Category Archives: Sem categoria

Facebook ´entrega´ que marido estava casado com outra


UOL Notícias
Um americano está sendo acusado de bigamia depois que o Facebook sugeriu à sua ex-mulher que adicionasse como amiga sua nova esposa, informou a imprensa local neste sábado.

Alan O´Neil – cujo nome original é Alan Fulk – será julgado no tribunal de Pierce County, em Washington, em 22 de março porque sua ex-mulher – que, no entanto, continuava oficialmente casada com ele – descobriu por meio da rede social que o acusado mudou de nome e estava novamente casado.

Fulk casou-se com sua primeira esposa em 2001, mas saiu de casa oito anos depois, apesar de nenhum dos dois ter pedido o divórcio.

Em dezembro, ele mudou seu nome para O´Neill e no mesmo mês casou-se com sua segunda esposa, de acordo com documentos da acusação divulgados pelo jornal News Tribune em Tacoma, no nordeste de Washington.

O promotor de Pierce County, Mark Lindquist, afirmou que a primeira esposa descobriu a existência da nova mulher quando o Facebook a recomendou como uma nova ´amizade´ na rede social.

Ao clicar na foto, a ex-mulher viu seu ex-marido com a nova parceira, usando trajes de festa, ao lado de um bolo de casamento. Ela então ligou para a mãe dele.

´Uma hora depois, o réu (O´Neil) chegou ao apartamento da ex-mulher, e ela perguntou várias vezes se eles estavam divorciados´, informou o tribunal. ´O réu disse, ´não, nós ainda estamos casados´, diz o documento.

O´Neill pediu para que não comentasse o fato com sua nova esposa, mas ela alertou as autoridades.

´Não é o crime do século, mas é um crime´, disse Lindquist ao jornal.

Estupros grupais contra meninas de 12 e 13 anos chocam delegada


UOL Notícias
Dois casos de estupro grupal cometidos por adolescentes contra meninas de 12 e 13 anos registrados em menos de uma semana pela Polícia Civil de Sorocaba, a 107 km de São Paulo, chamam a atenção da sociedade, mas também de pessoas que convivem rotineiramente em seus trabalhos com os mais diversos crimes, como a delegada titular da Delegacia de Defesa da Mulher de Sorocaba (DDM), Jaqueline Coutinho.

No primeiro caso, que teria ocorrido em dezembro, mas denunciado apenas na última semana, uma menina de 12 anos foi estuprada por cinco adolescentes – todos estudantes da mesma escola, e teve o abuso filmado e postado na internet. Já no segundo, uma garota de 13 anos marcou o encontro com um rapaz através da internet e foi arrastada para um terreno baldio, onde foi abusada sexualmente pelo adolescente e mais cinco amigos dele.

Apesar das semelhanças dos crimes, a delegada da DDM não acredita que um tenha motivado o outro. ´Não há ligações entre eles. São dois casos isolados, com autores diferentes. Um teria sido cometido através de ameaças, já no outro, pelo que soube, houve violência física´, explica.

Jaqueline Coutinho revela que ficou impressionada com as agressões sexuais cometidas contra as duas meninas na cidade. ´Acho um absurdo, fico impressionada. Nos dois casos houve co-autoria, ou seja, mais de um jovem cometendo o mesmo crime. O que salta aos olhos é que foram meninas, de 12 e no outro de 13 anos, contra cinco ou seis adolescentes. Existe a agressão física, mas a psicológica é ainda muito maior´, destaca.

Ela compara as duas situações ocorridas com casos de crimes sexuais cometidos por adultos e demonstra preocupação. ´Pensando nesse tipo de crime, quando cometido por adulto, é muito raro que aconteça desta maneira, com mais de um autor. Agora, com esses menores, mais do que o instinto sexual, parece que pesa a irresponsabilidade, como se realizassem esses abusos como se fosse uma brincadeira´, lamenta Jaqueline.

