Daily Archives: 25 de Janeiro de 2013

Barbalha-CE: Fundador da COOPATARC é morto dentro de churrascaria

20130125075016_capa
Demontier Tenório///miseria.com.br/
Marceno dos Santos, de 44 anos, foi morto com quatro tiros de revólver (Foto: Chinês/Agência Miséria)
Um crime com características de pistolagem foi registrado por volta das 20h30min desta quinta-feira no interior de uma churrascaria que funciona às margens da rodovia estadual que liga os municípios de Barbalha e Missão Velha. O fundador e ex-presidente da COOPATARC (Cooperativa dos Transportes Alternativos da Região do Cariri), Marceno dos Santos, de 44 anos, foi morto com quatro tiros de revólver sendo três no abdômen e mais um no rosto.

A vítima residia na Rua Jundiaí (Bairro Alto da Alegria) e ainda tentou fugir da linha de tiros, mas tombou morta na calçada da Churrascaria Bom Paladar onde se encontrava com um casal de amigos. Segundo testemunhas, dois homens chegaram em uma motocicleta e um deles adentrou o estabelecimento quando anunciou um assalto. Em seguida, pediu que o casal se retirassse da mesa e começou a disparar fugindo logo depois sem levar nenhum pertence de Maceno do estabelecimento.

A dupla partiu na moto em alta velocidade, enquanto a polícia era acionada e esteve imediatamente no local a exemplo do perito criminal Antonio Barbosa e o rabecão que transportou o corpo para ser necropsiado no IML (Instituo Médico Legal) de Juazeiro. Marceno foi um dos grandes lutadores pelas causas dos transportadores alternativos no Cariri e promoveu vários manifestos contra o que considerava perseguição do Detran. Ele era arrendatário da Churrascaria Fernandes que funciona no Sítio Estrela.

Marceno foi assassinado no dia em que completou três meses de um atentado à bala na residência do atual presidente da COOPATARC, Francisco Inácio Cruz, de 44 anos, mais conhecido como Leão, residente na Rua Nezinho de Sá no centro de Barbalha. O relacionamento entre os dois não era amistoso e houve insinuações de que o ex-presidente teria envolvimento no caso ocorrido na madrugada do dia 24 de outubro do ano passado.

Foram vários disparos de calibre 12 atingindo o portão do imóvel e a carroceria de um veículo Fiat Pick-up Strada de cor vermelha. Uma voz do lado de fora teria apelado para que o “presidente” saísse a fim de levar “tiros nos peitos”. Na época, Leão ameaçou entregar o cargo juntamente com toda a diretoria eleita com o apoio de Marceno em virtude das ameaças de mortes que ele e sua família vinham sofrendo, segundo disse em outubro ao Site Miséria.

A cooperativa foi fundada há seis anos com a intenção de organizar o transporte alternativo no Cariri e possui 48 associados trabalhando em cinco linhas outorgadas pelo Governo do Estado. São elas: Barbalha/Juazeiro, Missão Velha/Juazeiro, Jardim/Barbalha, Abaiara/Juazeiro e Barbalha/Crato via Distrito de Arajara. O cargo de presidente é remunerado com um salário mínimo.
MAIS NOTÍCIAS: http://radioculturacrato.blogspot.com.br/