Juazeiro do Norte-CE: Motorista de ônibus que conduzia romeiros foi uma das oito mortes violentas do fim de semana no Cariri

download
Demontier Tenório

(Foto: Arquivo/Agência Miséria)
Caiu de dez para oito o número de mortes violentas na comparação dos dois últimos finais de semana no Cariri. Neste, foram quatro mortes em acidentes, duas em virtude de quedas, um suicídio e um homicídio. Dois corpos vieram de Salitre para o IML e as outras mortes foram em Lavras da Mangabeira, Assaré, Abaiara, Missão Velha, Crato e Juazeiro. A última delas aconteceu por volta das 15h30min deste domingo na Avenida Coronel José Dantas perto da rodoviária no centro de Missão Velha.

O motorista Francisco Gilberto Nascimento, de 59 anos, que residia na Rua Viçosa Maia em Fortaleza, morreu enquanto trocava o pneu do ônibus. Ele seguia para a capital conduzindo romeiros que vieram participar da missa pelos 80 anos da morte de Padre Cícero em Juazeiro. Gilberto colocou um cepo de madeira sob o macaco para erguer o coletivo e estava embaixo do mesmo quando o cepo quebrou fazendo com que o ônibus desabasse sobre seu tórax. Gilberto ainda foi socorrido ao Hospital Geral de Missão Velha, mas já chegou sem vida.

Antes, por volta das 19 horas de sexta-feira, morreu num dos hospitais do Cariri, Luiz José do Nascimento, de 35 anos, que foi vítima de uma queda no município de Salitre, onde residia na Rua dos Quincas. Outra vítima de queda foi José Ribamar Matias, de 45 anos, o qual faleceu às 18 horas de sábado morreu no Hospital Regional do Cariri em Juazeiro. Ele morava na Rua São Paulo, 225 no bairro Santa Tereza em Juazeiro, onde sofreu a queda e foi socorrido ao HRC.

Por volta das 04h30min deste sábado na CE-060 à altura do Sitio Lages numa distância de 20 km para o centro de Lavras da Mangabeira, o agricultor Vicente Ferreira Tavares, de 41 anos, foi atropelado e teve o corpo mutilado. Ele residia na Rua Cândido Salvador Dias no Distrito de Mangabeira e o motorista do veiculo fugiu sem ser identificado. O reconhecimento do corpo foi feito pelo pai, Cícero Vicente Tavares, o qual esteve na rodovia e afirmou que o filho tinha problemas mentais quando costumava sair à noite em caminhadas perambulando por ruas e estradas.

Por volta das 8 horas familiares encontraram o corpo de Antonio Auricélio de Alencar Gonçalves, de 32 anos, em uma forca a partir de uma árvore perto de sua casa no Sítio Serra de Santana em Assaré. Ele chegou da vaquejada no final da madrugada e o pai viu o mesmo apanhando a corda e uma cadeira quando tomou e impediu o suicídio no primeiro momento. Inicialmente, a vítima aceitou as ponderações e disse que ia dar água aos animais, mas terminou se matando.

Por volta das 17h30min ainda de sábado, na rodovia estadual que liga Abaiara à localidade denominada Café da Linha, foi registrada colisão entre uma moto Honda Fan 125 de cor cinza e um Fiat Línea de cor preta. O acidente aconteceu no Distrito de São José a uma distância de 3 km para o centro de Abaiara quando morreu a jovem Maria Andréia Oliveira, de 22 anos, que pilotava a moto. Ela residia no Sítio Areias naquele município e ainda foi socorrida ao Hospital Santo Antonio de Barbalha, mas já chegou sem vida. O motorista Fernando Matos Santiago, de 33 anos, reside em Juazeiro e igualmente foi socorrido ao hospital.

Por volta das 5 horas da madrugada deste domingo o estudante Eduardo Vieira David Dutra, de 19 anos, que residia na Rua do Contorno Norte (Seminário) em Crato, foi morto a tiros. Momentos antes, tinha se envolvido em uma briga no Parque da ExpoCrato acompanhado do também estudante Luesley Alencar Santos, residente na Avenida Joaquim Pinheiro Bezerra de Menezes, 573 em Crato. Os dois já seguiam para casa em uma moto quando foram atocaiados no bairro Seminário por uma dupla em um veículo Hylux de cor prata que passou atirando. Eduardo foi atingido com três tiros, sendo dois na perna com fratura do fêmur e um nas costas saindo na virilha, enquanto Luesley saiu lesionado com um tiro nas nádegas.

Por volta das 6 horas de domingo foi encontrado o corpo de Soelia Maria de Sousa Silva, de 31 anos, que residia no Sítio Caixa Dàgua em Salitre. Segundo familiares, ela costumava ingerir bebidas alcoólicas e saiu na noite de sábado para uma festa dançante no Sítio Pereiro e não retornou. Testemunhas disseram que a mesma tinha pegado carona com um desconhecido em uma motocicleta e pode ter caído do veículo quando o piloto seguiu adiante. Ela apresentava escoriações pelo corpo, uma fratura no crânio e nos dois braços.
MAIS NOTÍCIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s