Para a delegada, a estrutura da sociedade atualmente tem responsabilidade no que está acontecendo. ´Acho que a base de tudo é o atual cenário da sociedade. Os adolescentes estão cada vez mais precoces sexualmente, a educação é descomprometida e são pais que não se preocupam em impor limites. Os jovens vivem nessa rotina de libertinagem, como se vivenciar tudo isso fosse natural. Esse exercício de relações sexuais, tão novos, é considerado por eles como normal´, desabafa.

Um levantamento realizado pela Delegacia da Defesa da Mulher de Sorocaba contabilizando apenas o mês de fevereiro deste ano aponta que, em média, foi registrada uma ocorrência de estupro por dia. ´O número é alto, apenas no mês de fevereiro, foram registrados 27 casos de estupro em Sorocaba. E esse número é baseado nas pessoas que nos procuraram e registraram o crime. Podem existir casos que as mulheres não deram queixa´, conta a delegada.

ISSO É BRASIL: Auxílio reclusão é superior á salário minimo para trabalhadores


O auxílio-reclusão é um benefício devido aos dependentes do segurado recolhido à prisão, durante o período em que estiver preso sob regime fechado ou semi-aberto. Não cabe concessão de auxílio-reclusão aos dependentes do segurado que estiver em livramento condicional ou cumprindo pena em regime aberto.

Para a concessão do benefício, é necessário o cumprimento dos seguintes requisitos:

– o segurado que tiver sido preso não poderá estar recebendo salário da empresa na qual trabalhava, nem estar em gozo de auxílio-doença, aposentadoria ou abono de permanência em serviço;
– a reclusão deverá ter ocorrido no prazo de manutenção da qualidade de segurado;
– o último salário-de-contribuição do segurado (vigente na data do recolhimento à prisão ou na data do afastamento do trabalho ou cessação das contribuições), tomado em seu valor mensal, deverá ser igual ou inferior aos seguintes valores, independentemente da quantidade de contratos e de atividades exercidas, considerando-se o mês a que se refere:

PERÍODO SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO TOMADO EM SEU VALOR MENSAL
A partir de 1º/1/2012 R$ 915,05 – Portaria nº 02, de 6/1/2012
A partir de 15/7/2011 R$ 862,60 – Portaria nº 407, de 14/7/2011
A partir de 1º/1/2011 R$ 862,11 – Portaria nº 568, de 31/12/2010
A partir de 1º/1/2010 R$ 810,18 – Portaria nº 333, de 29/6/2010
A partir de 1º/1/2010 R$ 798,30 – Portaria nº 350, de 30/12/2009
De 1º/2/2009 a 31/12/2009 R$ 752,12 – Portaria nº 48, de 12/2/2009
De 1º/3/2008 a 31/1/2009 R$ 710,08 – Portaria nº 77, de 11/3/2008
De 1º/4/2007 a 29/2/2008 R$ 676,27 – Portaria nº 142, de 11/4/2007
De 1º/4/2006 a 31/3/2007 R$ 654,61 – Portaria nº 119, de 18/4/2006
De 1º/5/2005 a 31/3/2006 R$ 623,44 – Portaria nº 822, de 11/5/2005
De 1º/5/2004 a 30/4/2005 R$ 586,19 – Portaria nº 479, de 7/5/2004
De 1º/6/2003 a 31/4/2004 R$ 560,81 – Portaria nº 727, de 30/5/2003

Equipara-se à condição de recolhido à prisão a situação do segurado com idade entre 16 e 18 anos que tenha sido internado em estabelecimento educacional ou congênere, sob custódia do Juizado de Infância e da Juventude.

Após a concessão do benefício, os dependentes devem apresentar à Previdência Social, de três em três meses, atestado de que o trabalhador continua preso, emitido por autoridade competente, sob pena de suspensão do benefício. Esse documento será o atestado de recolhimento do segurado à prisão .

