Juazeiro do Norte-CE: Nove homicídios em um total de 15 mortes violentas no fim de semana caririense

download
Demontier Tenório/// (Foto: Agência Miséria)
Júnior foi morto em Barbalha ao lado de um amigo cujo corpo só foi encontrado esta amanhã (Foto: Agência Miséria)
O primeiro fim de semana das férias foi sujo de sangue se constituindo num dos mais violentos dos últimos meses na região do Cariri. Foram 15 mortes violentas, sendo nove homicídios, quatro em acidentes de trânsito, uma queda e uma morte por queimaduras. Com oito corpos, com seis vítimas de homicídios, Juazeiro liderou o ranking negativo de necropsias no IML, seguido por três de Barbalha, dois de Crato e os outros de Mauriti e Brejo Santo.

O primeiro corpo a chegar foi do jovem Jeferson da Silva Melo, de 18 anos, que residia na Rua Manoel da Confiança, 60 (Frei Damião) em Juazeiro e morreu na noite de sexta-feira no Hospital Regional do Cariri. No meio da tarde, ele foi alvejado a tiros quando trafegava em uma moto Honda Bros de cor preta com seu irmão, Paulo Ricardo da Silva Melo. Eles notaram uma perseguição por outra dupla de moto e aceleraram, mas bateram numa árvore no cruzamento da Avenida Humberto Bezerra e Rua Rui Barbosa (Bairro Leandro Bezerra). Os acusados atiraram nos irmãos e Jeferson foi socorrido por populares em estado grave para o HRC onde morreu, enquanto Paulo aguardou a ambulância do SAMU, sendo levado ao mesmo hospital.

No início da madrugada de sábado foi encontrado o corpo do jovem Cícero Wesley Teles, de 22 anos, que era apelidado por “Magão” e residia na Rua Moacir Gondim Lóssio, 817 (Triângulo), lesionado com um tiro nas costas. Ele figura em processo como testemunha de um homicídio e o achado do cadáver se deu na Rua Leonardo Silva Fontes, perto da Fábrica Use Bem na localidade denominada Vila Real no bairro São José em Juazeiro.

Por volta de uma hora da madrugada morreu no Hospital Santo Antonio João Maximiano, de 49 anos, que residia na Rua Antonio Cândido (Bairro Alto do Rosário) em Barbalha. Ele sofreu uma queda e foi vítima de traumatismo craniano. Também no sábado morreu o aposentado Francisco Lotério dos Santos, de 72 anos, em sua residência na Rua Santa Isabel (Bairro Bela Vista) em Crato. Ele foi vítima de acidente de trânsito e não resistiu à gravidade dos ferimentos com provável traumatismo.

No início da manhã de sábado o mecânico Johantan da Silva, de 29 anos, conhecido por Joni, que residia na Rua João Luciano Madeira, 9 (Tiradentes) em Juazeiro, morreu em conseqüência de um acidente de trânsito. Ele pilotava sua motoneta quando perdeu o controle e chocou-se violentamente contra uma parede morrendo no local onde ficaram vestígios de massa encefálica no solo.

Por volta das 9 horas morreu no Hospital Regional do Cariri Antonio Inocêncio de Souza, de 51 anos, que residia na Rua Manoel Macedo, 89 (Bairro Seminário) em Crato. Ele era fumante e teria acendido um cigarro ao se deitar. A vítima dormiu e o cigarro se soltou dos dedos queimando o colchão e atingindo Antonio que foi socorrido ao hospital, onde morreu.

Às 17h30min Cícero Rufino Nogueira, de 66 anos, que residia em um assentamento no Sítio Serra Velha, perto do Distrito de Umburanas em Mauriti, foi morto com um tiro de espingarda e golpes de faca. O acusado é um homem identificado apenas pelo apelido de Carlinhos, de 30 anos, que está foragido. Ele chegou como andarilho no lugar recebendo apoio logístico dos moradores e até passou a viver com uma filha da vítima de quem já tinha se separado por esta considerá-lo muito boêmio. Seu Cícero tinha vendido um cavalo ao mesmo e ele não pagou e nem devolveu um carregador de celular que havia tomado emprestado. Ao ser cobrado, Carlinhos disse que ia em casa apanhar e voltou armado quando assassinou o aposentado.
Moto abalroada por um Fiat na BR-116 em Brejo Santo causando a morte de Cícera Oliveira

Por volta das 19h30min Cícera Oliveira Bastos, de 33 anos, que residia no bairro Alto da Bela Vista em Brejo Santo, morreu em conseqüência de um acidente de trânsito. Ela viajava na garupa de uma moto Yamaha YBR de cor vermelha pilotada por seu companheiro Pedro Expedito Alves, de 35 anos. Na BR-116, à altura do Sítio Lagoa do Mato naquele município, o veículo foi abalroado por um Fiat Strada de cor prata e placas OCD-9020 dirigido por José Givanildo Sampaio, residente na Rua Maria Gonçalves Dantas no centro de Porteiras. Ele foi socorrido para o Hospital Geral de Brejo Santo a exemplo do piloto da moto que sofreu uma fratura no fêmur.

