Fernanda Corbari Nua na Sexy

1451d735631521897441371e63e082757
MAIS FOTOS: http://radioecultura.blogspot.com.br/2013/10/fernanda-corbari-nua-na-sexy.html

VEJA O EFEITO COLATERAL DO USO DE ANABOLIZANTES E ÓLEOS INJETÁVEIS

efeitoanabolizantes-8
“Cresce o número de pessoas que adere ao uso de esteroides anabolizantes para moldar o corpo e ganhar força, resistência e velocidade. Sem qualquer controle, o medicamento, apesar de ser proibido, Os danos causados por seu uso, entretanto, podem ser irreversíveis.VEJA O VÍDEO COM CENAS FORTES
O problema já está sendo visto como um caso de saúde pública”.Introdução A busca de corpos esculpidos à base de remédio está levando jovens de aparência saudável a um vício muitas vezes sem volta. O motivo é o uso dos chamados esteroides anabolizantes. Apesar de não haver estatísticas, sabe-se que vem crescendo o número de consumidores da droga. E não são apenas os atletas em busca de mais força, velocidade, e resistência dos músculos os únicos a usá-lo. Homens, jovens e mulheres que querem apenas ganhar massa corporal em pouco tempo também se deixam seduzir pelos efeitos da droga. O abuso desse medicamento não é novidade.
Rádio Cultura Crato
MAIS FOTOS: http://radioecultura.blogspot.com.br/2013/10/veja-o-efeito-colateral-do-uso-de.html

Farias Brito-CE: Acidente de carro mata dois irmãos e deixa médico ferido na BR 230

20131005173027_capa
Agência Miséria///(Foto: Agência Miséria)

Acidente de carro deixou dois mortos e um ferido
Um acidente de carro ocorrido às 13hs30min deste sábado (05), na BR 230 nas divisas dos municípios de Várzea Alegre com Farias Brito a altura do sítio Cajazeiras, deixou duas pessoas mortas e uma ferida.

Antônio Inaldo Brito Bezerra, 32 anos e seu irmão José Edson Brito Bezerra 31 anos, faleceram no local após o veículo Gol placas HWC-8215 inscrição de Juazeiro do Norte que seguia na direção de Farias Brito, chocou-se violentamente com um Corola XLI cor preta, placas OIK-1212 inscrição do Crato – CE guiado pelo médico Dr. João Paulo Oliveira de Morais, 25 anos, natural de Juazeiro do Norte – CE, que seguia em sentido contrário.

João Paulo foi socorrido para uma unidade hospitalar na cidade de Várzea Alegre, em seguida transferido para o Hospital Santo Antônio na cidade de Barbalha, seu estado de saúde é instável.
O veículo Gol ficou completamente destruído (Foto: Agência Miséria)

Segundo policias da PFR de Icó que atenderam a ocorrência juntamente com o Cabo Freire do destacamento de Farias Brito, o veículo Gol ficou completamente destruído. Edson Brito cantava nas missas celebradas as 15hs30min na capela do socorro, e em eventos. O mesmo residia no sítio Logradouro em Juazeiro do Norte. Os corpos até o fechamento dessa matéria encontravam-se no local a espera do rabecão para translado até o IML de Juazeiro do Norte.
MAIS FOTOS: http://radioecultura.blogspot.com.br/2013/10/farias-brito-ce-acidente-de-carro-mata.html

Acidente envolve ônibus da ´Moleca 100 vergonha´ no Piauí

20131005163035_capa
Segundo informações prestadas pelo gerente da Masterpoint Informática, Joel Visgueira, por pouco, um acidente na PI 115 não teve maior gravidade, devido à imprudência cometida pelo motorista do ônibus da Banda “Moleca 100 Vergonha”, que se dirigia no sentido Juazeiro/Castelo, nas proximidades do povoado Bonito.

Ele dirigia um Corsa Hath branco, e na frente dele, Cleanto Fernandes, conduzia uma D-20 vinho da prefeitura, quando os dois foram encadeados pelo farol alto do ônibus.