O auxílio reclusão deixará de ser pago, dentre outros motivos:
– com a morte do segurado e, nesse caso, o auxílio-reclusão será convertido em pensão por morte;
– em caso de fuga, liberdade condicional, transferência para prisão albergue ou cumprimento da pena em regime aberto;
– se o segurado passar a receber aposentadoria ou auxílio-doença (os dependentes e o segurado poderão optar pelo benefício mais vantajoso, mediante declaração escrita de ambas as partes);
– ao dependente que perder a qualidade (ex: filho ou irmão que se emancipar ou completar 21 anos de idade, salvo se inválido; cessação da invalidez, no caso de dependente inválido, etc);
– com o fim da invalidez ou morte do dependente.

Caso o segurado recluso exerça atividade remunerada como contribuinte individual ou facultativo, tal fato não impedirá o recebimento de auxílio-reclusão por seus dependentes.

Fonte: http://www.previdencia.gov.br/

28ª Morte de forma violenta em Mossoró em 2012


Uma festa entre grupos de vários bairros diferentes, marcada pela Internet termina em tiroteio com uma pessoa morta e duas baleadas.

A festa foi marcada pela Net e estava sendo realizada no Tênis Clube, localizado no Abolição II, as margens da avenida do contorno da BR 304, zona urbana de Mossoró.

Segundo informações colhidas pela policia, no local havia pelo menos três grupos, dos bairros Santo Antonio/Barrocas, Planalto 13 de Maia/Papoco e das Abolições. Logo no inicio da balada, por volta de 20 horas, aconteceram os primeiros disparos de arma de fogo. A policia foi ao local e recebeu a informação que havia pessoas armadas dentro do clube, mas ninguém foi localizado com armas.

Por volta de 23 horas, a policia foi acionada, para mais uma ocorrência de disparo de arma de fogo, no local três pessoas estavam atingidas.

* Diego David do Nascimento, 18 anos de idade, residente na Rua José Negreiros no centro da cidade, foi alvejado com um disparo na perna.

* J.S.S 15 anos de idade, morador da Rua Tibério Burlamaqui no bairro Paredões foi alvejado com um disparo.

+ George Eduardo, 18 anos de idade, morador da Avenida Rio Branco, próximo ao Shopinng popular, Vuco Vuco, foi alvejado com um disparo no peito esquerdo e já chegou morto, no Hospital Regional Tarcisio Maia. Os três jovens foram socorridos por populares.

Varias Viaturas da policia ainda foram ao local, mas a festa já havia acabado e ninguém deu qualquer informação do que teria acontecido.

Obs: O clube é alugado para o funcionamento de um restaurante e para a realização de festas. Na noite de hoje, havia sido alugado para uma “Festa de Grupos”.

http://www.ocamera.com.br

Sinistro! “Zumbificação” Os mortos andam de verdade na Indonésia




Há tempos eu ouvi falar de um processo chamado “zumbificação”. Para mim era apenas uma lenda… até ver isso… Na Indonésia (especialmente em Toraja), um cadáver é acordado deixando-o que ande a pé até seu túmulo (é raro, mas ainda é realizado). O cadáver é acordado usando magia negra. Isso é feito em Toraja porque as sepulturas ou cemitérios são colocadas em montanhas calcárias (o que conserva melhor os corpos). O corpo anda por si só, e é orientada por um especialista em magia negra que fica atrás dele. Mas existe uma proibição, o cadáver não deve ser nomeado. Uma vez que comandado o cadáver cai e não é capaz de andar novamente.Confira os vídeo e fotos.

Wade Davis descobriu a fórmula da droga que produz a “zumbificação” e a levou aos Estados Unidos para submetê-la a testes. Mas não é apenas isso. Davis penetrou na mística de uma sociedade primitiva, situando a “zumbificação” em seu contexto apropriado, no âmbito da cultura vodu, e acabou por dar-se conta de que a história do vodu é a história do Haiti, desde as origens africanas até os dias de hoje. Confira o vídeo.

