Category Archives: Sem categoria

Rede TV! negocia com Rafinha Bastos para ocupar horário do `Pânico na TV!´


Foto: Reprodução/Youtube
Preocupada com o buraco que a saída do “Pânico na TV!” vai deixar na programação da emissora nos domingos, a Rede TV! já procura alternativas para ocupar o lugar do humorístico. A primeira estratégia da diretoria foi tentar manter Sabrina Sato, Wellington Muniz, o Ceará, e Rodrigo Scarpa, o Vesgo, que mantinham contratos individuais com a emissora.

Sabrina foi a mais assediada, e a ela foi oferecido um programa próprio, com salário dobrado. Agenciados pela irmã da apresentadora, Karina Sato, o trio recusou as propostas.

Rafinha Bastos, que rompeu seu contrato com a Band em janeiro depois de ficar afastado do “CQC” e de “A Liga” por conta da polêmica com a cantora Wanessa e sua família, é o nome que está no topo da lista da Rede TV!. Um programa com o humorista deve substituir o “Pânico”, que inclusive já tem data de estreia na nova emissora, dia 18 de março.

De acordo com uma fonte na alta cúpula da Rede TV!, as negociações com Bastos já estão avançadas. Procurado pela reportagem, o humorista não quis se pronunciar sobre o assunto. “Ele (Bastos) está viajando, e neste momento não irá se pronunciar”, disse sua assessora imprensa. Bastos também irá comandar um programa no canal da rede fechada FX, chamado “A Vida de Rafinha Bastos”, com estreia prevista para os próximos meses.

Fonte: iG – Gente

Juazeiro do Norte-CE: Carnaval do Cariri com queda de 47% no número de mortes violentas


Fonte: Miséria Demontier Tenório
Caiu de 15 para oito o número de mortes violentas numa comparação dos dois últimos carnavais na região do Cariri. Uma queda expressiva de 47% se constituindo em um dos períodos mominos mais tranqüilos dos últimos anos. Os corpos necropsiados no IML (Instituto Médico Legal) de Juazeiro do Norte vieram de Crato (3), Caririaçu, Juazeiro, Salitre, Farias Brito e Missão Velha com um cada. Foram quatro mortes no trânsito e três homicídios.

A outra morte violenta ainda está sendo investigada entre suicídio ou homicídio, cujo resultado do exame cadavérico não saiu. No ano passado, segundo arquivo do Site Miséria, foram seis homicídios, cinco mortes no trânsito, três afogamentos e uma queda. No total, quatro mortes em Juazeiro, três em Barbalha, duas em Brejo Santo e as demais em Aurora, Missão Velha, Mauriti, Tarrafas, Caririaçu e Assaré.

O primeiro corpo chegou ainda na sexta-feira. Por volta das 20h30min Antonio Pedro da Silva, de 39 anos, que residia na Rua Saturnino Candeia (Alto da Penha) em Crato foi assassinado durante um evento de carnaval no Largo da Reffsa, antiga estação ferroviária. A vítima ainda foi socorrida por policiais militares para o Hospital São Francisco onde faleceu. Pedro foi atingido com um tiro no tórax e morreu antes de ser submetido a uma cirurgia.

No sábado chegaram mais dois corpos, sendo o primeiro de Reginaldo Ferreira da Silva, de 37 anos, que foi vítima de acidente de trânsito em Caririaçu. Já por volta das 23 horas daquele mesmo dia, na Travessa Potengi, 476 (Seminário) em Crato, o estudante Marcos Vieira Soares, de 10 anos, foi lesionado com uma facada no abdômen. No momento, a mãe dele, Antônia Vieira da Silva, discutia com o companheiro Ednaldo Machado dos Santos, de 33 anos, que trabalha como gesseiro.

Provavelmente, a criança tenha saído em defesa de sua mãe quando viu o padrasto com uma faca de cozinha em punho investindo na direção de Antonia. Ednaldo fugiu e foi preso no dia seguinte, mas já ganhou liberdade. Outros dois corpos chegaram no domingo de Carnaval. Pela madrugada, Cícero Erinaldo Pereira de Souza, de 24 anos, pilotava sua moto quando foi abalroado por um veículo que fugiu. O acidente aconteceu no Distrito de Ponta da Serra e o rapaz morreu no local.