Para evitar uma colisão frontal com o ônibus, Cleanto Fernandes, teve que fazer uma manobra arriscada, tirando o veículo bruscamente para o lado do acostamento, fato que fez o carro dar algumas derrapagens na pista.
Fonte: 180 Graus
MAIS NOTÍCIAS http://radioecultura.blogspot.com.br/

Crato-CE: Mototaxista acusado de dois homicídios foi assassinado a tiros

20131005150052_capa
Demontier Tenório///.miseria.com.br

José Zilclécio Alencar do Nascimento, de 28 anos, foi morto a tiros por volta das 21 horas desta sexta-feira (Foto: Arquivo pessoal)
O mototaxista José Zilclécio Alencar do Nascimento, de 28 anos, o Zildo, que residia na Rua Irineu Pinheiro, 521 (Bairro Pimenta) em Crato, foi morto a tiros por volta das 21 horas desta sexta-feira. Ele estava na Rua José Marrocos, imediações do chamado Posto da Grota (Bairro Alto da Penha), quando foi surpreendido por dois homens que viajavam em uma moto os quais fugiram em alta velocidade após os disparos.

Segundo testemunhas, a vítima pilotava sua motocicleta Honda Titan de cor azul e placa HWF-0614, inscrição do Ceará e já caiu praticamente sem vida ao ser alvejado no pescoço. Militares do Ronda do Quarteirão foram avisados e diligenciaram na área sem o êxito de localizar os acusados. O Delegado da Polícia Civil, Flávio Santos, e o inspetor Falcão igualmente estiveram no local aguardando a perícia criminal e o rabecão que trouxe o corpo ao IML de Juazeiro.

Zildo era, também, comerciante e, segundo a polícia, já tinha sido vítima de outros atentados à bala. Ele respondia dois processos por homicídios, outros dois por injúrias, um por ameaça, mais um por porte ilegal de arma de fogo e um por crime de trânsito. A polícia suspeita que ele tenha sido morto por vingança ou acerto de contas o que será investigado no competente inquérito a ser instaurado na Delegacia de Crato.
MAIS NOTÍCIAS http://radioecultura.blogspot.com.br/

Crato-CE: Quarteto é preso com uma pistola, um revólver e meio quilo de maconha

20131005015221_meio
Demontier Tenório/// (Foto: Agência Miséria)

Felipe Pereira dos Santos, de 18 anos, Cícero Felipe Desidério Silva, da mesma idade, e os menores iniciais R. F. A da S., e E. G da S. (Foto: Agência Miséria)
A desconfiança de um policial à paisana que viajava em um ônibus da empresa Via Metro entre Juazeiro do Norte e Crato, resultou na prisão de dois jovens e a apreensão de dois menores com armas e drogas por volta das 16 horas desta sexta-feira. O militar achou estranho o comportamento dos quatro rapazes e optou por acionar uma viatura do Ronda do Quarteirão suspeitando que estivessem armados.

Na Avenida Padre Cícero, à altura do bairro Pimenta em Crato, os PMs interceptaram o coletivo anunciando uma revista. No interior do mesmo prendeu Felipe Pereira dos Santos, de 18 anos, residente no bairro Triângulo em Juazeiro, com um revólver calibre 38 e Cícero Felipe Desidério Silva, da mesma idade e morador do bairro Pirajá com uma pistola 765.
Um revólver calibre 38, uma pistola 765, 550 gramas de maconha e mais R$ 600,00 em dinheiro, foram encontrados com os acusados

Eles se faziam acompanhar dos menores de 17 anos, residentes no bairro Frei Damião, e iniciais R. F. A da S., e E. G da S., quando todos foram levados para Delegacia de Crato. Em poder do quarteto, os policiais encontraram ainda 550 gramas de maconha e mais R$ 600,00 em dinheiro. Eles disseram à polícia que estavam indo para o Serrano tomar banho e usar drogas.