Além desse vídeo, encontrei outro muito interessante sobre esse assunto (também em espanhol).

Zumbificação

Zumbificação, no Haiti esse é o nome dado ao charlatanismo que os Bocós (nome dado aos sacerdotes voodoo), se fazem valer para ganhar admiração e respeito do povo. Aplicam uma dose de tetrodotoxina (ou “toxina do baiacu”) em algum voluntário que para qualquer leigo apresentará os sinais de morte, pois a toxina reduz drasticamente o ritmo cardíaco e a pulsação. Dentro de um prazo determinado é administrado o antídoto para esta “morte” e assim que a pessoa volta do efeito da droga. A pessoa depois de ressuscitada e retirada do túmulo, permanece em estado catatônico devido aos efeitos colaterais que a falta de oxigenação provoca no cérebro, e por isso as pessoas realmente parecem zumbis.

Em um blog indiano Mell Blue o autor disponibiliza mais imagens e aponta evidências que comprovam que as imagens apresentadas na verdade não mostram o ritual citado no início do texto, mas sim parte de uma tradição chamada Ma’nene, uma espécie de homenagem aos ancestrais que morreram. Durante esta tradição os corpos de membros das famílias que morreram há muito tempo são desenterrados e as roupas destes são trocados como uma forma de homenagem a eles. Confira as imagens adicionais que mostram essa tradição:

Verdade ou Mentira?

Mas voltando a primeira foto acima, pode-se pensar que trata-se de um cadáver enrijecido pela mumificação provocada pelo calcário, que está ali parado em pé exatamente pelo enrijecimento. O homem de vermelho deve ser um familiar que estaria limpando o cadáver. Repare que na foto tem, além da câmera usada para tirar a foto, um celular filmando, não seria mais comprovador terem postado um vídeo?

Fonte: Recebido por e-mail
Adaptações: netcina.com.br

País consumiu R$ 1,5 bilhão com estádios da Copa-2014 até agora


As arenas da Copa-2014 já consumiram R$ 1,5 bilhão, a maior parte desses recursos vinda dos cofres públicos. Não está incluído nesta conta o estádio do Corinthians.

A despesa atual do Mundial foi obtida em levantamento na página da CGU (Controladoria Geral da União), que inclui os valores totais dos projetos e o quanto foi executado até agora.

Pela página, os 11 estádios já contrataram serviços ou produtos que consumirão R$ 5,4 bilhões. Até este momento, já foram executados 27% do total contratado. Ou seja, qualquer modificação no projeto da Copa-2014 significaria arcar com o ônus financeiro e político de ter provocado um gasto com estádios que não seriam utilizados no evento.

Uma briga que a Fifa dificilmente compraria. Ainda mais agora, com a entidade desgastada por fortes denúncias de corrupção desde 2010. De qualquer jeito, o governo e a entidade já terão de encarar prejuízos a suas imagens por conta dos seguidos aumentos de valores das arenas.

Afinal, a despesa total com as arenas será bem maior do que a estimativa atual da CGU. Só o estádio do Corinthians, que abrirá o Mundial e não está incluído na conta, tem previsão inicial de gasto de mais R$ 820 milhões.

Itens como tecnologia da informação, placares eletrônicos e gramados ainda não foram contabilizados em diversos projetos. A maioria das arenas ainda está revendo orçamentos, o que certamente implicará em majorações.

Os estádios para a Copa têm em torno de 30% a 50% das obras já realizadas até agora. Exceções são a Arena das Dunas, em Natal, e o Beira-Rio, em Porto Alegre.

Fonte: Folha.com

Acusados de estupro coletivo na e homicídios têm bens confiscados pela Justiça


Correio da Paraíba
A Justiça determinou o sequestro de parte dos bens dos irmãos Eduardo dos Santos Pereira e Luciano dos Santos Pereira, acusados de serem os mentores e coautores do ´estupro coletivo´ que ficou conhecido como a ´Barbárie de Queimadas´, em que cinco mulheres foram estupradas e duas delas mortas no início do mês de fevereiro deste ano.

