Juazeiro do Norte-CE: Jovem é perseguido por quatro homens e morto a tiros na cabeça

download
Demontier Tenório///(Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)

Otoniel Rosa Gomes foi atocaiado por quatro homens e morto a tiros
Três mortes violentas foram registradas na noite desta quinta-feira na região do Cariri, sendo de uma aposentada que caiu da escada e morreu em Aurora, o assassinato de um jovem em Juazeiro do Norte e o suicídio praticado por um adolescente em Milagres. Por volta das 22h30min Otoniel Rosa Gomes, de 26 anos, trafegava em sua bicicleta pela Rua João Maciel, ao lado da Cajuína São Geraldo (Bairro Antonio Vieira), quando foi atocaiado por quatro homens e morto a tiros.

Segundo testemunhas, a vítima ainda tentou se refugiar por trás de um caminhão e de nada adiantou. O quarteto trafegava em duas motos e um deles efetuou seis disparos, sendo a maioria na cabeça quando Otoniel tombou morto em frente a um terreno baldio. Uma equipe da FTA com o Sargento Alves, o Cabo Narcísio e os Soldados Jasiel e Alberto esteve no local e informou que o rapaz não tinha passagens pela polícia. Ele era Agente Comunitário de Saúde no município de Afuá (PA) e foi o primeiro homicídio de abril e 42º do ano em Juazeiro do Norte.

OUTROS – Antes, por volta das 19h30min, o adolescente Alex Ferreira de Aquino, de 14 anos, que residia na Rua Francisco Almir Braga, no centro de Milagres, praticou o suicídio por meio de enforcamento. Meia hora depois, a aposentada Filomena Alves da Silva, de 62 anos, morreu no Hospital Ignez Andreazza de Aurora momento após cair de uma escada em sua residência no Sítio Rufo localizado na zona rural daquele município.
MAIS NOTÍCIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Fim do auxílio-reclusão é votado em enquete da Câmara dos Deputados

CCJC aprovou a proposta, que espera criação de comissão especial para ser analisada (Foto: Agência Câmara)
Uma nova enquete no site da Câmara dos Deputados permite que internautas opinem sobre a Proposta de Emenda à Constituição(PEC) 304/2013, que acaba com o auxílio-reclusão dado aos presos e inverte o benefício para a vítima do crime e a sua família. No resultado parcial, mais de 24 mil internautas se mostram favoráveis a PEC.

Apresentada no dia 29 de agosto de 2013 pela deputada Antônia Lúcia (PSC-AC) e aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC), a proposta passa agora para uma comissão especial, que será criada para tratar do caso, e depois vai para votação no Plenário.

O auxílio-reclusão é pago mensalmente à família do preso que esteja em regime fechado ou semiaberto, que contribuía com a Previdência Social e tinha salário igual ou inferior a R$ 971,78 – o que é considerado como baixa renda. O valor do auxílio é definido pela média dos salários que o preso recebia e é dividido entre os dependentes.

PEC cria auxílio para a vítima e parentes

Para a autora da proposta, esse auxílio deveria ser de um salário mínimo dado à vítima do crime, pelo período que ficasse afastado do trabalho, ou à sua família, em caso de morte. Caso a vítima receba auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez, ou a sua família, pensão por morte, a ajuda financeira é cancelada.

Antônia Lúcia acredita que o auxílio “incentiva” a pessoa à cometer o crime, por ter garantia de que a sua família será amparada, enquanto os parentes da vítima ficam desamparadas.

A enquete, no site da Câmara dos Deputados, se encontrava com 26.382 votos até o fechamento da matéria.

Fonte: Diário do Nordeste
MAIS NOTÍCIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Entidades do Crato querem substituição de delegada

