Daily Archives: 1 de Julho de 2010

Juazeiro do Norte-CE: Fabricante de jóias é morto a facadas em sua oficina

Demontier Tenório Foto: China

Após a redução em mais da metade no número de homicídios na comparação dos dois últimos meses, julho começa com um assassinato. A calmaria já alcançava duas semanas e foi interrompida com a prática de um homicídio contra o joalheiro Francisco Miguel dos Santos, o Cícero Miguel, de aproximadamente 55 anos. Ele foi morto a golpes de faca dentro de sua oficina na Rua Delmiro Gouveia, 203-A, imediações da Galeria Zé Viana, no Centro de Juazeiro do Norte.

Quando os funcionários retornavam do almoço notaram o portão entreaberto e, quando ergueram, avistaram o patrão coberto de sangue e a faca encravada no corpo. Imediatamente a polícia foi acionada juntamente com a perícia criminal para os levantamentos preliminares. Provavelmente, ele foi morto no final do expediente com várias perfurações a faca quando todos já haviam saído.

As suspeitas iniciais recaíram sobre o último funcionário que ficou na oficina na companhia da vítima. Coincidentemente, este não retornou para o expediente da tarde e a polícia começou a levantar informações sobre o seu paradeiro e, em pouco tempo, conseguiu prendê-lo na Vila Três Marias. Trata-se de um adolescente de apenas 17 anos e conhecido por “Pequeno” o qual reside na Vila São Francisco (Bairro Aeroporto).

No momento em que foi preso ele estava sem documentos, mas, em conversar com Tenente Guedes confessou a autoria do crime sem entrar em detalhes quanto ao motivo. O corpo de Cícero Miguel foi levado para necropsia no IML (Instituto Médico Legal) de Juazeiro, enquanto o acusado foi autuado em flagrante e será transferido para o Juizado da Infância e Juventude. Foi o primeiro homicídio deste mês em Juazeiro e o quadragésimo do ano.

Jovens são presos por usarem cédulas falsas de dinheiro

A Polícia Federal no Rio Grande do Norte prendeu na madrugada desta quinta-feira três jovens de Parnamirim, região metropolitana de Natal, por terem colocado em circulação um total de R$ 100 em cédulas falsas.

A prisão do trio ocorreu quando policiais militares do 5º Batalhão da 1ª Cia foram acionados por seguranças de uma casa de forró. Eles notaram que os suspeitos pagaram a despesa de R$ 30 com notas falsas. Ao chegar, a polícia revistou os jovens e encontrou com eles mais R$ 40 em cédulas que estampavam um mesmo número de série.

Segundo a polícia, vendedores ambulantes que trabalham no local apresentaram aos agentes mais três notas do mesmo valor que haviam recebido dos suspeitos pela venda de cachaça, refrigerante e churrasquinho.

Os acusados confessaram que haviam adquirido as notas de R$ 10 falsas no centro de Parnamirim, através de um homem que ofereceu o dinheiro falsificado pela metade do seu valor real.

Os jovens foram presos em flagrante e foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória de Pirangi.

Padre Cheregato é absolvido no caso do duplo homicídio na Base Aérea de Fortaleza

O ex-capelão da Base Aérea de Fortaleza, padre José Severino Cheregato, foi absolvido por completo da acusação de duplo homicídio contra os soldados da Base Aérea de Fortaleza, Cleoman Fontenele Filho e Robson Mendonça Cunha, pelo Superior Tribunal Militar (STM). O processo que o acusava dos crimes transitou em julgado e a Promotoria não pode mais recorrer da sentença.

No dia 7 de agosto do ano passado, padre Cheregato havia sido absolvido da acusação, mas a Promotoria Militar recorreu da sentença. Na ocasião do primeiro julgamento, que durou sete horas, os advogados Paulo Quezado e João Marcelo Pedrosa alegaram que não havia nada nos autos que comprovasse a autoria de Cheregato pelo duplo homicídio.

O caso ocorreu em 2004, nos alojamentos da Base Aérea. No início das investigações, a Polícia trabalhou com assassinato seguido de suicídio, mas depois as investigações voltaram-se para o padre, que também é capitão da Força Aérea Brasileira (FAB).

