Suspeito de matar PM é morto em confronto com a Polícia

images
Um adolescente de 17 anos foi morto na madrugada desta quarta-feira (21), em confronto com a Polícia Militar, em Orós, a 410 quilômetros de Fortaleza. De acordo com informações, o menor está entre o grupo suspeito do assassinato do PM Djackson Araújo de Viveiros, ocorrido na última sexta-feira (16). Um segundo envolvido também foi ferido durante tiroteio.

Segundo relatos, o fato aconteceu durante buscas aos assassinos do militar, que aconteciam no distrito de Guassussê, em Orós, onde o adolescente foi encontrado. Ao perceber a chegada da Polícia, o jovem disparou contra a composição, que revidou e acabou atingindo o suspeito. O menor chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Além da vítima fatal, o segundo suspeito, identificado como Eduardo Nascimento da Silva, de 20 anos, também conhecido como “Galego”, foi localizado a nove quilômetros de distância do local onde o menor foi morto, no distrito de Palestina. Ele também reagiu à ação dos militares e acabou baleado.

“Galego” foi socorrido e encaminhado, em estado grave, ao Hospital Municipal de Icó, e em seguida transferido para a unidade regional, em Juazeiro do Norte, onde passaria por uma cirurgia para a retirada da bala.

Na ação, os policiais apreenderam duas pistolas, sendo uma calibre Ponto 45, que é de uso restrito da Polícia, e a outra de calibre 380.

Além dos dois suspeitos atingidos pela ação policial, um terceiro suspeito de participar da morte do PM, identificado como Carlos David Freitas da Costa, de 23 anos, foi preso no último domingo (18), no município de Cedro, com uma pistola calibre 380.

Segundo a Polícia, Carlos David foi preso após assaltar uma residência. A pistola apreendida no domingo passará por perícia, para saber se foi a arma utilizada para matar o PM.

Mais detalhes

O policial militar Djackson Araújo de Viveiros, de 32 anos, foi morto após reagir a uma tentativa de assalto realizada em uma van, no bairro Lagoa Seca, em Juazeiro do Norte.

De acordo com informações, o soldado havia acabado de deixar o serviço, no Crato, e estava fardado, o que facilitou sua identificação pelos criminosos. Djackson foi atingido com três tiros na cabeça.

Fonte: Cnews

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s