensopados de cachorro por dia nos anos 1980. Atualmente, passou a servir menos da metade disso.

Tabu
A chef Oh Keum-il, dona do restaurante Daegyo, mostra como cozinhar carne de cachorro; estabelecimento que existe desde a década de 1980 vai fechar. (Foto: Lee Jin-man/AP)

Mesmo os jovens que comem carne de cachorro acabam não falando sobre isso abertamente, de acordo com Moon Jaesuk, pesquisador de 32 anos que gostava de comer esse ingrediente antes de se mudar para Seul. “Não é fácil falar sobre comer carne de cão no meio de muita gente. É como fazer uma piada sexual”, compara.

Enquanto isso, o Instituto de Pesquisas Econômicas Nonghyup prevê que o mercado pet na Coreia do Sul movimente o equivalente a US$ 5,9 bilhões em 2020. Segundo a instituição, um em cada cinco casas sul-coreanas tem um cachorro ou um gato de estimação.

Não há dados oficiais sobre a indústria de carne de cachorro, mas as pessoas que criam cães para vender sua carne afirmam que o consumo está em declínio. O açougueiro Shin Jang-gun afirma que o número de pedidos se reduziu à metade do que era. Ele mantém uma lista de cerca de 700 a 800 restaurantes em Seul, alguns clientes atuais e outros potenciais, e acredita que a lista tivesse 1.500.

O pai de Shin vendeu apenas carne de cachorro por várias décadas. Depois que ele herdou o açougue, em 2002, passou a trabalhar também com carne de cabra para compensar o declínio nas vendas da carne de cão. “Essa indústria não tem futuro a longo prazo. As novas gerações não comem com frequência”, diz Shin.

As diferentes percepções sobre os cães se tornam até motivo de tensão familiar. Kim Dongyoung, de 30 anos, diz que tem grandes discussões com seu avô sobre seu cão de estimação. “Sempre que ele vê meu cachorro em casa, ele diz que é do tamanho de um prato de sopa”, afirma Kim. Recentemente ela desistiu de comprar um apartamento quando descobriu que ficava no mesmo prédio de um restaurante que serve ensopado de cachorro.

Choi Young-im, secretário geral de um associação de criadores de cães, afirma que a carne de cachorro, que era a mais popular depois das de boi, porco e frango, foi ultrapassada pela carne de pato. Ele estima que sejam consumidos entre 2 e 2,5 milhões de cachorros na Coreia do Sul a cada ano.

Fonte: G1, com Associated Press
MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/2014/08/caririacu-ce-seis-corpos-das-vitimas-de.html

Juazeiro do Norte-CE: Menor assassinada ontem no João Cabral foi identificada no IML

20140829175352_capa
Demontier Tenório///miseria.com.br

Maria Eduarda do Nascimento, de 15 anos, foi morta na noite desta quinta-feira (28) em Juazeiro do Norte (Foto: Arquivo pessoal)
A adolescente assassinada por volta das 23 horas de ontem no cruzamento das ruas Virgínia de Mendonça com Ozana Pereira (João Cabral) em Juazeiro, foi identificada por familiares esta tarde no IML (Instituto Médico Legal). Trata-se de Maria Eduarda do Nascimento, de 15 anos, que não possuía residência fixa desde a morte de sua mãe adotiva há oito meses em consequência de um câncer. Na época, morava no bairro Vila Alta em Crato e outros parentes são do Sertãozinho naquele município.

Segundo familiares, a garota estabeleceu um vai e vem entre os municípios de Crato e Juazeiro sem querer fixar residência apesar dos conselhos que a mesma não aceitava. Ela foi doada por sua mãe biológica quando ainda era um bebê e esta tratou de se aproximar da filha após a morte da genitora adotiva e, também, costumava dar conselhos. Até o ano passado, Eduarda ainda freqüentou uma escola cratense, mas abandonou os estudos e criou o costume de desaparecer de casa.

Parentes desconhecem se a menor era usuária de drogas e não tem a menor noção de quem teria cometido o crime. A polícia trabalha com duas linhas de investigações. Uma delas aponta na direção de um ex-companheiro de Eduarda que conviveu maritalmente com a menor em uma casa no bairro João Cabral em Juazeiro. Da mesma forma, ele costumava reclamar o sumiço da menina o que chegou a gerar desentendimentos.

A outra linha aponta na direção de uma mulher já que, há alguns meses, Eduarda foi lesionada com uma facada no pescoço e escapou após uma cirurgia. Existiam indícios de que a acusada gostava dela e de outra amiga residente no bairro João Cabral. Um inquérito policial vai ser instaurado na Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte, a fim de apurar o crime e as investigações começarão por depoimentos de familiares da menor.

Veja também:
Juazeiro do Norte-CE: Garota de aproximadamente 15 anos é morta a tiros e está sem identificação no IML
MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/2014/08/caririacu-ce-seis-corpos-das-vitimas-de.html

Datafolha: Marina empata com Dilma e venceria petista por 10 pontos no 2º turno

Dilma Rousseff e Marina Silva Foto: Montagem sobre fotos de Ueslei Marcelino e Miguel Schincariol / AFP
O Globo

RIO — Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira pelo “Jornal Nacional”, da TV Globo, reforça o avanço da candidata Marina Silva (PSB) na disputa eleitoral, já identificado no levantamento do Ibope no início da semana. Segundo os novos dados, Dilma (PT) e Marina (PSB) estão empatadas com 34% das intenções de voto cada. Já o tucanoAécio Neves (PSDB) aparece com 15%. A candidata do PSB à Presidência da República, 19 pontos à frente de Aécio no primeiro turno, teria ainda 10 pontos de vantagem contra Dilma em um eventual segundo turno.
Marina cresceu 13 pontos em relação ao último levantamento do Datafolha, divulgado no dia 13 de agosto. Antes, a candidata do PSB tinha 21%, Dilma 36% e Aécio 20%. Na última pesquisa, brancos e nulos somavam 8% (agora são 7%). Indecisos eram 9% dos entrevistados (agora são 7%).
O Datafolha também simulou dois cenários para um possível segundo turno. Na disputa Dilma X Marina, a candidata do PSB aparece com 50% das intenções de voto, contra 40% de Dilma. Brancos e nulos somam 7%, e indecisos 3%. No levantamento anterior, Marina tinha 47%, contra 43% da petista.
Na simulação Dilma X Aécio, a candidata à reeleição possui 48%, contra 40% do tucano. Brancos e nulos somam 9% e indecisos 4%. Na pesquisa anterior, a petista tinha 47% e Aécio 39%.
NANICOS
Na simulação do primeiro turno, Pastor Everaldo (PSC) obteve 2% das intenções de voto. Os demais candidatos não chegaram a mais de 1%.
A pesquisa entrevistou 2.874 eleitores nos dias 28 e 29 de agosto. O registro no TSE é BR00438/2014. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S. Paulo”.
AVALIAÇÃO DO GOVERNO
O instituto também aferiu a avaliação do governo Dilma Rousseff. Segundo o levantamento, 39% dos entrevistados consideram a gestão regular, 35% ótima ou boa, e 26% ruim ou péssima. Em pesquisa divulgada há dez dias, as avaliações que consideravam o governo ótimo ou bom e regular estavam no mesmo patamar (38%). Já 23% achavam o governo ruim ou péssimo.

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/2014/08/caririacu-ce-seis-corpos-das-vitimas-de.htmldownload