À noite, por volta das 20 horas, Tiago Santiago Alves, de 23 anos, que residia no Sítio Sabiá, trafegava pela estrada carroçável de acesso àquela localidade quando perdeu o equilíbrio e caiu da moto Yamaha XTZ 125K de cor preta. Há informações de que teria se deparado com animais na estrada e tentou desviar caindo da moto e sofrendo traumatismo craniano.

Na segunda-feira chegou apenas um corpo o de Juciel Vieira de Sales, de 31 anos, que residia no Sítio Barreiros na zona rural de Salitre, cuja causa da morte ainda aguarda o resultado de exame. Ele foi encontrado em uma rede com o pescoço enrolado no punho, mas, segundo a polícia, existe uma lesão leve na nuca. A vítima estava sozinha e, caso tenha sido assassinada, o autor pode ter colocado o corpo na rede na simulação de um suposto suicídio.

Os outros dois corpos chegaram na Terça de Carnaval. Por voltas das 22 horas foi encontrado o cadáver do agricultor José Dias de Oliveira, de 46 anos, o Zé de Mar, que morava na Rua da Caixa D água (Distrito de Cariutaba) na zona rural de Farias Brito. Estava em uma residência no Sítio Cachoeira daquele distrito com lesões à pauladas na testa e outra na cabeça.

Por volta das 23h30min, deu entrada no Hospital Geral de Missão Velha, com traumatismo craniano o jovem Welson David de Sousa, de 18 anos, residente no Sítio Olho D´Água de Fora na zona rural de Missão Velha. O rapaz viajava em uma motocicleta Honda Bros vermelha quando perdeu o equilíbrio e chocou-se violentamente contra uma árvore. Ele foi socorrido por uma ambulância do Distrito de Jamacaru até o hospital onde morreu momentos após dar entrada.

Barbalha – CE – Ceasa Cariri será inaugurada hoje


Elizângela Santos Foto: Elizângela Santos
A Central de Abastecimentos do Cariri (Ceasa – Cariri), neste Município, será inaugurada às 19 horas de hoje. O local está em funcionamento desde a última quarta-feira, dia principal de venda dos feirantes, que se deslocaram, em sua maioria, do Mercado do Pirajá, em Juazeiro do Norte, para ocupar um dos quatro galpões e parte de outro para iniciar o processo de comercialização. No local está sendo dedicado um espaço à agricultura familiar, que irá comercializar a produção local, sem atravessadores. A data da inauguração havia sido marcada antes, mas, segundo a direção técnica da Ceasa, o objetivo do governador Cid Gomes era entregar o espaço já em operação.

Segundo o Governo do Estado, foram investido no equipamento R$ 11 milhões. A Ceasa terá a meta de fortalecer a produção e ampliar o comércio de hortifrutigrangeiros da região, o que irá possibilitar o abastecimento de 33 Municípios do Ceará, Pernambuco, Bahia, Piauí e Paraíba. Até o momento, a produção regional lidera a comercialização com frutas e verduras, mas os produtos do perímetro irrigado de Petrolina e Juazeiro, na Bahia, tem abastecido o local, principalmente com legumes. Dos investimentos voltados para a Central, o governo do Ceará entrou com 42,7%, mais de R$ 4,6 milhões, o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com 45,7%, valor superior a R$ 5 milhões e o Ministério do Desenvolvimento Agrário com 11,6%, o equivalente a R$1,2 milhão. O equipamento atenderá ao produtor da região e suprirá em sua primeira etapa as necessidades de abastecimento de 33 Municípios nesta primeira fase.