Processos

Padre Chergato ainda responde a dois processos: um por estelionato, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), e um sobre apropriação de dinheiro da capela de Nossa Senhora de Loreto, da Base Aérea, que tramita no Superior Tribunal Militar (STM).

Fonte O Povo

Acidente mata quatro músicos carbonizados na Paraíba

Um acidente grave na manhã desta quinta-feira (1) terminou com a morte de quatro músicos paraibanos, entre eles o famoso trombonista Radegundis Feitosa, de 44 anos, integrante da Orquestra Sinfônica da Paraíba. A informação foi confirmada pelo filho dele, o também músico Radegundis Filho. Ele disse que o grupo estava na estrada de Piancó a caminho de Itaporanga.

As quatro pessoas que estavam no carro são músicos instrumentista da Paraíba. De acordo com informações da direção da Orquestra Sinfônica da Paraíba, Luiz Benedito, 69 anos, Adenilton França, 24 anos e Roberto Angêlo Sabino, 41 anos, seriam integrantes da Sinfônica.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o acidente aconteceu na BR 361, km 97,3 entre Itaporanga e Piancó. Os músicos estavam em um Citroen C4 Pallace e o acidente aconteceu quanto o veículo saiu da pista e depois capotou. Após o acidente o carro pegou fogo e Roberto Ângelo foi lançado fora do carro e os outros três ficaram totalmente carbonizados.

O músico arremessado foi atingido pelas chamas e também morreu queimado. Algumas testemunhas disseram que tinham animais na pista, mas a PRF negou a informação.

Juazeiro do Norte-CE: Jovem é preso com uma pistola 6,35 na garupa de uma motocicleta

Demontier Tenório Foto: China

Em uma dessas abordagens de rotina feitas em veículos, a Polícia Militar encontrou uma pistola 6,35 que era conduzida por um jovem de 24 anos. Cícero Bruno Lobo Maciel, de 24 anos, residente no Bairro São José, viajava na garupa de uma motocicleta Honda Bros 150 de cor vermelha. O veículo era pilotado por Rafael Bezerra Campos o qual estava sem habilitação e, além do mais, a moto não continha placa.

A abordagem aconteceu por volta das 10h30min desta quinta-feira na Rua Capitão Coimbra à altura do número 612 (Bairro João Cabral). O Cabo Radger disse ter notado certa intranqüilidade da dupla e decidiu revistar com o auxílio dos Soldados Cláudio e Sá. Não demorou em encontrar a pistola. O piloto disse não ter conhecimento que o seu companheiro de viagem estivesse armado.

Cícero Bruno foi preso para responder por porte ilegal de arma. A polícia vai colocar o nome dos dois no Sistema de Informações Policiais (SIP) para ver se existe algum registro em desfavor dos mesmos. O Cabo Radger explicou que a maioria das abordagens se dá nas motos por conta do alto índice de assaltos, furtos, roubos, lesões e homicídios praticados nesse tipo de veículo.

Barbalha-CE: Motocicleta abalroa caminhão em mais um acidente na Avenida leão Sampaio

Foto: Cícero Valério

Mais um acidente automobilístico foi registrado por volta das 9 horas desta quinta-feira na Avenida Leão Sampaio, rodovia que liga os municípios de Barbalha e Juazeiro do Norte. Foi à altura do Posto Estrela quando um mototaxista bateu na traseira de um caminhão que transporta cana-de-açúcar. O Chevrolet D-40 de placas KHH-6324, inscrição de Barbalha reduziu a velocidade para fazer uma curva e um mototaxista bateu com o seu veículo na traseira.

O motorista não foi identificado, mas o vereador barbalhense, Antonio Sampaio, que é dono do caminhão, esteve no local. A moto é uma Honda Titan 125 de cor vemelha e placa HVX-8642, inscrição de Juazeiro do Norte, cujo piloto e garupeiro foram socorridos para o Hospital Santo Antonio de Barbalha apenas com ferimentos leves. Os Soldados Almeida e Wellington, do Ronda do Quarteirão não conseguiu identificá-los.

