Ceará perde para o Bahia e se despede da elite do futebol nacional


Foto: Rodrigo Carvalho
Chegou–se a especular que o Bahia pudesse ‘facilitar’ a vida do Ceará após a publicação de uma nota em seu site. Não foi o que aconteceu. Os baianos venceram por 2 a 1, no estádio Pituaçu, rebaixaram o rival e, acima de tudo, assegurou presença na próxima edição da Copa Sul-Americana.

Aliás, a equipe baiana volta a disputar uma competição internacional após mais de duas décadas. Chegou aos 46 pontos e encerrou sua participação na 14ª colocação. Já o Ceará precisava ganhar e torcer por um tropeço do Cruzeiro. Sequer fez sua parte. Contabilizou apenas 39 pontos e vai disputar a Série B em 2012.

O clima decisivo para o jogo começou antes mesmo da penúltima rodada. No dia 26 de novembro, um texto no site do Bahia iniciou uma ‘polêmica’. Após parabenizar Sport e Naútico pelo acesso, o texto encerrava desejando que o Ceará também permanecesse na Série A, ‘para que o futebol nordestino fique ainda mais fortalecido’.

Diretoria, comissão técnica e jogadores do time baiano negaram qualquer tipo de ‘facilidade’ para o rival nordestino, principalmente porque ainda mirava uma vaga no torneio sul-americano. Quando o jogo começou, o time de Dimas Filgueiras adotou a estratégia de partir para cima. Só a vitória interessava.

O Bahia quase não tocava na bola. E o Ceará era perigoso. Aos 6min, Osvaldo exigiu a primeira difícil defesa de Lomba. Logo depois, o Cruzeiro já vencia o Atlético-MG. Ou seja, uma vitória cearense seria inútil para sua permanência. Coincidentemente, os cearenses diminuíram a intensidade.

E pior: aos 13min, Camacho bateu forte para fazer 1 a 0 para os baianos. A partir, o time de Joel Santana mandou na partida e ainda marcou o segundo, aos 43min, com Lulinha. Ainda na etapa inicial, Felipe Azevedo diminuiu. O sonho de reação também de um milagre em Minas. Lá, o Cruzeiro não parava de anotar gols (Foi para o intervalo vencendo por 4 a 0).

“Dá uma desanimada [ao saber do resultado do Cruzeiro]. Está difícil. Mas vamos honrar a camisa do Ceará até o final”, disse Felipe Azevedo, praticamente jogando a toalha. Pouca coisa aconteceu no segundo tempo. Algumas chances foram criadas, mas o resultado persistiu, e o Bahia confirmou sua classificação ao torneio sul-americano.

Fonte: UOL

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s