Raimundão tem liminar negada no TJCE e vai procurar vice-presidente para tentar voltar ao cargo

images
Raimundão vai recorrer à Brasilia

A Justiça aplicou mais um duro golpe nas pretensões do prefeito afastado Raimundo Macedo (PMDB). Em decisão monocrática, o desembargador Carlos Alberto Mendes Fortes, do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), negou o pedido de liminar, impetrado pela defesa do Raimundão. Com a decisão, prevalece a decisão do juiz da 2ª Vara Cível de Juazeiro do Norte, Gúcio Carvalho, que afastou Raimundo Macedo por improbidade administrativa pelo prazo de 180 dias. O mérito da liminar ainda não tem data a ser votada pelo colegiado do TJCE.
Insatisfeito com a decisão do desembargador Carlos Alberto Mendes Forte, o prefeito afastado Raimundo Macedo, já determinou que seus advogados entre com agravo de regimento (descordando da decisão do desembargador) e recorra ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília.
O recurso dará entrada no STJ na próxima segunda-feira (29). podendo ser julgado ao longo da próxima semana.
BRASÍLIA
Enquanto aguarda seus advogados dar entrada em Brasília no recurso, Raimundão já procurou os amigos em Brasília na tentativa de articular seu retorno à Prefeitura de Juazeiro do Norte. Esse blog apurou, que Raimundão deve se encontrar na próxima semana com o presidente nacional do PMDB e vice-presidente da República Michel Tamer. O prefeito afastado tenta a todo custo usar a influência de amigos para retornar ao cargo.////flaviopintonews.
MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s