Na opinião de agentes do Demutran de Barbalha, o motivo do acidente pode ter sido a desatenção do piloto que não percebeu o caminhão sinalizando. No momento em que fazia a reportagem fotográfica do acidente, Cícero Valério flagrou boa quantidade de vacas pastando nos canteiros centrais e transitando livremente de um lado para outro da pista. Com isso, os riscos de acidentes envolvendo animais soltos na Avenida Leão Sampaio são maiores.

Crimes misteriosos na RMF

Corpos com marcas de violência estão sendo deixados em locais ermos, nos municípios de Aquiraz e Eusébio. Uma sequência de crimes misteriosos, alguns com sinais de execução sumária e outros com características de ´desova´, vem sendo registrada em dois municípios da Região Metropolitana de Fortaleza; Eusébio e Aquiraz.
01/07/2010
Em apenas quatro dias, seis pessoas foram assassinadas e seus corpos encontrados dentro de veículos ou em matagais à beira de estradas carroçáveis.

O último episódio dessa sequência de mortes violentas ocorreu na tarde de ontem, quando um homem, identificado como Marcos Antônio Casado Costa, 37, foi executado com 11 tiros de pistola calibre 380 ACP. O corpo de Marcos foi encontrado dentro de um veículo Corsa, de placas KGM-7375, com inscrição de Fortaleza, na Rua Lourival Sales, na localidade de Jabuti, na zona rural do Município de Eusébio.

A vítima estava sentada no banco do motorista, segurando a alavanca do freio de mão, com vários ferimentos a bala, a maioria na cabeça. As marcas da violência estavam também nos vidros laterais do automóvel. A Perícia constatou 17 marcas de tiros nos vidros.

Policiais militares, da Companhia Provisória de Eusébio, e o inspetor chefe da Delegacia Metropolitana de Eusébio (DME), Paulo Jonas, compareceram ao local do crime juntamente com guardas municipais. De acordo com o subtenente PM Carlos Nunes, populares afirmaram que ouviram os estampidos e viram um outro veículo, supostamente, um Pálio de cor prata, deixando o local, onde o corpo foi encontrado.

Perícia

O perito Cordeiro Lima, da Coordenadoria de Criminalística (CC) da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), examinou o veículo e o corpo da vítima. “Alguns disparos foram disparados dentro do carro, mas a maioria foi efetuada de fora para dentro”, salientou Lima. O perito constatou ferimentos na orelha, no pescoço, peito e cabeça da vítima.

Cápsulas de pistola calibre 380 ACP foram encontradas no piso do automóvel. Objetos pessoais da vítima também foram recolhidos e serão periciados. O documento do veículo (DUT) estava no nome de uma mulher, moradora do Conjunto dos Bancários, no bairro Vila Velha, na Zona Oeste de Fortaleza.

Segundo o inspetor Paulo Jonas, inicialmente, não se pode afirmar que a morte de Marcos Antônio Casado Costa esteja ligada aos outros crimes ocorridos recentemente na região central de Eusébio, principalmente no bairro Autódromo.

Conforme Paulo Jonas, as outras execuções estariam ligadas, em sua maioria, a dívidas de drogas. “Esse homem não foi reconhecido como sendo uma pessoa da área de Eusébio. Acreditamos que ele foi trazido até aqui por uma pessoa de sua confiança, que estava no banco do passageiro, e esta efetuou os disparos”, disse o inspetor.

Mais mortes

Desde o último sábado, já são seis assassinatos misteriosos somente nos Municípios do Eusébio e Aquiraz. A sequência começou na noite de sábado (26), quando o corpo de um homem, não identificado, foi encontrado com marcas de violência na Estrada da Coluna, localidade de Tanques, em Aquiraz.

Na tarde da última segunda-feira (28), um jovem, identificado como Francisco Alex Ferreira de Sousa, 24, foi eliminado com, nada menos, que 16 tiros de pistola de calibre 380 ACP. O crime ocorreu na Rua Guimarães Passos, no bairro Autódromo, no Eusébio.

Na tarde de terça-feira (29), um homem, que vestia apenas cueca, foi encontrado sem vida em um matagal, na localidade de Telha, em Aquiraz. Moradores das proximidades disseram à Polícia ter ouvido tiros.

Somente na manhã de ontem, mais duas ´desovas´ foram registradas na zona rural de Aquiraz. Na localidade de Croatá II, foram encontrados restos mortais dentro de uma cova rasa. A Polícia suspeita de que se tratava do caseiro João Rocha de Oliveira, que estava desaparecido desde o dia 19 de abril.