Por volta das 22 horas ainda de sábado José Petrônio Barbosa da Silva, de 18 anos, foi morto no cruzamento das ruas José Andrade de Lavor e Pio Norões (João Cabral) em Juazeiro por dois homens que fugiram em uma moto de cor preta após atirar no rosto da vítima. O jovem era suspeito de envolvimento em assaltos e já tinha sido vítima de um atentado à faca em setembro de 2012.
Djones trabalhava na Indústria PVC e foi morto na Rua Elba Leite no bairro Frei Damião

Meia hora depois, o industriário Francisco Djones Arrais Correia, de 19 anos, que residia na Travessa João Luiz Costa, 02 (Frei Damião), foi morto com vários tiros no rosto efetuados por dois homens que fugiram em uma moto de cor preta. O crime aconteceu na Rua Elba Leite Pereira perto do cruzamento com a Rua Manoel Tavares Lopes naquele bairro. A dupla se aproximou da vítima e passou a atirar sem qualquer discussão. Segundo um cunhado de Djones, ele trabalhava na Indústria PVC Calçados no próprio bairro e desconhecia ameaças de mortes contra o mesmo.

Já por volta das 23h30min ainda de sábado Francisco William da Silva Dias, de 19 anos, o “William de Cris” que residia no bairro Juvêncio Santana, foi morto a tiros e a adolescente de iniciais D. T. B. S., de 16 anos, residente no bairro São Miguel, saiu baleada. Os crimes ocorreram na Rua do Seminário (São Miguel) em Juazeiro e a menor foi socorrida para o Hospital Regional do Cariri. Segundo ela, foram quatro homens que passaram em duas motos atirando. Segundo a polícia, William respondia por assaltos e uma tentativa de homicídio e era colega de José Aílton da Silva Júnior, o “Junior Tetéu”, morto a tiros no dia 25 de março na Rua Rui Barbosa no bairro Timbaúbas.
Willian foi assassinado no São Miguel na noite de sábado e uma adolescente saiu baleada

Por volta 04h30min deste domingo foi morto com um tiro na boca o jovem João Paulo Nascimento Alves, de 25 anos, que residia na Rua Letícia Vasconcelos (Bairro Triângulo) em Juazeiro do Norte. O corpo foi encontrado na Rua José Marrocos (Salesianos) dentro de seu veículo Celta de placas HYX-1440, inscrição do Ceará, e o caso está envolto em mistério.

Por volta das 20 horas deste domingo o jovem Jones Pereira dos Santos, de 26 anos, que residia na Avenida do Agricultor, 182 em frente à Escola Professora Maria de Lourdes na Vila Três Marias, morreu em conseqüência de acidente de trânsito. Ele pilotava sua motocicleta quando bateu violentamente na traseira de uma carroça já perto de sua casa falecendo no local.
Vítima de acidente de trânsito na noite deste domingo na Vila Três Marias

Por volta das 21 horas um duplo homicídio à bala foi registrado na zona rural de Barbalha. O primeiro corpo encontrado foi do adolescente Cícero Rômulo Gomes Feitosa Júnior, de 14 anos, que residia na Avenida Leão Sampaio 2421 (Bulandeira) e estava no chamado Corredor da AABB no Sítio Venha Ver. O outro Paulo Alex de Souza Lima, de 24 anos, morava na Rua Projetada O, 305 igualmente na Bulandeira em Barbalha. Este era vendedor de frutas e foi levado pelos assassinos, sendo o corpo encontrado na manhã desta segunda-feira peto da AABB. No dia 12 de dezembro de 2010, Paulo foi preso após invadiruma chácara na Rua Mário Malzone (Lagoa Seca) em Juazeiro quando foi perseguido pela polícia e se refugiou em uma casa na Rua Padre Nestor Sampaio naquele bairro. Na época, residia no bairro João Cabral em Juazeiro e respondia por invasão a domicílio.
MAIS NOTÍCIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

3 responses to “Juazeiro do Norte-CE: Nove homicídios em um total de 15 mortes violentas no fim de semana caririense

  1. noticia errada, junior nao era amigo desse cara ai, ele conheceu esse rapaz 15 minutos antes do acontecido, era um menino muito bom nao andava em festa , nunca bebeu e muito menos tinha amizade desse tipo quem conhecia ele sabe q oque estou falando e verdade, ninguem entende oque aconteceu so sabemos q quem fez isso nao sabia q esse lindo menino era inocente, vc q fez isso vai ter q sentar com deus um dia e acertar contas e nao vai ter como fugir, deus tenha misericordia de vc e de sua familia, pois vc do coraçao mal nao teve pena dele quando ele gritava pedindo para nao morrer mesmo assim tirou a vida dele.

  2. Cícero Rômulo Gomes Feitosa Júnior era meu primo, Lamento a situação e choro com minha família. gostaria de obter mais fotos periciais dele.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s