Mulheres (mãe e filha) foram sequestradas, amarradas e mortas entre Coreaú e Sobral (CE)

download (1)
Duas mulheres foram encontradas mortas, no início da manhã desta quarta-feira (15), às margens de uma rodovia próximo a cidade de Alcântaras, na região da Meruoca, distante 261 km de Fortaleza. A Polícia Militar (PM) suspeita que as vítimas, identificadas apenas como “Zilu” e Patrícia, tenham ligação com outras quatro pessoas assassinadas, na última terça-feira (14), na comunidade de Pau D’Arco, Distrito de Aprazível, em Sobral.
Segundo informações do cabo Vasconcelos, da 1ª Cia do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Sobral, as mulheres foram encontradas com as mãos amarradas para trás e com um tiro na cabeça cada uma. As características da execução coincidem com a dos corpos localizados em Pau D’Arco.

De acordo com a PM, a mulher identificada como Zilu era mãe de Patrícia e dona da casa onde os quatro mortos foram encontrados. Elas estavam desaparecidas desde a última segunda-feira (13).
Moradores próximos do local onde as mulheres foram mortas informaram à PM que não ouviram nenhum disparo. A Polícia acredita que os executores utilizaram uma pistola com silenciador para cometer o crime.
Equipes da Polícia Militar dos municípios de Sobral e Coreaú estão em diligências na localidade da execução em busca de identificar possíveis suspeitos, mas, até esta manhã, ninguém havia sido preso. A PM não informou o que teria motivado a chacina
MAIS FOTOS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/2015/04/mulheres-mae-e-filha-foram-sequestradas.html

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s