A segunda ´desova´ aconteceu no lugarejo denominado Lagoa Seca, no distrito de Serpa, onde o corpo de um homem, identificado apenas por ´Alexandre´, foi localizado em um matagal. Moradores disseram também terem ouvido estampidos.

Denunciou

A onda de violência que atinge Municípios da Região Metropolitana de Fortaleza vem preocupando as autoridades da Segurança Pública e causando temor nos moradores. Muitos estão abandonando cidades como Eusébio, Aquiraz, Itaitinga, Pacajus e Horizonte devido aos altos índices da criminalidade, principalmente os assaltos (roubos).

Na edição da última segunda-feira, o Diário do Nordeste retratou, em reportagem especial, essa realidade.

Moradores revelaram os momentos de aflição que passaram quando tiveram suas residências invadidas por delinquentes fortemente armados. O clima é de tensão na área.

Fonte: Diário do Nordeste

Juazeiro do Norte-CE: A cena se repete e mais uma criança é atingida por bala perdida no Juvêncio Santana

Foto: Normando Sóracles

Um bebê de cinco meses foi atingido por uma bala por volta das 20 horas desta quarta-feira no Bairro Juvêncio Santana em Juazeiro do Norte. Foi o cartão de visita para uma família que estava chegando naquele momento para residir no bairro. Enquanto o pessoal terminava de retirar as coisas do carro, a mulher mantinha o bebê nos braços quando começou o tiroteio confundido, inicialmente, por fogos de artifício.

Ela adentrou o imóvel correndo e só depois percebeu sangue no filho e que o mesmo havia sido atingido por uma bala perdida.

É mais ou menos uma repetição ao que se registrou no dia 2 de maio de 2009 no Juvêncio Santana. Só que, naquele dia, João Victor Kennedy Rodrigues, de 1 ano e oito meses, morreu quando uma dupla assassinou Pedro Lucas de Pontes, de 18 anos. Ontem, foi no cruzamento das ruas Floro Bartolomeu e João Correia de Oliveira, quando dois indivíduos armados com um revólver e uma pistola tentaram contra a vida de Renê da Silva Dias, de 29 anos, ali residente.

Ele ainda foi atingido com um disparo na mão esquerda e socorrido por populares para o Hospital Santo Inácio onde a polícia, também, esteve. A princípio disse aos militares ter sofrido um acidente com uma motocicleta, mas, depois, refez a história falando da tentativa de homicídio contra a sua pessoa que estava em casa. No tiroteio, o bebê atingido tem as iniciais P. H. P., residente na Rua São Benedito (Bairro São Miguel). Na criança, a bala entrou na coxa e saiu nas nádegas.

Ela foi socorrida para o Hospital São Lucas e submetida a uma cirurgia. A outra pessoa que estava com Renê era o seu irmão identificado apenas por Tales o qual fugiu. Em diligências, a FTA (Força Tática de Apoio) adentrou um imóvel e, dentro da gaveta de um guarda-roupa, encontrou um revolver calibre 38 o qual foi apreendido e levado para a Delegacia regional de Polícia Civil.

Uma equipe do Serviço reservado do 2º BPM esteve no Hospital Santo Inácio para coletar maiores informações com Renê e aproveitou para fazer uma consulta ao Sistema de Informações Policiais (SIP). Não havia Mandado Judicial em aberto, mas descobriu que o mesmo responde por homicídio e posse irregular de arma de fogo. A vítima foi submetida a uma cirurgia na mão.

Ninão, o Gigante Brasileiro se apresenta domingo no SBT

Foto: Roberto Bulhões

A produtora juazeirense Bulhões Produções está na Paraíba, filmando o dia-a-dia do jovem Joelisson Fernandes da Silva, 24, mais conhecido por (Ninão), considerado como o homem mais alto do Brasil. Uma reportagem de televisão em 2007 colocou o jovem (Ninão), na mídia nacional, devido sua estatura ultrapassar dois metros. Desde então, a casa onde ele mora, em assunção, Paraíba, virou ponto de peregrinação de turistas e curiosos. Eles querem ver, fotografar e se comparar ao tamanho do jovem paraibano. Ele vive com os pais e quatro irmãos em uma casa construída pelo então governador Cássio Cunha Lima, no ano de 2007. A casa é toda especial para acomodar o jovem cidadão ilustre, que neste domingo estará no programa domingo Legal, do SBT.