À margem da rodovia que liga Barbalha à Juazeiro do Norte, a Ceasa ocupa uma localização estratégica. A expectativa inicial é que sejam comercializadas 80 mil toneladas/ano no novo entreposto, cerca 32,6% abastecidos pela produção da própria região do Cariri, 31,2% das regiões irrigáveis dos Estados vizinhos e 36,2% do mercado produtor de Juazeiro da Bahia. Para isso, quatro galpões – dois para comerciantes permanentes e dois para produtores ou comerciantes não permanentes – foram construídos em uma área de 8.815 m². Nos galpões para comercialização permanente, cinquenta boxes com áreas entre 30m² e 120m² serão entregues aos comerciantes. Já nas áreas não permanentes, 342 módulos de 4,8m² estão prontos.

Os produtores e comerciantes que atuavam no mercado atacadista da região foram os primeiros a ocupar as áreas de comercialização na Ceasa Cariri. Um dos galpões para comerciantes não permanentes atenderá a oferta de produtos da agricultura familiar. A produção local irá abastecer a central de banana, manga, maracujá, goiaba e pequi. Já na produção de hortaliças, a tomate, o pimentão, o feijão verde, o milho verde, a abóbora, o amendoim e as folhosas – alface, cebolinha e coentro – são os principais destaques.

Além das áreas de comercialização de hortigranjeiros, um galpão de convivência com 14 lojas de 28m² foi reservado para o comércio de atípicos e para os serviços bancários, telefônicos, internet, correios e loterias.

Muitos boxes ainda não fora ocupados porque estão sendo feitas adequações pelos próprios permissionários e isso, segundo a diretoria técnica da Ceasa, fica a cargo dos próprios vendedores, que realizam pequenas construções em seus espaços.

O secretário da SDA, Nelson Martins, ressalta que a Ceasa Cariri é muito bem estruturada e a previsão é que, em pouco tempo, a nova unidade atenda cerca de 100 Municípios. “O investimento tem grande importância para o consumidor, que vai adquirir produtos de qualidade a um preço menor, e para os produtores, que terão um mercado bem estruturado para vender sua produção”, afirma. O secretário lembrou também que o equipamento vai gerar cerca de mil empregos diretos e será um elo da cadeia de produção da agricultura familiar.

Zona Norte

Já em Tianguá, a falta de espaço para a comercialização da Central de Abastecimentos S.A. (Ceasa) está sendo um problema, e administração municipal local cobra do Governo do Estado melhoramentos para a área. A ausência de infraestrutura da Central não tem atendido à demanda da população e nem dos produtores. São 30 anos de existência da Central e o Governo do Estado se manifestou, há cerca de três anos, para realizar as reformas necessárias. O escoamento da produção na cidade está sendo prejudicado.

Sem nenhuma melhoria nas três décadas, os próprios usuários são forçados a montar barracas e galpões fora do espaço. Um terreno de 20 hectares já foi doado por um empresário local para a ampliação da Ceasa. Além do Governo do Estado, a liberação da verba para as possíveis melhorias vai depender do Ministério da Agricultura. Em 2010, a Ceasa de Tianguá movimentou 75,1 mil toneladas de produtos (R$ 56,3 milhões). Em 2011, aumentou em 20% a circulação de mercadorias na Região.

Mais informações

Central de Abastecimento do Cariri (Ceasa – Cariri)
Avenida Leão Sampaio, S/N
Barbalha – Cariri
Telefone: (88) 3532.2489

Fonte: Diário do Nordeste

Messejana – CE – PF apreende 100 quilos de cocaína


Foto: Kiko Silva
Uma operação da Polícia Federal (PF), em um posto de combustível, em Messejana, durante o feriado do Carnaval, resultou na apreensão de 100 quilos de cocaína e na prisão de duas pessoas. Um dos presos, segundo a PF, faz parte da quadrilha que praticou o furto milionário ao Banco Central, em agosto de 2005, em Fortaleza.

De acordo com o delegado Tarcísio Abreu, chefe da Delegacia Regional de Combate ao Crime Organizado (DRCCO), havia a informação de que uma carreta chegaria de São Paulo trazendo um grande carregamento de cocaína. “Com o cruzamento de dados, descobrimos o local da entrega e, no momento do descarregamento, conseguimos efetuar a prisão dos dois homens”.

