TERROR NO CEARÁ: QUARTA ANTENA DE TELEFONIA É ATACADA!

1
Crime ocorreu nesta sexta-feira no Bairro Mondubim. Polícia conseguiu apreender um jovem e prender um suspeito.

Mais uma antena de telefonia foi atacada na Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com o comandante do Comando de Policiamento da Capital (CPC), coronel Francisco Souto, o caso aconteceu na noite desta sexta-feira (15), no Bairro Mondubim, na capital. Outras três já tinham sido alvo de ataques de bandidos.

Segundo Souto, um adolescente e um homem colocaram fogo em uma caixa que fornece suporte para a antena de telefonia. Uma equipe de Polícia Militar passava pelo local e conseguiu apagar as chamas e prender a dupla.

Ainda de acordo com Souto, com eles foram apreendidos, um galão de gasolina, tinta preta e um isqueiro. “Eles conseguiram colocar fogo nesta caixa. Porém, uma equipe passava pelo local e conseguiu evitar o incêndio de grandes proporções. Com eles encontramos alguns materiais tais como galão de gasolina, tinta preta e um isqueiro”, disse.

O homem foi preso e encaminhado para o 12º Distrito Policial, localizado no Bairro Conjunto Ceará. Já o adolescente foi apreendido e levado para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Terceiro ataque
O terceiro ataque foi registrado na madrugada desta sexta-feira. Uma antena da Oi localizada no Bairro Parque Jerusalém, em Fortaleza, foi atingida por fogo. Foi a terceira antena de telefonia atacada em apenas dois dias. As outras foram na quarta-feira (13) em Caucaia e na Granja Portugal.

Segundo a polícia, vândalos atearam fogo nos equipamentos que ficam instalados na antena. A polícia reforçou que, devido ao ataque, a antena ameaça cair sobre algumas casas. Uma perícia deve ser feita na manhã desta sexta-feira no local.

Ataque a base da PM
Um outro ataque foi registrado também na madrugada. Bandidos atacaram a base da Polícia de Combate ao Crack. A polícia informou que, por volta de 3h20 da manhã, dois homens em uma moto dispararam cinco tiros contra a cabine e fugiram em direção ao Parque São Miguel, em Caucaia. A polícia vai investigar esses casos.

Antenas atacadas
Os primeiros ataques ocorreram na noite de quarta-feira (13), no Bairro Granja Portugal, em Fortaleza. Segundo a polícia, o Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu apagar as chamas após 45 minutos. Ninguém ficou ferido. Também na quarta-feira (13), o esquadrão antibombas fez uma visoria ao Prédio da Contax durante a tarde por causa de mensagens com ameaças de ataques com explosivos. Apesar das três ocorrências terem acontecido no mesmo dia, a polícia não confirmou relação entre elas.

Antena de Caucaia
A antena da Oi em Caucaia, na Grande Fortaleza, foi destruída na quarta-feira. Segundo a polícia, o local onde fica instalada a antena, localidade de Boqueirão do Arara, foi arrombado e vandalizado. Do lado de fora do prédio, há uma pichação dizendo que “essa ação é uma represália à instalação de bloqueadores de celulares no presídio. Estamos começando”.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) afirma que não conhece a autoria dos ataques e não confirma se há relação com as bombas deixadas em frente à Assembleia Legislativa do Ceará. A Oi afirmou que não vai se pronunciar sobre a destruição da antena em Caucaia.

Em nota, a SSPDS informou que investigações sobre os incêndios em antenas de telefonias, na quarta-feira, na Caucaia e na Granja Portugal, em Fortaleza, estão em andamento. Sobre a informação repassada à Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) de que um suposto artefato explosivo teria sido colocado no prédio que sedia a empresa Oi, como de praxe, a Polícia Civil foi averiguar, entretanto não foi encontrado nada.

A SSPDS esclarece, ainda em nota, que está desenvolvendo ações para combater a criminalidade no estado. “Os agentes de segurança do Ceará atuam visando proteger a vida de todos os cearenses e, para isso, é importante que o cidadão esteja atento e não compartilhe ou divulgue relatos incertos. O compartilhamento de boatos, além de espalhar pânico infundado, atrapalha a ação da Polícia”, disse o órgão.

Caso tenha informações que auxiliem no trabalho das forças de segurança, o contato do disque denúncia é 181 da SSPDS ou para o 190 da Ciops.

Ameaça de bomba
Policiais do esquadrão antibombas não encontraram explosivos durante a inspeção no prédio da empresa Contax, na Avenida Borges de Melo. Segundo a SSPDS, o acesso ao prédio foi bloqueado até a conclusão vistoria. Os policiais realizaram a segunda vistoria com uso de cães farejadores.

Em nota, a Contax afirma que a ameaça indicava que havia bombas no terceiro andar do edifício. A empresa diz também que possibilitou o acesso de policiais e colaborou com o trabalho de investigação. Leia a íntegra da nota abaixo.

Explosivos na Assembleia
Há duas semanas, um carro com 13 quilos de material explosivo foi deixado em frente ao prédio da Assembleia Legislativa do Ceará.

O governador do Ceará, Camilo Santana, afirmou que o material poderia ter sido uma tentativa de intimidação ao trabalho da SSPDS. “Isso é muito grave, mas sempre dando recado claro que, se isso é uma tentativa de intimidar o Governo ou a Secretaria da Segurança Pública nessa área, eles estão enganados. Nós não vamos abrir um milímetro sequer de combater ao crime no estado do Ceará”, disse.

Com informações do G1 CE

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s