Felipe acrescentou que anda armado em virtu de inimizades e citou uma pessoa apelidada por Góia que até já tentou matá-lo. Todavia, o Capitão Luciano Rodrigues, Comandante da Companhia de Crato, disse suspeitar que o quarteto estava era planejando a prática de assaltos as mão armada naquele município na noite desta sexta-feira e não descarta a venda de drogas.
MAIS NOTÍCIAS http://radioecultura.blogspot.com.br/

Autor de estupro e morte de criança no Rio foi o mesmo que estuprou e matou Luana em Jardim

20131004164356_capa
Demontier Tenório/// (Foto: Arquivo/Agência Miséria)

Buda entre Luana e Rebeca as quais estuprou e matou em Jardim (CE) e no Rio de Janeiro (Foto: Arquivo/Agência Miséria)
A prisão do jovem Elder David Marinho, de 22 anos, o “Buda”, sob acusação de estuprar e matar uma criança de 9 anos na Zona Sul do Rio de Janeiro, remeteu a um caso semelhante ocorrido no dia 21 de abril de 2008 no município de Jardim. Naquela data a vítima foi Luana de Jesus Amorim Miranda, de 4 anos, e, no último sábado (28), Rebeca Miranda de Carvalho. Elas não são parentes e, em comum, apenas o fato de terem sido abusadas e mortas pela mesma pessoa.

Outro grave crime cometido por ele foi a acusação gratuita contra seu companheiro de trabalho no parque de diversão em Jardim, Genival Santos da Silva, na época com 22 anos, o qual terminou sendo abusado sexualmente por companheiros de cela na Penitenciária de Juazeiro. Buda tinha brigado com o mesmo e tentado matá-lo com uma faca na tarde do dia 21 de abril decidindo apontar este como co-autor do estupro. Genival só conseguiu provar sua inocência após 100 dias preso.
Lembrança do convite para a missa de trigésimo dia em sufrágio da alma de Luana em Jardim (Foto: Arquivo/Agência Miséria)

A reportagem do Site Miséria não conseguiu descobrir por quanto tempo Buda ficou preso no Cariri e a notícia de novo crime de estupro seguido de homicídio praticado por ele no Rio de Janeiro, ganhou uma conotação de revolta na região Sul do Ceará. Muitos pensavam que ele ainda estivesse recolhido e terminaram se deparando com a informação de sua prisão na favela de Rio das Pedras em Jacarepaguá (RJ) com o celular que pertencia a mais uma criança vítima do seus sadismo.

Buda é nativo de Juazeiro do Norte e confessou o crime a exemplo do que fizera no Ceará após ser preso. No Rio de Janeiro, Rebeca foi encontrada morta em um barranco perto da Unidade de Polícia Pacificadora da Rocinha e coberta com telhas. Já no município de Jardim, Luana foi encontrada em um matagal e o acusado não se furtou em contar os detalhes de suas atrocidades contra a menor. O homem apelidado por “Alemão” que Buda acusou de envolvimento quase era linchado por populares ao ser preso.
Buda quando era levado para uma das delegacias do Rio de Janeiro (Foto: Severino Silva/Agência O Dia)

Na época, o verdadeiro autor do crime foi encaminhado para o Juizado da Infância e Juventude de Juazeiro. A polícia já tinha provas concretas contra o mesmo como suas roupas sujas de sangue encontradas no parque de diversões que estava funcionando em Jardim e esperma dele nas vestes da criança. Na penitenciária, espancaram Alemão por cerca de meia hora e os detentos ainda introduziram um pedaço de cabo de vassouras no seu ânus.

Antes, populares revoltados destruíram alguns brinquedos do parque de diversões em Jardim e tentaram atear fogo no caminhão, mas foram contidos pela polícia. Em maio de 2008 o governador Cid Gomes visitou os pais de Luana naquele município. Até a mãe de Isabella Nardoni, menina de 5 anos que foi jogada da janela do 6º andar de um edifício em São Paulo, Ana Carolina de Oliveira manteve contatos com a mãe da criança. Somente no dia 9 de julho de 2008, Buda decidiu contar a verdade que havia agido sozinho inocentando “Alemão” quando este ganhou liberdade.
MAIS NOTÍCIAS http://radioecultura.blogspot.com.br/

Juazeiro do Norte-CE: Número de homicídios se manteve em setembro

20131004060049_capa
Demontier Tenório///(Foto: Arquivo/Michel Dantas/Agência Miséria)

“Birô Birô” foi o primeiro caso de homicídio no mês de setembro. (Foto: Arquivo/Michel Dantas/Agência Miséria)
O número de homicídios em Juazeiro do Norte que havia registrado uma queda para 15,38% em agosto, se manteve com os mesmos 13 assassinatos no mês de setembro após um crescimento de 27,28% em julho. Ocorre ainda o registro de queda na comparação dos meses de setembro de 2012 e deste ano de 19 para treze ou 31,57% a menos. Um levantamento feito pelo Site Miséria aponta que a matança em 2013 é um pouco maior em relação ao ano passado quando 98 pessoas foram assassinadas nos nove primeiros meses do ano.