De acordo com o advogado Francisco Pedro da Silva, os bens listados pela Justiça somam mais de R$ 200 mil. Os bens serão leiloados e dinheiro será depositado em caderneta de poupança, até que saia saia o o julgamento e, em caso de condenção, a setença dos acusados.

Finalizado o processo, o dinheiro será repassado às famílias das vítimas. ´Para nós, a decisão foi muito positiva porque não se sabe ainda, inclusive, a procedência desses bens. Depois dessa barbaridade a família ficou completamente desamparada. E nesse contexto os bens servirão de amparo´, diz o advogado.

A decisão foi da juíza da 1ª Vara de Queimadas, Flávia Baptista Rocha, após um pedido dos advogados de uma das vítimas mortas, a recepcionista Michele Domingos da Silva, de 29 anos.

No despacho, a magistrada elenca duas motocicletas, sendo uma NXR 150 bros, de placa NQK 9469 e uma CBR 600RR, de placa OFB 2210; um automóvel Punto ELX de placas NQD 6030; um carro Hyundai I30, de placas MPS 5094; além de dois capacetes e dois cavalos de raça, avaliados cada um em cerca de R$ 10 mil.

De acordo com a polícia, o somatório dos bens corresponderia a mais de R$ 200 mil e praticamente todos eles teriam sido comprados com dinheiro em espécie pelos acusados.

Na decisão, a juíza assevera que ´analisando os pressupostos para a concessão da medida requerida, mesmo num juízo sumário de cognição, tenho que os indícios e evidências colhidos até então nos autos do inquérito policial, a serem confirmados pela prova judicial, se mostram bastantes a demonstrar a coautoria dos requeridos Eduardo dos Santos Pereira e Luciano dos Santos Pereira nos crimes de que foi vítima a filha dos interessados, ora requerentes. Outrossim, a materialidade está bem comprovada por prova robusta´.

A decisão ainda nomeia Lilia Maria Martins da Silva como depositária fiel dos cavalos e autoriza a realização de leilões para a venda dos bens.

União dos Palmares (AL) luta para vencer domínio do tráfico de drogas


Uma série de assassinatos está levando medo à população da pequena cidade de União dos Palmares, a 73 km de Maceió. Devastada pela enchente em junho de 2010 e conhecida nacionalmente por ser a terra do líder negro Zumbi dos Palmares, o município de 60 mil habitantes registrou 14 mortes violentas este ano, sendo sete delas em apenas uma semana.

Entre as vítimas estavam duas crianças, mortas este mês após denunciarem a ação de jovens traficantes na cidade. As autoridades alagoanas reforçaram a atuação na cidade para tentar conter os índices crescentes de violência.

Entre 2008 e 2010, União dos Palmares registrou 120 homicídios, o que dá uma média de uma morte a cada nove dias. Em 2012, essa média duplicou, com um assassinato a cada quatro dias e meio.

O número de homicídios de 2011 não foi informado pela Secretaria de Estado da Defesa Social. Um contador de homicídios foi instalado pela população, no centro da cidade, para pressionar as autoridades por soluções.

A onda de assassinatos levou a população às ruas na última terça-feira (6), quando um protesto reuniu cerca de 1.000 pessoas. Um dia depois da passeata pela paz, mais um assassinato foi registrado: o de uma criança de 12 anos, morta no centro do município.

O crime ocorreu cinco dias depois da morte de outro menino, de 10 anos, que foi torturado e chegou a ter uma orelha decepada pelos criminosos. Para as autoridades alagoanas, não há dúvidas de que as mortes estão relacionadas com o tráfico de drogas, que especialmente está chegando entre crianças e jovens.