111
Entre as denúncias estão injúrias, assédio moral contra funcionários, mau atendimento às vítimas

O documento, a ser enviado ao governador Cid Gomes, denuncia a titular da Delegacia da Mulher e é, segundo os envolvidos na reclamação, uma tentativa de encontrar uma solução para os problemas ocasionados por ela
FOTO: ROBERTO CRISPIM
Crato. Pelo menos 20 entidades de classe e órgãos representativos da sociedade da cidade assinaram uma Nota de Repúdio, que deverá ser enviada ao governador Cid Gomes, até o fim desta semana, onde solicitam imediata substituição da delegada Fernanda Gomes de Matos e Souza, titular da Delegacia de Defesa da Mulher de Crato (DDM). Contra ela pesam denúncias de prática de injúrias, difamações, calúnias, assédio moral contra funcionários, mau atendimento às vítimas de violência doméstica e faltas constantes ao trabalho.
O documento é fruto de uma reunião onde participaram os diversos órgãos, na tentativa de encontrarem uma solução para um problema que vem crescendo gradativamente, o aumento no número de queixas apresentadas por mulheres vítimas de violência doméstica contra a delegada, que também é alvo de um processo judicial por crime de assédio moral, impetrado pelos próprios funcionários da delegacia, que a acusam da prática constante de irregularidades no exercício da função.
Fernanda Gomes de Matos ocupa a titularidade da delegacia especializada desde que a unidade foi inaugurada em Crato, em 2002. No decorrer dos últimos 12 anos, conforme o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher em Crato, a delegada tem sido questionada pela quantidade de licenças que solicitou, ausência semanal no trabalho, realização de tarefas na própria residência e negativa de instauração de Boletins e Ocorrências (BO’s).
Negativa
Conforme o documento assinado pelas entidades, no último dia 13 a agricultora Luzinete Gomes, que reside na zona rural do município, procurou ser atendida na delegacia por ter sido vítima de agressões. A delegada Fernanda Gomes de Matos e Souza teria, no entanto, se negado a prestar atendimento à agricultora alegando estar em horário de almoço. Indignada, a mulher que aguardava o atendimento a cerca de 3 horas, chegou a ouvir da delegada que ela fosse “procurar o governador para fazer seu BO”, afirma o documento.
Outro caso apresentado pelos manifestantes diz respeito à situação de Ângela do Nascimento, outra vítima da violência contra a mulher na cidade. Auxiliar de serviços, ela teria se dirigido à unidade policial em 14 de março, por volta das 16h30min, para pedir proteção da polícia, após ter sido ameaçada de morte pelo próprio companheiro.
De posse de outros boletins, quando outras ameaças haviam sido registradas, foi informada por funcionários da delegacia que o procedimento não poderia ser realizado devido a ausência da delegada. “O número de denúncias contra a delegada Fernanda Gomes de Matos cresceu muito nos últimos meses. Não se trata de perseguição aberta pelos órgãos representativos. O que nós estamos buscando, através desta nota de repúdio, é uma solução para um problema que vem se arrastando, já de algum tempo, e que tem ocasionado, inclusive, atraso em diversos procedimentos já instaurados”, explicou a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Francisca Alves da Silva.
Conforme afirma, duas mulheres procuraram atendimento junto à DDM na semana passada e não obtiveram êxito devido a ausência da delegada, que solicitou nova licença alegando necessitar realizar tratamento de saúde. No sábado passado, ambas foram vítimas de tentativa de homicídio praticado por pessoas próximas. As duas mulheres estão internadas em estado grave em hospitais da região do Cariri.
“Houvesse a instauração do boletim de ocorrência neste dois últimos casos e, a partir daí, a realização do trabalho de investigação e proteção às vítimas, supõe-se que elas não teriam sofrido estas tentativas de morte”, observa Francisca Alves da Silva.
A reportagem conversou com duas inspetoras lotadas na DDM de Crato. Ambas, cujos nomes serão preservados, contaram que era normal que os procedimentos da delegacia fossem assinados pela delegada em sua própria residência. “Ela ligava pedindo que um dos funcionários levassem os documentos à casa dele para que pudessem ser assinados”, disse uma das inspetoras.
Ela contou, ainda, que a delegada utilizava os funcionários da Delegacia para que estes realizassem tarefas pessoais dela, como o pagamento de contas em bancos, por exemplo. “Teve uma vez que eu precisei ir trocar o anel de uma das filhas dela. Também telefonava para que alguém fosse buscá-la em casa e, no final do expediente, quando vinha trabalhar, algum servidor sempre tinha que ir deixá-la”, afirmou.
Constrangimentos
O tratamento dispensado por Fernanda Gomes de Matos aos seus subordinados, conforme afirmam os funcionários da delegacia, impunha constrangimentos. “Ela costumava chamar os escrivães e inspetores de peão. Dizia que quem não era delegado na polícia era peão e que para se tornar um bom policial não deveríamos seguir a Lei”, comentou outra inspetora, afirmando, ainda, ter sido chamada de demônio, cobra e peão, dentre outros adjetivos, pela delegada.
Em Crato, o número de casos de crimes praticados contra a mulher vem crescendo a cada ano. Segundo dados do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, somente no ano passado foram registrados 1.431 boletins de ocorrências que ainda estão paralisados por falta de investigações. Houve registro de 175 casos de lesão corporal, 208 maus-tratos e ameaças, 19 casos de estupro de vulnerável, entre outras denúncias apresentadas.
A maioria dos casos ainda demanda diligências por parte da polícia. Devido a nova licença solicitada pela delegada Fernanda Gomes de Matos, a DDM de Crato encontra-se sem titular, impedindo a continuação dos processos de investigação.
A reportagem tentou ouvir a delegada Fernanda Gomes de Matos. Várias ligações telefônicas foram realizadas para o número celular da titular da DDM, sendo que todas as ligações acabaram sendo direcionadas para a caixa de mensagem da mesma.
Roberto Crispim
Colaborador
Mais informações:

Delegacia de Defesada
Mulher em Crato
Rua Coronel Secundo, 216
Pimenta,Crato
Telefone(88)3102-1250
FONTE: Diario do Nordeste.
MAIS NOTÍCIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Crato-CE: Jovem que respondia por 11 crimes foi morto a tiros no Parque Grangeiro

images
Demontier Tenório///(Foto: Agência Miséria)
Uma equipe do GSU socorreu a vítima para o Hospital São Francisco onde morreu
Um homicídio foi registrado por volta das 16h30min desta segunda-feira na Avenida Pedro Felício Cavalcante, 2274 (Parque Granjeiro) em Crato. Antonio Gustavo de Sousa Barbosa, de 20 anos, residia na Rua Raimundo Sousa Filho, 244 daquele bairro. O rapaz trafegava pela avenida quando notou a aproximação de algozes e correu em busca de refugio. De repente, vieram os disparos de revólver e Gustavo adentrou um bar, onde tombou agonizando.

Segundo o dono do estabelecimento, a vítima entrou correndo tentando se livrar da linha de tiros e o comerciante disse à polícia que não teve a condição de ver o autor dos disparos. Uma equipe do GSU do Corpo de Bombeiros tratou de socorrer o jovem ao Hospital São Francisco, onde este morreu devido à gravidade dos ferimentos causados pelos projéteis que o atingiram na coxa direita, na nuca e outro nas costas.

Uma equipe da FTA (Força Tática de Apoio) com o Cabo Gomes e os Soldados Ladeiro e Luciano fez diligências na área, mas ninguém foi preso. De acordo com o Sistema de Informações Policiais, Gustavo respondia 11 procedimentos na justiça, sendo quatro por violência doméstica, três por ameaças, dois por roubos além de um por crime de injúria e outro de desacato.

No último dia 9 de novembro, ele já tinha sido vítima de um atentado à bala quando morava na Rua Vicente Leite, 170 (Bairro Vila Alta) em Crato. Gustavo foi lesionado com um tiro de revólver por dois homens que passaram em uma moto Honda Bros de cor preta atirando contra a vítima que saiu atingida no joelho e foi socorrida para o Hospital São Francisco.
MAIS NOTÍCIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Crato-CE: Três morrem em colisão de motocicletas na estrada do Arajara

IMG0032A
(Foto: NON/J.COSTA
Uma colisão de motos por volta das 16 horas deste domingo na CE-386, que liga os municípios de Crato e Barbalha – via Distrito de Arajara, resultou na morte de três pessoas. Francinaldo Vieira do Nascimento, de 29 anos, era funcionário da CODEMA em Crato e viajava sozinho. Já Leandro Magno Alexandre, de 25, conhecido como Bilé, e Francisco Marcos da Silva, da mesma idade e apelidado por Tainha, trafegavam na outra motocicleta. Todos morreram no local do acidente.

Bilé residia no Sítio Santo Antonio e Tainha no Sítio Arajara daquele distrito barbalhense. Todavia, a colisão aconteceu em cima da ponte sobre o Rio Constantino no lugar do mesmo nome situado no município de Crato. Francinaldo viajava sozinho na direção do Arajara pilotando sua moto Honda CG 150 de cor azul e placa HXD-0307, inscrição de Crato, a qual ficou completamente destroçada.

Francinaldo viajava sozinho na direção do Arajara pilotando sua moto Honda CG 150 de cor azul e placa HXD-0307, inscrição de Crato, a qual ficou completamente destroçada.