Em pneus

Os 100 tabletes de cocaína estavam escondidos em pneus em cima de uma carreta que havia saído de São Paulo e havia estacionado em um posto de combustíveis no quilômetro 15 da BR-116, em Messejana. Segundo a PF, a droga seria distribuída na Grande Fortaleza. Os nomes dos presos não foram divulgados pela PF. A reportagem apurou que um deles é o cearense Antônio Edimar Pereira. Ele havia sido preso em setembro de 2005, em uma casa no bairro Mondubim, onde a quadrilha que furtou o Banco Central havia escondido R$ 12,2 milhões. O segundo preso pela PF é natural de São Paulo.

A segurança na carceragem da PF foi reforçada devido ao perigo de resgate dos presos.

Outro caso

Na manhã de ontem, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, um paulista, de 60 anos, foi detido com quatro quilos de cocaína escondidos dentro da mala.

Fonte: Diário do Nordeste

Fortaleza – CE – Dois crimes na Quarta de cinzas


Foto: José Leomar
O balconista de farmácia Francisco Eldinei Lessa Coelho, 45, mais conhecido por ´Joaquim´, foi encontrado morto no interior da residência dele, na Rua Melvin Jones, 73, Centro. O corpo dele estava dentro do quarto, vestido, porém o compartimento estava revirado e havia muito sangue no local.

A vítima morava só e sempre levava rapazes para dormir com ela. O imóvel estava trancado, sem sinais de arrombamento. ´Joaquim´ foi visto com vida pela última vez, pelos vizinhos, às 13 horas do sábado de Carnaval. A Polícia acredita que ele foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte).

Outro crime

Francisco Samuel Maia Nogueira, 18, foi assassinado, com quatro tiros de pistola ponto 40, no fim da manhã de ontem, na Travessa André Filho, bairro Quintino Cunha. O crime foi cometido por dois homens que estavam em uma motocicleta.

A vítima conversava com amigos, na esquina da Rua Rosalvo Quinderé com a Travessa André Filho, quando os homens se aproximaram. Antes que os criminosos chegassem mais perto, Samuel Maia se levantou e saiu correndo. Ele tentou se esconder em um terreno murado, mas foi atingido na entrada. O rapaz foi atingido com tiros na cabeça, na nuca e no ombro direito, tendo morte imediata.

Recado

Samuel Maia e o irmão dele, Felipe Maia, estavam ameaçados de morte. Os criminosos foram ao local para matar os dois, residente na Rua Rosalvo Quinderé, 718. Como só encontraram um, resolveram iniciar o ´serviço´, mas deixaram o recado de que voltarão para matar Felipe.

Fonte: Diário do Nordeste

Ceará – Violência tem queda durante o Carnaval


Foto: Divulgação
O secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, coronel PM Francisco José Bezerra, comemorou, ontem, a redução dos casos de violência no Ceará durante o Carnaval em relação à operação de 2011. Os homicídios caíram na ordem de 41,5 por cento (53 no ano passado e 31 neste ano). Nas regiões de Sobral/Ibiapaba e Inhamuns não ocorreram assassinatos. Já no Cariri foram apenas três casos, contra nove no Carnaval de 2011, segundo a SSPDS.

No total, segundo a Pasta, as mortes consideradas de causas violentas (homicídios, afogamentos, acidentes de trânsito, suicídios, óbitos por choque elétrico, quedas e achados de cadáveres) tiveram uma redução de 30,12 por cento, passando de 83 para 58 casos.

Acidentes

Em relação aos acidentes nas rodovias que cortam o Estado houve um pequeno acréscimo em relação ao Carnaval de 2011, de oito para nove óbitos, mas o quantitativo de desastres (colisões, atropelamentos, choques e abalroamentos) foi menor que em 2011, de 74 para 50 casos.

Durante toda a operação o efetivo da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), juntamente com fiscais do Detran, apreendeu 132ulos irregulares (contra 51 em 2011). Também foram registrados 67 por cento nos casos de flagrante de embriaguez na direção (teste com bafômetro).

Planejamento

Em entrevista coletiva na tarde de ontem, na sede da SSPDS, o secretário Francisco Bezerra informou que a redução da violência foi reflexo de um trabalho que iniciou-se com diversas reuniões de planejamento entre ele próprio, seus assessores diretos os comandos da Polícia Civil, PM Bombeiros e Perícia Forense.