Este ano, já foram mortas 102 pessoas no mesmo período ou 3,93% a mais na comparação dos períodos. Há quatro meses essa diferença era de 21%, caiu para 7,7% em junho, subiu para 10,52% em julho, para 11,23% em agosto e caiu para 3,93% em setembro. No mês passado o bairro onde mais ocorreu homicídios foi no Pio XII com dois ou o dobro em relação a agosto. Os que mantiveram um foram: João Cabral, Timbaúbas, Triângulo, Antonio Vieira, Frei Damião e Planalto.

Os demais homicídios de setembro ocorreram nos bairros Salesianos, Franciscanos, José Geraldo da Cruz, Pedrinhas e Horto, enquanto o Santa Tereza que liderou o ranking de agosto com três assassinatos zerou no mês passado. Eis a relação dos homicídios registrados no decorrer de setembro em Juazeiro do Norte:

Dia 02 – Antonio Marcus Silva Nunes, de 31 anos, o “Biro Biro”, que residia na Rua Eduardo Furtado do Prourb (Triângulo), foi morto com 15 tiros dois meses após ganhar liberdade da PIRC. Ele saía de uma casa sua em construção na Rua Maria Dantas de Medeiros, 95 quando foi surpreendido por dois homens em uma moto. A vítima respondia por crimes de roubos e tráfico de drogas.

Dia 05 – Cícero de Souza Rocha, de 29 anos, o Deda, que residia na Rua Maria Vicência, 89 (Antonio Vieira), jogava dominó em casa com José Irlan Laurindo da Silva, da mesma idade, quando dois homens chegaram em um Gol preto atirando. No dia 17 de janeiro de 2010, ele matou Gilson Mendes dos Santos, de 31 anos, o Gil, naquele mesmo bairro.

Dia 06 – Gabriel Cândido Silva, de 46 anos, que residia na Rua Francisco Filgueira Cruz, 409 (Timbaúbas), foi morto com quatro tiros em casa por um homem que se aproximou com um revólver em punho e começou a efetuar os disparos.

Dia 11 – Almir Rodrigues da Silva Júnior, de 18 anos, o Júnior Mão de Bala, que residia na Travessa Manoel Vitorino (Salesianos), foi morto a tiros de pistola na Rua do Rosário naquele bairro por dois homens que chegaram em uma moto. Ele respondia por porte ilegal de arma, assalto e tráfico de drogas.

Dia 14 – Rivaldo Paulo Santos da Silva, de 40 anos, o Paulo Careca, foi morto com 16 tiros de pistola calibre .40 quando passava na Avenida Aílton Gomes (João Cabral). Ele respondia por crimes de roubo e tráfico de drogas.

Dia 15 – Francisco Rosendo da Silva, de 45 anos, o “Bigaci”, morreu no HRC. No dia anterior, foi baleado na cabeça no cruzamento das ruas 22 de Julho e Epitácio Pessoa (Pio XII), por dois homens em uma moto Honda Pop de cor preta. Ele respondia inquéritos por tráfico de drogas.

Dia 15 – Bruno Tiago Santos Gomes, de 14 anos, o Tiaguinho, que residia com a sua avó na Rua São Benedito (Franciscanos), foi morto a tiros no cruzamento da Avenida Airton Sena com a Rua do Limoeiro naquele bairro. Dois homens em uma moto Honda Fan de cor preta se aproximaram dele atirando quando queriam matar “Marquinhos”.

Dia 16 – Edineide Neris Silva, de 34 anos, ambulante, morreu no HRC após ser esfaqueada na Avenida dos Universitários (José Geraldo da Cruz) por Giovane Silva dos Santos, de 20 anos, o “G”. Uma versão aponta que ela teria partido em defesa de uma amiga que seria a vítima e outra assinala um conflito em virtude do acusado ter abalroado a sua moto e a mesma tê-lo agredido com um soco.