A investigação agora caminha para identificar os integrantes e desarticular os grupos. O envolvimento de adolescentes no mundo do tráfico também está sendo comprovada nas investigações realizadas. Na última quarta-feira (7), a polícia prendeu os acusados da morte das crianças foram identificados e detidos. Para surpresa de todos, tratava-se de dois adolescentes, de 16 e 17 anos, que confessaram os crimes.

Frieza

Para reforçar a atuação do MP, o procurador-geral de Justiça, Eduardo Tavares, designou dois promotores para ajudarem na 1ª Vara Criminal e Cível na cidade. O promotor Antônio Vilas Boas, que já atuava na 2ª Vara Criminal da cidade, foi um deles.

O primeiro ato dele foi ouvir os adolescentes acusados da mortes das crianças, que –segundo ele– demonstraram frieza ao confessarem o crime. “Nós vemos uma atuação forte aqui do tráfico de drogas, com crianças e adolescentes envolvidos. Se a sociedade quer viver em paz, tem que contribuir, punindo os acusados nos júris populares e denunciando”, disse Vilas Boas.

Para o promotor, a falta de efetivo das polícias é “visível”, o que gera ainda mais dificuldade nas investigações e garantia da segurança à população. “O Estado tem que se manifestar. Eu espero que se aumente o efetivo, pois há uma necessidade. O MP fica a reboque das investigações da Polícia Civil, que é quem faz os inquéritos.”

A repercussão causada pelo aumento da violência levou a polícia a reforçar a atuação na cidade. Para dar respostas, polícias Civil e Militar anunciaram medidas para tentar conter a onda de violência. Desde o início do mês, a PM reforçou a atuação na cidade, com a realização de operações para tentar prender suspeitos e apreender armas e drogas.

“Estamos recebendo reforço, mas de forma pontual, para a realização de operações. No sábado passado vieram quatro carros do Bope [Batalhão de Operações Especiais]. Na terça, vieram mais 30 policiais para uma operação. Estamos contando com o apoio do comando da PM, e sempre que solicitamos a presença de mais efetivo, ele vem”, disse o comandante do 2º Batalhão, major André Araújo Silva.

Tráfico de drogas

O major admitiu que os moradores têm procurado a polícia para cobrar uma atuação que dê mais segurança na cidade. “A população, assim como em qualquer cidade, está assustada com as notícias e cobrando do poder público a atuação mais presente da polícia. Estamos atuando para tentar minimizar o problema”, afirmou.

Para o chefe de serviço da Delegacia Regional de União dos Palmares, Jaelson Vasconcelos, todos os casos de homicídios na cidade apontam para envolvimento no tráfico de drogas. “Quanto mais a gente investiga, mas aponta para essa linha. Não temos dúvida que muitas dessas mortes ocorrem por acerto de contas e disputa por territórios dos traficantes”, afirmou.

Por conta do pouco efetivo, a direção da Polícia Civil não reforçou o número de policiais que atuam na cidade, mas designou o o DEIC (Departamento Especial de Investigação e Captura) para auxiliar nas investigações. Segundo Vasconcelos, das 14 mortes, duas –que vitimaram as crianças– já foram solucionadas e outras quatro estão bem encaminhadas e devem ter desfecho na próxima semana.

“Temos muitos casos difíceis, complicados de serem apurados. Nosso efetivo não é o ideal, mas estamos nos esforçando”, afirmou, citando que os acusados são sempre da própria cidade ou de Maceió. Sobre o crescimento no número de homicídios, o policial acredita que a falta de estrutura da segurança pública no Estado e a falta de oportunidades para os jovens foram determinantes.

“Aqui é uma cidade pequena, sem alternativas de emprego, sem oportunidade para os jovens. E a segurança pública no Estado tem os seus problemas, todos sabem”, desabafou.

História

O Quilombo dos Palmares foi o maior da luta negra contra a escravidão na história do país. As primeiras referências do quilombo remontam ao final do século 16. O quilombo ficava localizado na Serra da Barriga, na então capitania de Pernambuco –hoje, município de União dos Palmares, na zona da mata de Alagoas.