As áreas que apresentaram maiores problemas de violência no Carnaval do ano passado foram mapeadas e, em 2012 receberam reforço. Bezerra ressaltou o acréscimo de 30 por cento no efetivo destino à Operação Carnaval. “Isto, sem prejudicar o policiamento ordinário”, detalhou o chefe da Segurança.

Fonte: Diário do Nordeste

Mais oito corpos são achados no Costa Concórdia e mortos somam 25


Promotores italianos colocaram na quarta-feira (22) sob investigação quatro tripulantes e três executivos da empresa proprietária do navio Costa Concordia, enquanto mergulhadores localizaram mais oito corpos de vítimas do naufrágio ocorrido em janeiro, incluindo o de uma menina de 5 anos.

O capitão do navio, Francesco Schettino, e seu imediato, Ciro Ambrosio, já estavam sendo oficialmente investigados pelo acidente com o navio, que naufragou com 4.200 ocupantes na costa da ilha italiana de Giglio depois de colidir com uma rocha.

A empresa Costa Cruzeiros não identificou os funcionários colocados agora sob investigação pelo naufrágio. Pelo menos 25 pessoas morreram e sete continuam desaparecidas após o acidente.

Os novos corpos foram localizados no convés de número 4. Entre eles estava o de Dayana Arlotti, de 5 anos, cujo pai também morreu no acidente.

O mau tempo dificulta os trabalhos de recuperação dos corpos, e é preciso esperar que as condições melhorem para a retirada.

Schettino é acusado de ter provocado o acidente ao se aproximar de maneira negligente da ilha, e de ter abandonado o navio antes da retirada de todos os ocupantes. Uma audiência de instrução do processo está marcada para 3 de março.

Além do processo criminal, várias ações cíveis também devem ser iniciadas, e dezenas de passageiros já aderiram a uma ação coletiva na Flórida em que os proprietários do navio são acusados de fraude e negligência.

A Costa Cruzeiros, que operava o Costa Concordia, é uma subsidiária da empresa norte-americana Carnival Corp., maior empresa mundial de navios de cruzeiro. Em nota, a Costa disse que tem total confiança no Judiciário e que irá cooperar com a investigação.

A empresa inicialmente atribuiu o acidente a Schettino, mas na quarta-feira manifestou apoio aos demais funcionários sob investigação, dizendo que eles agiram com grande profissionalismo e altruísmo após o acidente.

Especialistas ainda trabalham para retirar quase 2.400 toneladas de óleo diesel dos porões do navio, que naufragou numa reserva marítima na costa da Toscana. Há temores de que o eventual vazamento do combustível possa causar um desastre ambiental.

Fonte: Reuters

Acidente de trem em Buenos Aires mata 50 e fere 676


Foto: Reuters
O número de passageiros mortos na colisão de um trem contra a plataforma nesta quarta-feira (22) em Buenos Aires, capital da Argentina, subiu para 50 na madrugada desta quinta-feira (23), de acordo com o governo local. Há ainda 676 feridos, sendo cerca de 200 em estado grave.

Daniel Russo, da Defesa Civil, e Alberto Crescenti, chefe dos serviços de emergência da cidade, disseram que o número de vítimas pode subir. O acidente ocorreu às 8h36 locais (9h36 de Brasília), quando o trem estava cheio.

Os trabalhos de resgate continuavam durante a madrugada desta quinta. Pelo menos 20 ambulâncias foram enviadas ao local para resgatar as vítimas.

Mais de 15 horas depois do acidente, dezenas de pessoas continuam tentando localizar familiares e amigos que viajavam no trem acidentado.

Policiais e autoridades informaram que, possivelmente, a composição perdeu os freios e saltou dos trilhos na hora em que entrava na plataforma da estação, uma das mais movimentadas da cidade.

O acidente

O acidente aconteceu às 8h30 locais (9h30 de Brasília) desta quarta-feira (22), quando um trem procedente da cidade de Moreno, em Buenos Aires, não conseguiu frear e se chocou contra uma plataforma na estação de Once, uma das três mais importantes e movimentadas da capital argentina.