Dia 22 – Jaefferson Salon de Assis Santana, de 25 anos, que residia na Rua Nossa Senhora do Carmo (Franciscanos) foi alvejado com três tiros no tórax na Rua Olívio de Oliveira Barbosa do Loteamento Campo Alegre (Planalto) e morreu no Hospital Regional do Cariri. A vítima respondia por crimes de porte ilegal de arma de fogo e roubo.

Dia 22 – Junio João de Lisboa, de 22 anos, o Júnio Magrão, que residia na Rua Raimundo João Gonçalves (Frei Damião), foi morto com um tiro na cabeça na Rua Maria Tavares Noca 30 daquele bairro. Ele respondia por tráfico de drogas.

Dia 24 – Fernandes da Silva Félix, de 19 anos, que residia na Rua Marcelo Piancó Junior (Pedrinhas), chegava em casa quando foi morto com tiros de arma calibre 12 por quatro homens em duas motos. Era irmão gêmeo, não tinha passagens pela polícia e trabalhava com o pai consertando aparelhos eletrônicos. Supostamente teria delatado traficantes de drogas na área em que residia.

Dia 26 – Cícero Hélio Bezerra de Sousa, de 22 anos, que residia na Rua Santa Tereza, 946 (Pio XII), morreu no HRC após sere lesioando cm três tiros em sua locadora de Games no cruzamento da rua onde morava com a Domingos Sávio (Pio XII) por dois homens em uma moto. A suspeita é de queima de arquivo por ter presenciado o assassinato por engano do seu enteado Bruno Tiago Santos Gomes, de 14 anos, o Tiaguinho, no dia 15 de setembro.

Dia 29 – William de Lima Freire, de 24 anos, o Lian, que residia na Rua Francisco Pereira da Silva, 69 (Horto), foi morto a golpes de faca em um terreno baldio na Rua Lindalva Fernandes de Oliveira. Ele era usuário de drogas e suspeito de envolvimento em assaltos, furtos e até um homicídio tendo deixado recentemente a penitenciária.
MAIS NOTÍCIAS http://radioecultura.blogspot.com.br/

Facebook pode ser retirado do ar no Brasil

20131003151541_capa
Conflito judicial entre apresentadora Luize Altenhofen e vizinho pode retirar rede social do ar (Foto: Divulgação)
O Facebook pode ser retirado do ar no Brasil. De acordo com despacho do Juiz Régis Rodrigues Bonvicino, da 1ª Vara Cível de São Paulo, a rede social tem um prazo de 48 horas para retirar do postagens da apresentadora Luize Altenhofen contra um vizinho. Caso descumpra a despacho, o Facebook ficará bloqueado em todo o país. As informações são do site Consultor Jurídico.
Em janeiro, Eudes Gondim Junior afirmou à revista Veja que um dos pit bulls de Luize avançou contra ele, a mulher e a filha de 3 anos. Com o ataque, ele bateu na cabeça do cachorro com uma barra de ferro, o cachorro desmaiou e teve convulsões. A polícia foi ao local e levou o cachorro para um veterinário.
No início da noite, horas após a confusão, a família de Eudes estava vendo TV em casa quando ouviu um barulho. Quando saiu para o lado de fora da casa, percebeu que o estrondo tinha sido sido provocado por uma caminhonete Amarok, da Volkswagen, de Luize, que arrebentou e atravessou o portão.
Versão de Luize
No Twitter, a apresentadora disse que o cachorro estava fazendo xixi na rua e que o vizinho saiu de casa para atacá-lo. Sobre a invasão com o carro, ele afirmou que foi um acidente. “Quando dirigia o carro, ainda estava muito abalada com o que havia acontecido com meu cachorro”, defende-se a apresentadora. “Meu pé escorregou no acelerador durante uma manobra e arrebentei o portão sem querer”, disse.
Ordem para retirada do conteúdo
Logo após a confusão, Eudes entrou com uma ação na Justiça. No dia 5 de abril ele conseguiu a primeira ordem para que o Facebook retirasse do ar os posts de Luize. No dia 22 de abril, a rede social pediu que fossem informadas as URLs . Ele encaminhou os links e no dia 12 de junho veio nova ordem judicial para a retirada do conteúdo.
Mais de um mês depois, o Facebook Brasil informou que não poderia cumprir a ordem pois o gerencimento do conteúdo e da infraestrutura do site estão a cargo do Facebook Inc e do Facebook Ireland, localizados no EUA e na Irlanda.
O juiz considerou a resposta “afrontosa” e “agravada” por conta da espionagem dos EUA. Ele considerou que, ao pedir as URLs para remoção, o Facebook confessou automaticamente seu poder de administração da rede social.
“O Facebook tem 48 horas de prazo para cumprir a ordem judicial, sob pena de ser retirado do ar, no país todo, porque, ao desobedecer uma ordem judicial, afronta o sistema legal de todo um país. O Facebook não é um país soberano superior ao Brasil”, afirma.