No século 17, o local ganhou fama internacional pela resistência dos escravos contra os senhores de engenho que dominavam a região. Os registros apontam que o quilombo existiu por mais de um século.

Seu grande líder foi Zumbi dos Palmares, que passou a adotar a prática da guerrilha, com ataques surpresa aos engenhos para libertação de escravos. Zumbi foi morto no dia 20 de novembro de 1695, por bandeirantes, em uma emboscada.

Após o assassinato, o quilombo perdeu força e desfez por completo no início do século 17. A data da morte de Zumbi se tronou feriado em muitas cidades e Estados por ser o dia da consciência negra.

Fonte: UOL

Ecad não pode cobrar de blogs que usam vídeo do Youtube, diz Google


O Google divulgou, nesta sexta-feira (9), uma nota dizendo que o acordo assinado entre a empresa e o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) “não permite nem endossa o ECAD a cobrar de terceiros por vídeos inseridos do YouTube”. Na quarta-feira, o orgão afirmou que tem embasamento legal para cobrar taxas de blogs que utilizam vídeos hospedados no site do Google.

“Vemos com surpresa e apreensão o recente movimento do Ecad na cobrança direta a usuários da ferramenta de inserção (“embed”) do Youtube”, disse Marcel Leonardi, diretor de políticas públicas e relações Governamentais do Google Brasil, em um post no blog da empresa (leia o post no blog do YouTube Brasil). A ferramenta “embed” permite que os vídeos sejam colocados nas páginas de blogs e outros sites –assim, eles não precisam ser vistos na página do próprio YouTube.

Leonardi lembrou que o Google e o Ecad têm um acordo assinado. Segundo ele, durante as negociações, “tomamos um enorme cuidado para assegurar que nossos usuários poderiam inserir vídeos em seus sites sem interferência ou intimidação por parte do Ecad”. O representante do Google diz que reconhece o papel do órgão no Brasil, mas o contrato não permite a coleta de pagamento dos usuários.

De acordo com o Google, o Ecad não pode fazer a cobrança dos blogs porque, na prática, esses sites não hospedam ou retransmitem qualquer conteúdo ao associam um vídeo do YouTube á sua página (por meio da ferramenta de “embed”). “Como esses sites não estão executando nenhuma música, o ECAD não pode, dentro da lei, coletar qualquer pagamento sobre eles”, afirmou Leonardi.

O executivo do Google também se diz preocupado com o conceito do Ecad sobre o que seria uma “execução pública na Internet”. “Tratar qualquer disponibilidade ou referência a conteúdos online como uma execução pública é uma interpretação equivocada da Lei Brasileira de Direitos Autorais”, disse.

Leonardi finaliza o post dizendo que o Google espera “que o Ecad pare com essa conduta e retire suas reclamações contra os usuários que inserem vídeos do YouTube em seus sites ou blogs”.

Os usuários que colocam seus vídeos no Youtube podem escolher se querem que o vídeo seja incorporado a outro site por meio do “embed”.

Fonte: G1

Tatu é escolhido pela Fifa como mascote da Copa do Mundo no Brasil


O mascote da Copa do Mundo de 2014 será um Tatu, animal em extinção. O Comitê Organizador Local da Copa oficializará a escolha da Fifa em outubro. De acordo com a revista Veja, antes de anunciarem o Tatu como mascote, será preciso registrar a marca na Europa.

A presença do Tatu, espécie Tatu-bola, como candidato a mascote teve influência da Associação Caatinga, ONG cearense voltada à preservação ambiental. A entidade promoveu campanha pleiteando a espécie como representante do Mundial, destacando que o animal se curva, “transformando-se em uma bola”, quando ameaçado de caça.

O Tatu derrotou o Saci, figura preferida do ministro do Esporte, Aldo Rebelo. A onça e a arara também agradavam o ministro como candidatos a mascote da Copa do Mundo.

Fonte: UOL