O comboio, composto por oito vagões, levava cerca de 1.500 passageiros, em sua maioria trabalhadores que estavam a caminho do trabalho.

“O trem entrou na estação Once a 26 quilômetros por hora… acreditamos que houve algum defeito nos freios”, disse o secretário de Transportes, Juan Pablo Schiavi, segundo a Telám.

A TV local mostrou o resgate do maquinista, que havia ficado preso entre os ferros retorcidos da locomotiva.

Feridos eram retirados de maca da estação e levados aos hospitais.

“Há gente com fraturas e ensanguentada. Os enfermeiros não dão conta”, disse à TV local um passageiro que se identificou como Ezequiel.

“O trem vinha lotado. O impacto foi tremento. Eu vinha no vagão onde se pode levar a bicicleta. As pessoas estavam desesperadas para sair”, disse.

“Senti o estalo do choque. Foi um barulho muito forte. O trem não freou. Vi gente machucada no colo, braços, pernas”, informou à TV Pedro Fuentes, um dos passageiros.

Myriam, outra passageira, contou à rádio Plata o que aconteceu: “estava com meus filhos de 6 e 4 anos. Em um piscar de olhos estávamos no chão. Nem sei como saímos”.

Centenas de milhares de pessoas viajam de trem dos subúrbios para a capital da Argentina diariamente.

Mónica Slotauer, responsável pela limpeza da linha Sarmiento, afirmou que “os freios falharam por causa da falta de investimento” nesta linha férrea.

A linha ferroviária urbana Sarmiento opera com intensidade em uma distância de até 70 km e transporta diariamente a cerca de meio milhão de pessoas.

Os trens utilizados pela empresa são da década de 1960.

Os serviços ferroviários sucateados e lotados, operados por empresas privadas e fortemente subsidiados pelo Estado, são marcados por acidentes e atrasos.

O último acidente ferroviário ocorrido na Argentina aconteceu em 18 de dezembro passado, quando uma locomotiva se chocou contra um trem repleto de passageiros parado numa estação da periferia sul da capital, com 17 feridos.

Em 13 de setembro de 2011, nove pessoas morreram e 212 ficaram feridas no choque entre dois trens e um ônibus numa passagem de nível do bairro metropolitano de Flores, a oeste, em um dos episódios mais graves dos últimos anos.

A presidente Cristina Kirchner suspendeu uma entrevista que concederia sobre o estado do conflito com o Reino Unido pelas Ilhas Malvinas.

Fonte: G1, com agências internacionais

Juazeiro do Norte-CE: Polícia apreende armas e drogas em diversas operações


Demontier Tenório /Site Miséria Foto: Divulgação
Drogas, duas facas, um canivete e um revólver calibre 38 foram apreendidos pela polícia em operações distintas em Juazeiro do Norte e Barbalha. Por volta das 21h30min desta terça-feira, na Rua José de Alencar, 772 (Pirajá), foi preso Leondres do Nascimento Sousa, de 43 anos, ali residente. Ele estava com 13 pedras de crack, R$ 225,00 em dinheiro e possui contra si um Mandado de Prisão em aberto por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

A operação foi comandada pelo Tenente Guedes que teve o apoio do Cabo Macêdo e os Soldados Jader, Gouveia, Francilaine, Aristênio e Leite. Já por volta das 02h30min, a polícia fez um arrastão nos bares localizados na Avenida Padre Cícero, ao lado da rotatória do Triângulo Crajubar, e, no Megabar, foi apreendida uma adolescente de 15 anos com 13 papelotes de cocaína e R$ 75,27 em dinheiro.

ARMAS – A apreensão das armas se deu entre as 16 horas de ontem e o meio da madrugada de hoje. Na Rua T 19, casa 125 (Bela Vista) em Barbalha, a polícia prendeu José Severo dos Santos, de 65 anos, ali residente, com uma faca. Por volta das 20h30min no Carnaval do Povão no cruzamento da Rua José de Alencar com a Avenida Carlos Cruz (Franciscanos), a polícia prendeu Felipe Pinto Mesquita, de 22 anos, residente na Rua Voluntários de 14, número 120 (Santa Tereza) em Juazeiro. Ele estava em meio aos foliões com um canivete.