Já Bile guiava uma moto Honda de cor vermelha e placa MNF-7051, inscrição de Barbalha, que trafegava em sentido contrário levando Tainha na garupa. Um irmão deste último admitiu que os dois estavam ingerindo bebidas alcoólicas em um bar das proximidades quando decidiram ir ao centro de Crato. Segundo testemunhas, a moto vermelha teria invadido a faixa de tráfego oposta. O corpo de Bilé ficou mutilado, enquanto o garupeiro foi arremessado há cinco metros do local do acidente caindo em uma ribanceira às margens do rio.
MAIS FOTOS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/2014/03/crato-ce-acidente-com-3-vitimas-fatais.html

6 mortes e 24 acidentes são registrados nas rodovias cearenses

download
Nas rodovias cearenses, foram registrados 24 acidentes com 12 feridos e 6 fatais entre às 7h da sábado (29) e às 7h deste domingo (30). Somente nas rodovias estaduais foram 12 acidentes com 4 feridos e 3 fatais.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), um caminhão colidiu com uma moto no muncicípio de Chaval, à 400 km da capital, na CE-85 km 381. O motorista e o passageiro, Antônio Carvalho da Silva, 39 anos, e Francisco das Chagas da Silva, 44 anos, estavam sem capacete e morreram no local.

Em Taitinga, à 25 km de Fortaleza, Antônio Leonildo Ferreira de Sousa, 44 anos, morreu após chocar-se com um animal e perder o controle do carro, na CE-85 km 38.

Nas rodovias federais, a PRF registrou 12 acidentes com 8 feridos e 3 vítimas fatais. O caso mais grave aconteceu no município de Umirim, no norte do Estado, quando Cícero Pereira Viana, 32 anos, morreu em uma colisão entre um caminhão e uma motocicleta, na BR-222 km 216.

Em Tianguá, na região Norte, uma colisão entre uma carreta e uma moto, na BR-116 km 98, acabou resultando na morte de Ednardo da Costa, 29 anos, e José Neto da Cruz, 19 anos.

Fonte: Diário do Nordeste
MAIS NOTÍCIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Dois policiais são mortos em crimes registrados no Recife

20140329171020_capa
Operação policial no bairro do Cordeiro deteve três suspeitos na manhã deste sábado (Foto: Marcionila Teixeira/Diário de Pernambuco)
A polícia investiga dois crimes que deixaram dois policiais mortos e um transeunte baleado, na noite desta sexta-feira (28), no Recife. O primeiro caso, envolvendo um sargento reformado da polícia militar, identificado como Aelson Lins, 52, foi registrado no bar de propriedade dele, próximo ao Terminal Integrado de Passageiros do Barro. A vítima foi alvejada com seis tiros por um de dois homens que chegaram ao estabelecimento em uma motocicleta. A suspeita é que o crime se trate de uma vingança, por conta do policial ter se envolvido numa briga com um dos suspeitos dias antes.

No Cordeiro, o soldado do 13° Batalhão da Polícia Militar, Romário Campos da Silva, 24, que estava há um ano e meio na corporação, atendia a um total de oito chamadas por perturbação de sossego no Conjunto Habitacional Abençoada por Deus, no final da noite desta sexta-feira. Duas viaturas compareceram ao local e acabaram trocando tiros com um grupo de homens, cuja suspeita é de envolvimento no tráfico de drogas na área. Ao todo, sete suspeitos foram detidos, na manhã deste sábado. Um oitavo homem ainda está sendo procurado.
Outro rapaz, morador da comunidade, acabou atingido por um dos tiros, se encontra no Hospital Getúlio Vargas, em atendimento. A suspeita é que o morador tenha sido atingido por bala perdida. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa investiga ambos os crimes.

Fonte: Diário de Pernambuco, com informações da TV Clube/Record e da repórter Marcionila

MAIS NOTÍCIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Crato-CE: Jovem é morto com três tiros enquanto pilotava sua moto

Screenshot_2014-03-28-11-17-38 (1)
Demontier Tenório

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi ao local, mas já constatou o óbito acionando o rabecão
O jovem Rafael de Sousa Santos, de 19 anos, que residia na Avenida Pinto Madeira, 369 (Bairro Vila Lobo) em Crato, foi assassinado a tiros por volta das 22h30min desta quinta-feira naquele município. Ele pilotava uma moto Honda Fan de cor cinza e placa HYH-9309, inscrição do Ceará, e morreu com um capacete na cabeça ao lado do veículo quando passava na Rua José Marrocos, à altura do número 382 do bairro Pinto Madeira.

