Daily Archives: 31 de Janeiro de 2013

Juazeiro do Norte-CE: Homem foi morto com seis tiros na manhã de hoje no Santa Tereza

20130131144050_capa
Demontier Tenório///miseria.com.br

Local onde ocorreu o homicídio (Foto: Michel Dantas/Agência Miséria)
Um homicídio foi registrado por volta das 11 horas desta quinta-feira no cruzamento das ruas José Marrocos e São Damião (Bairro Santa Tereza) em Juazeiro do Norte. Pierre Rosel Maciel, de 32 anos, estava naquele local quando chegaram dois homens em um carro do qual desceram e passaram a conversar com a vítima. Não demorou e os disparos começaram a ser efetuados.

Depois, a dupla fugiu no veículo enquanto “Novinho” ou “Neném”, como era conhecido, agonizava no solo. O mesmo ainda foi socorrido às pressas por populares para o Hospital Regional do Cariri, mas já chegou sem vida. Os tiros atingiram a vítima no ombro e os demais na cabeça num total de seis disparos no 12º homicídio do ano em Juazeiro do Norte.

Somente no bairro Santa Tereza, dezesseis pessoas tombaram mortas nos últimos três anos. No caso de hoje, a polícia foi ao local e ainda diligenciou sem o êxito de encontrar os acusados. O corpo foi levado para necropsia no Instituo (Médico Legal IML). Só esta semana já foram quatro homicídios em Juazeiro. Segunda-feira (28), foi assassinado Francisco Wallyson Rodrigues da Silva, de 17 anos, no Bairro Franciscanos. Na terça (29), Antonio Félix, de 45 anos, o “Bonzim”, no João Cabral e quarta (30), Edgleison Ferreira da Silva, de 29 anos, o Macaco Gleison, no Salesianos.
MAIS NOTÍCIAS: http://radioculturacrato.blogspot.com.br/

Exclusivo! 249 pessoas assassinadas ano passado na Região Metropolitana do Cariri

20130131060050_capa
Demontier Tenório///miseria.com.br
Levantamento feito pelo Site Miséria revela que 249 pessoas foram assassinadas no decorrer de 2012 na Região Metropolitana do Cariri (RMC) (Foto: Arquivo/Agência Miséria)

Um levantamento feito pelo Site Miséria revela que 249 pessoas foram assassinadas no decorrer de 2012 nos nove municípios que formam a Região Metropolitana do Cariri (RMC). São eles: Barbalha, Caririaçu, Crato, Farias Brito, Jardim, Juazeiro do Norte, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri. Se for incluído Brejo Santo, outro importante município da região, a matança atinge 263 homicídios já que, no ano passado, 14 pessoas foram ali assassinadas.

A escalada da violência guarda uma certa proporcionalidade em relação a população de cada um destes municípios. Assim, Juazeiro do Norte lidera o ranking com 133 homicídios, vindo o Crato a seguir com 47 e Barbalha com um total de 27 pessoas assassinadas no ano passado. Na quarta colocação, Missão Velha com o registro de 13 homicídios e, depois, Caririaçu (11), Nova Olinda (6), Farias Brito (5), Jardim (4) e o município de Santana do Cariri com apenas três assassinatos.

A propósito, o último homicídio ocorrido neste município foi há cinco meses. Dia 14 de agosto, morreu no Hospital Santo Antonio de Barbalha, o agricultor Rogério Antonio de Oliveira, de 39 anos, que residia no Sítio Pimenteira. Um mês antes, ele estava em um bar no Distrito de Anjinhos quando foi alvejado a tiros pelo também agricultor, José Fabiano do Nascimento, de 30 anos. Este se apresentou à polícia e disse que houve uma discussão e a vítima teria ido em casa se armar e voltou para tentar matá-lo.

Considerando a população de cada município, Juazeiro igualmente lidera como o mais violento com um assassinato a cada 1.879 habitantes, tendo Barbalha em segundo lugar na Região Metropolitana do Cariri com 2.050 habitantes para cada homicídio, ficando Nova Olinda na surpreendente terceira posição com um homicídio a cada 2.376 habitantes. Já o menos violento da RMC é Jardim com um homicídio a cada 6.674 habitantes tendo Santana do Cariri com um assassinato a cada 5.727 habitantes. Nesses nove municípios o mês mais violento foi junho com 28 assassinatos.
MAIS NOTÍCIAS: http://radioculturacrato.blogspot.com.br/

Roberto Carlos critica versão de “Esse Cara Sou Eu” da banda Aviões do Forró

20130131063055_capa
(Foto: Internet)
A romântica música “Esse Cara Sou Eu” do cantor Roberto Carlos está criando polêmica nos últimos dias. Isso porque, o programa Big Brother Brasil exibiu um vídeo do ex-participante Dhomini utilizando a versão da banda Aviões do Forró.

Conforme o Jornal O Dia, ao saber do fato o Rei notificou a Rede Globo para que o trecho do programa com a música fosse retirado do ar na Internet e proibiu uma nova veiculação da versão. “Eu acho uma falta de respeito alguém gravar sem pedir a autorização ao autor”, criticou.

Em entrevista coletiva que promove o show anual que faz em um navio, Roberto Carlos disse à imprensa que não liberaria outros artistas para gravar a música neste momento. “Não tenho restrição quanto à música ser cantada em shows, mas para alguém gravar, precisa pedir autorização, e eu não recebi nenhum pedido para ‘Esse Cara Sou Eu’. E não a liberaria agora, porque essa música na minha interpretação ainda não completou seu ciclo, não é o momento de ela ser regravada. Depois que passar um tempo, eu libero”, promete.

O disco com a música já vendeu dois milhões de cópias. Vale lembrar que “Esse Cara Sou Eu” embala os protagonistas Morena e Theo, da novela “Salve Jorge”.

Aviões do Forró declara que não gravou a música

De acordo com o Jornal O Dia, a assessoria da banda cearense ficou surpresa com o veto de Roberto Carlos e disse não ter gravado uma versão da música.

A banda comandada por Solange Almeida e Xand Avião argumenta que a gravação pode ter acontecido devido aos pedidos dos fãs durante shows. ” O que ocorre é que o grupo atende pedidos da plateia nos shows, em diversos festivais de música pelo País, e a maioria é transmitido via rádio ou televisão. Deve ter sido daí que veio essa gravação que colocaram no ‘BBB’”, justificou a assessoria da banda.

Fonte: Diário do Nordeste
MAIS NOTÍCIAS: http://radioculturacrato.blogspot.com.br/