No início da madrugada, igualmente no Carnaval do Povão, a polícia prendeu Graça Rafaela Marinho Vieira, de 19 anos, residente na Rua José Marrocos, 220 (Salesianos), com uma faca. Já por volta das 02h30min, no Parque da Cidade em Barbalha, a polícia prendeu Saionara Luciano da Silva, de 18 anos, residente na Vila São José, 207 (Buriti) em Barbalha com um revólver calibre 38 com cinco cartuchos intactos.

Com homenagem a Luiz Gonzaga, escola Unidos da Tijuca é a grande campeã


UOL Notícias
A Unidos da Tijuca foi eleita a campeã do carnaval carioca nesta quarta-feira (22). A escola da Zona Norte é a vencedora pela terceira vez em sua história após uma acirrada disputa na apuração do Grupo Especial que aconteceu nesta tarde na Sapucaí.

Porto da Pedra e Renascer de Jacarepaguá foram rebaixas para o Grupo de Acesso A. O desfile das campeãs acontecerá no dia 25 de fevereiro (sábado).

A agremiação, campeã em 1936 e 2010, apostou mais uma vez na criatividade do carnavalesco Paulo Barros, famoso por trazer inovação para a Passarela do Samba.

A escola trouxe vaqueiros, sanfonas e baião para celebrar Luiz Gonzaga, que completaria cem anos em 2012 se estivesse vivo. O enredo teve o título de ´O dia em que toda a realeza desembarcou na Avenida para coroar o Rei Luiz do Sertão´.

Líder o tempo inteiro

Treze agremiações do Grupo Especial do Rio de Janeiro disputaram o título de campeã do carnaval. Quarenta jurados avaliaram dez quesitos: mestre-sala e porta-bandeira, fantasia, conjunto, evolução, alegorias e adereços, comissão de frente, harmonia, bateria, enredo e samba-enredo.

O começo da apuração foi marcado por uma forte disputa entre Unidos da Tijuca e Vila Isabel. Até o quarto quesito analisado, o de alegoria, as duas dividiram a liderança, seguidas por Salgueiro e Beija-Flor.

A partir de Alegoria a Tijuca se isolou no 1º lugar, com a Vila Isabel caindo para quarto após receber um 9,7. Após as notas de comissão de frente, elas ficaram separadas por apenas 0,2. Depois da divulgação do quesito bateria, Salgueiro entrou na disputa e continuou na briga até o final, ficando em 2º lugar.

O desfile

A Unidos da Tijuca foi a penúltima a entrar na Sapucaí no domingo (19). A bateria, comandada pelo mestre Casagrande, misturou forró ao samba para embalar o enredo sobre o Rei do Baião.

O desfile marcou ainda a estreia da rainha Gracyanne Barbosa à frente dos músicos. Foram 3,6 mil componentes, divididos em 33 alas. Quem puxou o samba foi o intérprete Bruno Ribas, neto do compositor Manacéa, e mais oito cantores de apoio.

A exemplo do ano passado, quando a escola deu o que falar ao exibir truques de ilusionismo na Avenida, a comissão de frente mais uma vez inovou ao dar vida às sanfonas de Gonzagão nas acrobacias de um ginasta romeno. A coreografia foi assinada por Priscilla Mota e Rodrigo Negri, bailarinos solistas do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

O carro abre-alas da Unidos da Tijuca, ´Desembarque real´, trouxe uma corte com reis e rainhas de vários países chegando para a festa de coroação do rei do sertão, com destaques para Carla Horta, de realeza do cangaço, e João Helder, o cangaceiro real.

A família do rei do baião estava representada por Rosinha, única filha de Gonzagão, e por Daniel Gonzaga, filho de Gonzaguinha. A Asa Branca, um dos maiores sucessos de Luiz Gonzaga, foi lembrada no centenário no último carro da escola, com três bolos gigantes com rádios que representavam o sucesso que o compositor fez pelo país.