Daily Archives: 13 de Agosto de 2019

Morre aos 69 anos o ator João Carlos Barroso


O ator João Carlos Barroso morreu nesta segunda-feira, 12, aos 69 anos. João Carlos sofria de câncer há algum tempo.
João iniciou sua carreira ainda na infância após ser descoberto por produtores quando jogava futebol na rua. Estreou no cinema em 1961 em “Pedro e Paulo”, ao lado de Jardel Filho, Francisco Cuoco, Jece Valadão e outros. No ano seguinte estreou no teatro e em 1963 na dublagem do filme A Espada Era a Lei.
Entre seus personagens mais populares na TV estão o Tavico de Estúpido Cupido (1976) e o Toninho Jiló da novela Roque Santeiro (1985).
Além de várias novelas e seriados na Globo, ele também integrou o elenco do humorístico Zorra Total e dos Trapalhões. Seu trabalho mais recente na teledramaturgia foi 2016 na novela Sol Nascente, na qual interpretou o delegado Mesquita.

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com/

Ibope: pesquisa revela que 87% das pessoas acham a conta de luz cara no país


Um levantamento feito pela Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel) em parceria com o Ibope, mostrou que 79% dos entrevistados gostaria de ter um mercado livre para escolher a sua fornecedora de energia. O percentual é 10% maior do que o obtido na avaliação de 2018. Segundo a Pesquisa de Opinião Pública 2019 sobre o que pensa e quer o brasileiro do setor elétrico, lançada hoje (12) na capital paulista, 68% dos entrevistados trocariam hoje a sua fornecedora de energia.

Os dados revelam que 87% das pessoas consideram sua conta de energia cara, número que subiu 4% em relação ao ano passado. Aqueles que consideram excessivos os impostos cobrados em sua conta de luz são 65% e 64% disseram fazer esforço para economizar energia para não atrapalhar o orçamento familiar. Para 57% da população o custo da energia cairia caso houvesse abertura do mercado.

De acordo com a Abraceel, o objetivo da pesquisa foi o de saber a opinião dos cidadãos sobre a possibilidade de escolher seu fornecedor e até mesmo de produzir sua própria energia. Foram ouvidas 2.002 pessoas, entre os dias 23 e 27 de maio, de 16 a 55 anos, em todas as regiões do Brasil.

“Os resultados apontam um crescimento constante no interesse do brasileiro em ter liberdade de escolha. O Brasil não pode caminhar na contramão do mundo. Países desenvolvidos abriram seus mercados de energia e desfrutam de uma economia e de um crescimento de produção que o nosso mercado também merece”, disse o presidente da Abraceel, Reginaldo Medeiros.

Segundo Reinaldo Medeiros, o mercado livre no Brasil já existe, embora restrito a grandes consumidores, que alcançaram uma economia em torno de R$ 185 bilhões nos últimos 16 anos.

Com informações Agência Brasil

Presidente afirma que radares móveis serão removidos das rodovias federais na próxima semana


As rodovias federais estarão na próxima semana livre de radares móveis. Essa, pelo menos, é a expectativa que surge com a declaração nessa segunda-feira (12), do presidente Jair Bolsonaro, ao anunciar que chegou o fim da “rouballheira” nas vias federais com a cobrança de multas. Entretanto, o presidente Jair Bolsonaro não explicou como a extinção dos radares móveis será feito.

A polêmica com a instalação e manutenção de radares no país começou em abril, quando o Ministério da Infraestrutura suspendeu a instalação de aparelhos que monitorariam 8 mil faixas em rodovias federais não concedidas à iniciativa privada.

Dez dias depois, a 5ª Vara Federal em Brasília, determinou que a União não poderia retirar radares eletrônicos e que deveria renovar contratos com concessionárias para fornecer aparelhos com contratos prestes a vencer. No último dia 30, o governo firmou um acordo com o Ministério Público Federal, se comprometendo a instalar 1.140 radares para monitoramento de trânsito nas rodovias. Deste total, 50 equipamentos, entre radares e lombadas eletrônicas, serão instalados nas rodovias que cortam o Ceará.

Além disso, Bolsonaro se mostrou otimista quanto à aprovação do projeto de lei apresentado na Câmara que sugere, entre outras medidas, o aumento de 20 para 40 no limite de pontos para cassação da Carteira Nacional de Habilitação, e a ampliação de 5 para 10 anos do prazo de validade do documento. O presidente lembrou ainda que o governo acabou com a obrigatoriedade do uso de simuladores para reduzir o valor da emissão da carteira.

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com/

Lula pede a advogados para não solicitarem regime semiaberto


O ex-presidente Lula só aceita sair da prisão na condição de absolvido dos crimes a ele imputados pela Justiça ou depois de anulada a sentença que o condenou pelo caso do tríplex do Guarujá.

Segundo informações, Lula teria pedido à sua defesa que não solicite progressão do regime fechado para o semiaberto ou aberto, ao qual já tem direito, segundo a Procuradoria-Geral da República, mas que ainda aguarda avaliação do Superior Tribunal de Justiça.
por Blog do Elber Feitosa

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com/