Fonte: O povo
MAIS NOTÍCIAS http://radioecultura.blogspot.com.br/

Acusado de matar comerciante de Juazeiro do Norte é morto a tiros pela polícia

20131003065028_capa
Demontier Tenório///(Foto: Arquivo/Agência Miséria)
Iran Calçados foi assassinado por Neto Mossoró em Março (Foto: Arquivo/Agência Miséria)
Morreu por volta das 15h30min desta quarta-feira na UTI do Hospital Regional do Seridó em Caicó (RN) o jovem Manoel Raimundo da Silva Neto, de 19 anos, que era apelidado por “Neto Mossoró” ou “Neto da Doze”. Ele é acusado ter assassinado no último dia 20 de março o crediarista Iran Bezerra de Araújo, de 47 anos, que era apelidado por Iran Calçados e residia na Rua Luiz Gonzaga (Bairro Tiradentes) em Juazeiro do Norte.

Neto foi alvejado com tiros na cabeça nesta terça-feira após ter tentado matar Lucas Gabriel dos Santos, de 18 anos, o “Lukinha” e atirar contra um Policial Militar fato ocorrido nas imediações do CAIC no Bairro Paulo VI na zona oeste de Caicó. Ele usava um capacete e estava acompanhado de um comparsa. Quando seu desafeto chegava à escola foi alvejado com um tiro na perna e não corre risco de morte. Ao ouvir os disparos, o PM que ali estava de serviço saiu do estabelecimento e foi recebido à bala.

Sem ter sido alvejado, o policial sacou a arma e revidou atingindo Neto Mossoró na cabeça, enquanto o companheiro dele fugia sem ser identificado. O autor dos atentados à bala foi socorrido em estado grave para o hospital e morreu cerca de 25 horas depois. Nos bolsos da calça do short de Neto a polícia encontrou 15 cartuchos calibre 38 intactos além do recolhimento de um revólver com quatro munições deflagradas, sendo uma contra Lukinha e três na direção do PM que trabalha no CAIC.
Neto Mossoró foi alvejado a tiros e aguardava no solo o socorro (Foto: Agência Miséria)

COMERCIANTE – Iran Calçados ou Iran Galego foi assassinado em março por Neto Mossoró após parar o seu Fiat Uno vermelho para fazer uma cobrança de R$ 70,00 na Rua Julieta Lopes (Bairro João Paulo II) na zona oeste de Caicó. Ele e um comparsa levaram o carro do crediarista juazeirense e o abandonou depois. Iran se fazia acompanhar de Cícero Claudio da Silva, de 37 anos, que, também, mora em Juazeiro e foi perseguido pela dupla armada, porém escapou

Neto Mossoró era tido como um homem violento e envolvido com o tráfico de drogas e assaltos, sendo de sua preferência chamá-lo de “Terror da Zona Oeste” já que não costumava ser piedoso com suas vítimas desde a adolescência. Segundo a Imprensa de Caicó, na prática dos crimes, o mesmo gostava de humilhar suas vítimas com chutes, coronhadas e as intimidava com gritos imperativos deixando claro que a desobediência às suas ordens era fatal.
MAIS NOTÍCIAS http://radioecultura.blogspot.com.br/