Juazeiro do Norte-CE: Nove mortes violentas esta semana no Cariri


Fonte: Miséria Demontier Tenório Foto: Normando Sóracles

Um total de nove mortes violentas foi registrado esta semana na região do Cariri. Pelo menos as que chegaram ao conhecimento da redação do Site Miséria revelando três homicídios à bala e outro com golpe de roçadeira, uma vítima de tiro acidental e quatro mortes no trânsito. Todos os corpos vieram para o IML de Juazeiro à exceção de Várzea Alegre que mandou para Iguatu. Foram dois de Araripe e os outros de Assaré, Porteiras, Altaneira, Crato, Juazeiro e Aurora.

No sábado, Antonio Natanael Teotônio de Alencar, de 23 anos, foi vítima de acidente de trânsito em Assaré. No mesmo dia, Israel Alves dos Santos, de 13 anos, morreu em Porteiras por conta de um tiro acidental quando manuseava uma espingarda. Domingo morreu em hospital de Crato, o estudante Jaime Henrique Souza, de 17 anos, que foi alvejado a bala na noite de sábado em Altaneira por dois indivíduos que passavam em uma moto.

Noite de Segunda-feira, no Sítio Cobras em Crato, Maria Amanda da Silva, de 2 anos, foi morta com um tiro na testa dentro de casa, enquanto seu pai, Cícero Fernando da Silva, foi baleado, mas conseguiu fugir. Manhã de quarta-feira, na Avenida Padre Cícero em Juazeiro, Keliane Moreira de Souza Lopes, de 5 anos, residente em Crato morreu após ser colhida por um Fiat. Ela viajava em uma moto pilotada por sua mãe.

Madrugada de quinta-feira, no interior de um Bar no Sítio Sanharol em Várzea Alegre, Elanaldo Almeida da Silva, de 29 anos, o “Black Coco” foi morto com dois tiros na cabeça por dois homens que viajavam em uma moto. Madrugada de ontem, na CE-292, entre Araripe e Potengi, a agente administrativa da Saaec de Crato, Laura Virgínia de Souza Mota, de 30, e Felipe Rodrigues de Oliveira, de 23 anos, também residente em Crato, morreram em um acidente quando o Gol em que viajava sobrou em uma curva e virou.

Manhã de sábado, na Vila Tipi zona rural de Aurora, o agricultor Libório João Geraldo, de 64 anos, foi morto com um golpe de roçadeira pelo seu próprio primo, Cícero Tomaz Ferreira de Almeida, de 35 anos, por conta de rixas antigas. Eles haviam discutido na quinta-feira e, no dia seguinte, Libório foi seguido até um cacimbão quando ia apanhar água na companhia da mulher.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s