Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar soldado do Raio

download22
O suspeito de matar o soldado Augusto Herbert Rabelo Félix, do Batalhão de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), teve a prisão preventiva decretada na tarde da última segunda-feira, 22. Gabriel Alves de Lima, conhecido como “Biel”, que também é suspeito de matar um idoso, deverá responder pelo crime de latrocínio.
A decisão é do juiz Michel Pinheiro, auxiliar da Vara Única de Audiência de Custódia de Fortaleza. “Biel” foi preso em flagrante no último dia 13 de fevereiro, em São Gonçalo do Amarante.
O soldado Félix estava em uma moto quando foi abordado por uma dupla, também em uma moto. O policial reagiu e acabou sendo baleado por Gabriel Alves de Lima. No tiroteio, o comparsa de “Biel”, Bruno de Barros, foi morto.
Segundo os autos do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o suspeito depois invadiu um mercadinho, atirou contra o idoso José Vilemar, e fugiu do local levando R$ 100.
“Biel” foi julgado durante Mutirão da Audiência de Custódia, que segue até o dia 4 de março, no Fórum Clóvis Beviláqua.
Ao todo, cinco policiais já foram mortos no Ceará, somente em 2015. O último caso foi registrado na última sexta-feira, 19, quando o comadante do destacamento de Jaguaretama foi executado.
Redação O POVO Online

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

One response to “Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar soldado do Raio

  1. que horror essas tatuagens como alguém pode fazer isso com o próprio corpo ja se percebe que nao e boa coisa .

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s