Daily Archives: 22 de Janeiro de 2013

Juazeiro do Norte-CE: Pai mata filho num dos sete homicídios do fim de semana no Triângulo Crajubar

20130121111322_capa
Demointier Tenório///miseria.com.br
Francisco Eduardo de França Duarte, de 22 anos (Foto: Chinês/Agência Miséria)
A violência do fim de semana na região do Cariri ficou concentrada no triângulo Crajubar formado pelos municípios de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha com sete mortes violentas. O trânsito deu ema trégua e todos os corpos necropsiados no Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro do Norte, foram de vítimas de homicídios. Crato liderou o número de corpos enviados com três assassinatos, vindo a seguir Barbalha e Juazeiro com dois cada.

O primeiro a chegar foi ainda na sexta-feira. No final da tarde e início da noite, na Rua Jose Ailton na localidade denominada Vila Nova (Pedrinhas) em Juazeiro do Norte, foi morto Cristiano Nascimento da Silva, de 22 anos, que residia na Rua Aldinha Barbosa daquele lugar. No tiroteio, saiu lesionado o seu amigo Cícero Genilson Neris Barbosa, de 20 anos, residente na Rua Mascarenhas de Morais (Juvencio Santana), que responde por roubo.

Os dois estavam tentando consertar a moto que deu pane na Rua Manoel Barreto da Silva quando chegaram outros dois homens armados em uma moto Yamaha YBR Factor 125 K de cor preta e placa NQX-1287, inscrição do Ceará, atirando. Cristiano foi atingido com seis disparos na cabeça, tórax e membros inferiores morrendo no local. Genilson sofreu cinco tiros no abdômen e tórax, sendo socorrido para o Hospital Regional do Cariri. A moto dos autores apresenta queixa de roubo ou furto atirando.

Na noite de sábado, dois homicídios foram registrados em Barbalha. Por volta das 20 horas, na Vila São José, o jovem Samuel Diógenes de Oliveira Pereira, de 24 anos, estava dentro de casa quando chegaram dois homens armados em uma moto de cor escura e já invadiram o imóvel atirando. A vítima foi alvejada nove vezes em diversas partes do corpo morrendo no local. A polícia foi acionada e diligenciou sem o êxito de localizar a dupla assassina. Samuel era filho do Sargento Eronaldo Pereira, residente em Tauá. Ele nasceu em Brejo Santo e, ainda adolescente, respondeu processo por roubo.

Por volta das 22 horas foi morto Daniel Lopes dos Santos, de 27 anos, na Avenida Paulo Marques perto da Rua do Liceu (Bairro Bulandeira). Ele estava no local onde brigou com uma pessoa apelidada por Naldo que se retirou prometendo ir em casa se armar após a desvantagem no conflito. Provavelmente, Daniel não acreditou que o seu algoz retornasse quando foi surpreendido por disparos oriundos do interior de um veículo de cor vermelha.

A vítima caiu no chão ao ser atingida com dois tiros no peito direito, sendo ainda socorrida por parentes para o Hospital São Vicente de Paulo em Barbalha, onde morreu. O pai de Daniel, conhecido como João de Acetona, lamentou o assassinato do filho, admitiu que o mesmo possuía “amizades ruins” e que já tinha sido preso certa vez. “Sempre dei conselhos, mas não valeu”, disse Seu João que já teve um filho assassinado há 17 anos.

No domingo, dois homicídios foram registrados em Crato, sendo o primeiro por volta das 6 horas na Rua Brigadeiro José Sampaio Macedo (São Miguel). O servente de pedreiro Flavio Cordeiro Leite, de 27 anos, foi lesionado com nove perfurações à faca nas costas e ainda apresentava fraturas no crânio. Ele estava dentro de um matagal e foi socorrido para o Hospital São Francisco em uma viatura do Corpo de Bombeiros, onde morreu.

A vítima morava na Rua Fortaleza, 76 (Bairro Pantanal) em Crato e se envolveu em uma briga com várias pessoas no Bar do Telão que funciona na Avenida Padre Cícero (São Miguel). Ao deixar o estabelecimento, foi perseguido e lesionado por homens ainda não identificados pela polícia. Por volta das 23h30min no Bairro Mutirão em Crato, foi assassinado a tiros de revólver o lixador Valdir Ferreira dos Santos, de 41 anos, que residia na Rua Saturnino Candeia (Alto da Penha). Os autores foram dois homens que trafegavam em uma moto e passaram atirando.

Já na madrugada desta segunda-feira, outros dois homicídios sendo um em Crato e outro em Juazeiro. Por volta de 1 hora, na Travessa Mauriti, 78 (Seminário), o pedreiro Reginaldo Silva Lima, de 30 anos, morador de rua, foi agredido a pedradas e uma equipe do GSU do Corpo de Bombeiros esteve no local quando constatou o óbito. Por volta das 5 horas na Rua Roseiro de Lemos (Bairro Vila Fátima) um pai matou um filho dentro de casa após luta corporal entre os dois.

Francisco de França Duarte, de 55 anos, que é conhecido como Chico do Crato, não se entedia com o seu filho, Francisco Eduardo de França Duarte, de 22 anos, e, vez por outra, iam às vias de fato. Na madrugada de hoje, os dois ingeriam bebidas alcoólicas e surgiu nova discussão quando apanhou uma faca e desferiu vários golpes no filho que morreu no local sobre o sofá. Seria um duplo homicídio se a companheira de Chico e madrasta da vítima não tivesse fugido após tentar evitar o assassinato e ser ameaçada.
MAIS NOTÍCIAS: http://radioculturacrato.blogspot.com.br/