Daily Archives: 27 de Julho de 2019

Quixeramobim registra tremor de terra de magnitude 3.2


A cidade de Quixeramobim, no Sertão Central, voltou a registrar abalo sísmico nesta quinta-feira (25), segundo dados do Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN). Desta vez, o tremor foi de magnitude 3.2.

Segundo o Laboratório, o abalo em Quixeramobim foi registrado às 21h44 e sentido nas localidades de Fogareiro, São Joaquim, Agrovila de Passagem, Carnaubinha, Veneza do distrito de Manituba, Poço Cercado do distrito de Damião Carneiro e povoado de Pau Ferro.

Além de Quixeramobim, há relatos de tremores em algumas localidades de Madalena e Boa Viagem. Em nota, o órgão comunicou que o município está em alerta e fazendo monitoramento da situação.

Conforme o LabSis, durante a madrugada da última quarta-feira (24), foram registrados 102 tremores de baixa intensidade na região do Sertão Central.

Com informações Cnews

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com/

Com privatização da BR, mercado espera preços mais competitivos


Um fato relevante publicado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na noite da última terça-feira (23) anunciava o início de uma nova etapa na trajetória da BR Distribuidora, subsidiária de distribuição e venda de combustíveis e lubrificantes da Petrobras SA. A venda de 30% de pouco mais de dois terços das ações representa a privati-zação da empresa, que agora tem 58,7% de suas ações pulverizadas no mercado.

Mas quais efeitos o consumidor final deve sentir a partir da operação? Na avaliação do consultor na área de Petróleo e Gás Bruno Iughetti, a mudança na composição acionária deve resultar em uma otimização no setor, e isso também significa preços mais competitivos.

“A Petrobras vai ter que ser uma empresa mais competitiva e isso vai refletir nos preços finais de produtos comercializados. Hoje, há uma concentração concorrencial nas mãos da companhia e, evidentemente a venda deixará o mercado mais equilibrado e mais voltado à busca de eficiência. A BR vai ficar mais competitiva e tudo isso vai refletir nos preços finais dos produtos comercializados”, explica Iughetti.

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com/

Salário médio no interior do Ceará é quase metade do pago na Região Metropolitana de Fortaleza


“A Região Metropolitana de Fortaleza concentra a maioria significativa dos empregos, bem como as empresas maiores. O que nós observamos é que, no interior, predomina muito a agricultura familiar, pequenos negócios, empregos que pagam apenas um salário mínimo, que faz com que a média de rendimentos caiam. O mercado de trabalho no interior também está muito relacionado à informalidade. É muito comum encontrar empresas com porte até relativo, mas ainda com funcionários sem carteira assinada, porque não são fiscalizadas. A falta de fiscalização faz com que o Ceará tenha um mercado de trabalho com taxas altas de empregos com péssimas condições. E se pegarmos essa comparação entre homens e mulheres, o cenário complica ainda mais. Esse tipo de vínculo sem cobertura de nada é o carro-chefe do mercado no Ceará”, avalia Reginaldo Aguiar, supervisor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Diário do Nordeste

Mais Noticias: http://crato-noticias.blogspot.com/