A rotina do jovem paraibano é intensa e não falta gente em sua casa querendo conhecê-lo. Quem chega à cidade de Assunção, cuja população não passa de 3 mil habitantes, localiza fácil a casa do “Gigante da Paraíba”. Distante cerca de 100 quilômetros de Campina Grande, Assunção está a 8 quilômetros da BR 230 que corta o estado da Paraíba. Basta perguntar onde é a casa do moço mais alto do Brasil à primeira pessoa que encontra. Nunca ficará sem resposta. “Todos aqui já me conhecem”, diz Ninão, ao receber a equipe de reportagem do SBT. Muito tranqüilo e sempre sorridente, o jovem paraibano aos poucos vai se acostumando com a fama do homem mais alto do Brasil.

Em Assunção Joelisson é conhecido como um jovem tímido, mas atencioso. Confessa que a vida virou pelo avesso depois de ficar conhecido, mas, como não tem trabalho nem recebe apoio da municipalidade, fica feliz quando é convidado para algum programa de TV, onde sempre recebe muitos presentes. Neste domingo Ninão vai ser entrevistado por Celso Portiolli e será apresentado a outro jovem de Alagoas, que também passa dos dois metros. Ontem a noite, juntamente com sua mãe e a equipe da Bulhões Produções, Ninão viajou para João Pessoa e hoje a tarde segue para São Paulo.

Crato – CE – Dicésar ex-Big Brother anima Parada Gay

Foto: Normando Sóracles/China

Mais de 15 mil pessoas, segundo estimativa dos coordenadores da manifestação participaram da Parada Gay do Crato que, este ano contou com a participação o ex-Big Brother Dicésar Ferreira, conhecido no meio mix como a drag-queen Dimmy Kieer. Os líderes do movimento foram obrigados a mudar o roteiro do desfile porque o trio elétrico com 25 metros de comprimento não coube nas ruas centrais do Crato.

“Amai-vos uns aos outros, como eu vos amei”. Com esta mensagem bíblica, Dicésar saudou a multidão de cima do trio elétrico, ao lado da Faculdade de Direito do Crato, de onde partiu o cortejo. Ao lado da primeira dama do município Mônica Araripe, madrinha da manifestação, o ex-Big Brother criticou o preconceito e a violência contra os homossexuais, dizendo que “aquele que bate nos peitos e diz que é macho, no íntimo, é um gay encubado”.

“É preciso acabar com este preconceito de que os gays são cabeleireiros, estilistas e maquiadores. Eles estão saindo do armário. Estão presentes em todos os seguimentos da sociedade. São médicos, advogados, militares, jornalistas que estão assumindo a sua sexualidade”, disse Dicésar chamando a atenção para o respeito que cada um deve ter pelo ser humano.

Vestido numa camisa com o nome “Crato amado”, Dicésar advertiu que o preconceito sofrido pelo grupo homossexual pode ser considerado o mesmo que atinge negros, mulheres, deficientes físicos e mentais. Ele é velado, dificilmente aparece e, na maioria das vezes, não é divulgado, mas está presente no relacionamento humano. A homofobia, segundo Dicésar, se manifesta de diversas maneiras, e em sua forma mais grave resulta em ações de violência verbal e física, podendo levar até o assassinato de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT).

A homofobia também é responsável pelo preconceito e pela discriminação contra pessoas LGBT, por exemplo, no local de trabalho, na escola, na igreja, na rua, no posto de saúde e na falta de políticas públicas afirmativas que contemplem LGBT. Este quadro está mudando. Um exemplo disso, segundo Dicésar, é esta manifestação promovida numa cidade do interior.

No Brasil, além da Constituição de 1988 proibir qualquer forma de discriminação de maneira genérica, várias leis estão sendo discutidas a fim de proibirem especificamente a discriminação aos homossexuais. A Constituição Federal brasileira define como “objetivo fundamental da República (art. 3º, IV) o de promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade, ou quaisquer outras formas de discriminação”.