Crato-CE: Polícia apreende quase meia tonelada de maconha em fundo falso de caminhão

download
Demontier Tenório/// (Foto: Agência Miséria)

Fabrício e Carlos Roberto transportavam a maconha (Foto: Agência Miséria)
Uma investigação que começou em Barbalha terminou com êxito às 20 horas de ontem no Posto de Combustível Palmeiral em Crato. A polícia descobriu 470 kg de maconha no fundo falso feito no baú de um caminhão Ford F-4000 de cor prata e placas MMX-0532 que vinha do Estado do Pernambuco. Foram presos Fabrício Alves da Costa, de 25, residente no Sitio Tubarão em São José do Bonfim (PB), e Carlos Roberto Moraes Bitela, de 49 anos, que mora na Quadra 18, número 5 (Bairro Vale do Gavião) em Teresina (PI)

Militares do Serviço de Inteligência do 2º BPM tendo à frente o Capitão L. Rodrigues com o apoio dos Sargentos Dimas, Lobo e Da Silva, os Cabos Marciano, Ferreira e Cavalcante e os Soldados Alves, Dias, Marcelo, L. Silva e Silclésio seguiram o caminhão até interceptá-lo quando encontrou a droga que foi apanhada em Ponta Porã (MS). Eles passaram por Moreilandia (PE), Povoado do Caldas, Distrito de Arajara, Vila Lobo em Crato e viriam para Juazeiro, onde a droga seria distribuída.

No baú, apenas algumas redes e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) já havia estranhado àquele veículo tendo à sua frente um veículo Fiat Pálio de cor vermelha e placas OFF-0417, inscrição de Barbalha, como espécie de batedor. Na abordagem no Cariri, não foram encontrados os documentos dos veículos que terminaram trazidos com os acusados e as substâncias entorpecentes à presença da Delegada da Polícia Federal em Juazeiro, Josefa Maria Lourenço da Silva.

Militares do Corpo de Bombeiros cortaram o fundo falso do baú (Foto: Agência Miséria)

Fabrício dirigia o Fiat e, em poder dele, os PMs encontraram cerca de R$ 7,5 mil. Já Carlos Roberto se apresentou com documentos falsos em nome de Bernardino Santos Protásio da Silva. Foram apreendidos ainda um cheque do Banco do Brasil no valor de R$ 512,45, em nome de JK Empreendimentos Imobiliários SPE Ltda, cartões do Bradesco e BNB, um papel da Caixa Econômica Federal com os dados de uma conta poupança e quatro celulares. Por volta das 3 horas da madrugada deste sábado, a dupla foi recolhida para a Cadeia Pública de Crato.

No dia 13 de maio de 2012 Fabrício já tinha sido preso no Cariri, mais precisamente em Milagres quando trocou tiros com a Polícia em uma estrada carroçável perto do posto da Polícia Rodoviária Estadual. Armado com revólver ele roubou uma Hilux de cor preta dirigida por Francisco Wilson, de 40 anos, residente em Brejo Santo. Na abordagem, ele e dois comparsas, que conseguiram fugir por dentro do matagal, atiraram na patrulha que revidou atingindo-o em um dos dedos da mão. Dentro do carro os policiais encontraram 40 cartuchos calibre 380 intactos e souberam que Fabrício é foragido da justiça paraibana.
MAIS NOTÍCIAS http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s