PARAÍBA: MULHER GRÁVIDA DE SETE MESES É MORTA COM UM TIRO NO PESCOÇO E MÉDICOS SALVAM CRIANÇA.


Por volta das 10h desta quarta-feira (04), dois elementos, não identificados, armados, encapuzados numa Moto preta, abriram fogo contra o casal, Luana Maria da Silva, 20 anos, natural do Lastro, grávida de sete meses, e do seu Marido, Claudemir Sarmento, 23 anos, albergado, conhecido por Mimi.
O fato aconteceu na Rua Augustina Alves no Mutirão na Cidade de Sousa, quando os Desconhecidos, bateram na porta das vítimas, e quando a Luana abriu a porta foi alvejada com um tiro no pescoço, a qual teve morte instantânea.

O Marido, Claudemir Sarmento também foi atingido com balaços no abdômen pelos Bandidos que após o crime fugiram na Moto tomando rumo incerto até o presente.
O SAMU socorreu as vítimas para o Hospital Regional de Sousa com o objetivo de salvar a criança de sete meses que se encontrava na barriga da Mãe morta a bala há poucos instantes.

A Equipe Médica do Hospital Regional de Sousa se mobilizou e conseguiu salvar a Criança de sete meses do sexo feminino que se encontra na UTI em observação.

O Pai, Claudemir Sarmento permanece sendo atendido, e o estado de saúde inspira cuidados.

A Polícia Militar do 14º Batalhão vivencia uma verdadeira caçada humana a procura de prender os elementos que praticaram a barbárie que chocou a Cidade de Sousa no começo da manhã desta quarta-feira.

Até o presente, a Polícia Militar ainda não sabe informar ao certo a causa do crime no Mutirão na Cidade de Sousa.

Fonte: É Sertão com Folha do Sertão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s