Segundo testemunhas, dois homens se aproximaram do mesmo noutra motocicleta e um deles sacou a arma quando passou a efetuar os disparos atingindo-o na nuca, na mandíbula e nas costas. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi ao local, mas já constatou o óbito acionando o rabecão para trazer o corpo a fim de ser necropsiado no IML (Instituto Médico Legal) de Juazeiro. Os Soldados Cruz, Ismael e Michel do Ronda do Quarteirão diligenciaram sem o êxito de localizar os autores do crime

De acordo com a polícia, a vítima respondia três procedimentos na justiça, sendo dois por desacato e um por ameaça e dentre os documentos encontrados com Rafael existia um alvará de soltura. O Demutran recolheu a moto da vítima por conta de irregularidades. Foi o sexto homicídio de março e o décimo do ano em Crato. O último deles tinha ocorrido no dia 17 quando tombou morto o ex-presidiário Francisco Reginaldo de Souza Almeida, de 33, o Negão do Horizonte, no bairro Vila Lobos.
MAIS NOTÍCIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Crato-CE: Polícia prende trio com revólver, pistola, muitas mercadorias e dinheiro

20140327173031_capa
Demontier Tenório

(Foto: Ilustrativa)
Uma operação comandada pelo Capitão Luciano Rodrigues resultou na prisão de três homens com armas, munições, bastante mercadorias e material suspeito. Foi o resultado de um amplo trabalho de investigação por militares do Serviço de Inteligência, cujas autuações em flagrante só foram concluídas por volta das 4 horas da madrugada desta quinta-feira. O trio é acusado de participação em um assalto na rodovia estadual que liga os municípios de Farias Brito e Várzea Alegre.

O autônomo Francisco de Sousa Silva, de 34, reside na Rua Bruna de Meneses, 295 (Alto da Penha), o jovem Clevenilsom Pereira Silva, de 27, mora na Rua São Francisco, 404 (Pinto Madeira) e Marcelo Soares Sousa, de 33 anos, reside na Rua Diógenes Frazão, 285 (Seminário), todos em Crato. O trio trafegava em um Fiat Pick Up Strada de cor branca e um Classic de cor escura o qual chegou a ser abordado, cujo proprietário foi contatado e disse que o havia emprestado.

Depois, os PMs encontraram o Fiat abandonado no Distrito de Ponta da Serra com alguns objetos no interior e que pertenciam às vítimas de assaltos. Daí em diante, a polícia foi fazendo levantamentos e chegando a cada um dos envolvidos num trabalho bastante paciente até prendê-los. Na casa de Marcelo, os militares apreenderam as armas usadas nos assaltos um revolver calibre 38 e mais seis cartuchos intactos e uma pistola de ar similar a uma PT 100 calibre .40.

No imóvel foram encontrados ainda três celulares, um relógio, 12 folhas de cheques preenchidos por vários emitentes, cinco notas promissórias preenchidas, 31 shorts femininos, quatro pacotes com 12 unidades cada de calcinhas tipo modal, um pacote com dez unidades cada de calcinha tipo fio dental, três pacotes com dez unidades cada de calcinha tipo fio dental de renda, dois pacotes com 16 unidades cada de cuecas infantis e um conjunto de roupa feminina e um par de botas.

Além disso, cinco sacos com 50 unidades cada de câmaras de ar de pneus de motocicletas, 12 caixas de reparos para pneus sem câmara, 20 pacotes com dez unidades cada de lâmpadas, uma caixa com 49 pitos para pneus sem câmara, três capacetes, duas carteiras com documentos nos nomes de Claudiano Gomes Rodrigues e Francisco de Sousa Silva e mais R$ 2.034,00 em dinheiro. Os PMs apreenderam ainda os dois carros usados pelos acusados, que foram reconhecidos pelas vítimas na delegacia.

Segundo a polícia, no último dia 23 de janeiro Clevenilsom foi vítima de um atentado à bala juntamente o mototaxista Alex Ribeiro dos Santos, de 28 anos os quais se encontravam na Rua São Francisco (Pinto Madeira) em Crato. Os dois terminaram surpreendidos por um grupo que estava em um Fiat Pálio de cor vermelha e passou atirando na direção da calçada. Alex foi alvejado nas pernas e no tórax, enquanto Clevensilsom fugiu da linha de tiros.
MAIS NOTÍCIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Juazeiro do Norte-CE: Júnior Tetéu foi morto com quatro tiros na cabeça

download
Demontier Tenório///(Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)

José Aílton da Silva Júnior, de 18 anos, apelidado por Junior Tetéu, foi morto a tiros (Foto: Cícero Valério/Agência Miséria)
Aos 30 minutos da madrugada desta terça-feira mais um homicídio foi registrado em Juazeiro do Norte se constituindo no décimo do mês de março e 37º do ano. O jovem José Aílton da Silva Júnior, de 18 anos, era apelidado por Junior Tetéu e residia na Rua São Beneditio, 498 (Franciscanos). Ele pilotava uma moto Honda Bros 150 de cor preta e placa NUZ-2144, inscrição de Cedro (CE), pela Rua Rui Barbosa e na direção da Avenida Humberto Bezerra (Timbaúbas), quando foi surpreendido pelos disparos.

Dois jovens que trafegavam noutra motocicleta emparelhou com o veículo da vítima e o primeiro disparo o atingiu no tórax. Júnior Tetéu perdeu o controle de sua moto e bateu na grade de proteção de uma planta em frente a um imóvel quando se levantou e correu, mas foi perseguido e seus algozes continuaram disparando até vê-lo tombar morto após outros quatro tiros na cabeça do rapaz. Existem informações de que a vítima já estava sendo procurada por inimigos.

A polícia foi avisada e equipes do Ronda do Quarteirão comandadas pelo Sargento Arruda e o Capitão Marcus Alencar estiveram no local e até diligenciaram sem o êxito de encontrar os acusados. A vítima levava na garupa o menor J. A. A. C., de 17 anos, que foi socorrido para o Hospital Regional do Cariri com escoriações pelo corpo em virtude da queda da motocicleta já que não foi atingido pelos disparos.

HISTÓRICO – No dia 10 de junho de 2010 Júnior Tetéu tinha apenas 14 anos quando foi apreendido sob a acusação de furto na loja de um homem de 46 anos, na Rua São Benedito (Franciscanos) de onde levaram R$ 8 mil. Além dele, a polícia prendeu David Williams de Oliveira, de 18, residente na Rua Dom Pedro II (Franciscanos) e um menor de 16 anos, residente no Frei Damião, Na época, Tetéu morava na Rua Ernestina Sobreira (Pirajá) e foi recuperando com o trio apenas R$ 3.240,00 em dinheiro além de R$ 1.902,00 em roupas e calçados que tinham comprado.

No dia 21 de junho de 2012 foi registrada a tentativa de assalto numa tabacaria que funciona na Rua Senhora Santana, entre as ruas Leão XII e Pio IX (Bairro Salesianos). O proprietário reagiu entrando em luta corporal quando Tetéu sacou um revólver e atirou, mas atingiu foi o seu comparsa Bruno quando os dois eram ainda menores de idade. Ele abandonou a arma e fugiu em uma moto enquanto seu colega terminou socorrido para o Hospital Regional do Cariri pelo Subtenente Wladimir Carvalho.

Já no dia 31 de julho de 2012, dois jovens de 19 anos foram presos e dois adolescentes de 17 anos apreendidos na Avenida Padre Cícero (Salesianos) com cada dupla em uma moto e um revólver na cintura. Na época, foram identificados como Pedro Henrique Alves Batista Silva que trazia na garupa Erlânio Mendes de Sousa. A outra dupla era formada pelo menor apelidado por Júnior Tetéu e o adolescente igualmente de 17 anos F. W da S. D., com outro revólver calibre 38.

No dia 23 de novembro de 2012 um jovem e quatro adolescentes foram preso e apreendidos após o arrombamento a uma loja de equipamentos de som que funciona na Rua Noemia Cruz Landim (Santa Tereza). O grupo teria levado em mercadorias algo em torno de R$ 4 mil, segundo estimou o proprietário de 29 anos, que até conhecia um deles. Em meio ao quinteto estava Júnior Tetéu que, na época, negou envolvimento.

Enquanto isso no dia 30 de novembro do ano passado, Tetéu foi preso no cruzamento da Avenida José Bezerra com a Rua Belo Dourado (Pio XII), juntamente com Bruno Pereira da Silva. Segundo a polícia, os dois trafegavam em moto Honda CG 125 Fan KS de cor preta e placa OSH-7495, inscrição do Ceará e ainda tentaram fugir ao notarem a aproximação da viatura. Júnior Tetéu estava com um revolver calibre 38 tendo capacidade para seis cartuchos.
MAIS NOTÍCIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/