Câmara dos Deputados recebe nova denúncia contra Temer


Foto: Lula Marques/ Agência PT
A Câmara dos Deputados recebeu nesta quinta-feira (21), após envio da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia, a nova denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer. O próximo procedimento é a defesa do presidente ser notificada para apresentar a defesa sobre as acusações. Temer foi denunciado ao STF pelos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça. No entanto, a acusação só poderá ser analisada na Corte se a Câmara autorizar. Mais cedo, nesta quinta, o Supremo rejeitou, por 10 votos a 1, pedido da defesa de Temer para suspender o envio da denúncia à Câmara.

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Greve paralisa os Correios no Ceará, DF e mais 19 estados, diz federação


Trabalhadores dos Correios entraram em greve desde as 22 horas desta última terça-feira (19). Dos 31 sindicatos filiados à Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), apenas três ainda não fizeram assembleias: Acre, Rondônia e Roraima.

A categoria tenta negociar um reajuste salarial de 8%. Segundo a Fentect, após mais de 40 dias desde a apresentação para a proposta, a empresa apenas tentou excluir cláusulas para o acordo coletivo de trabalho.

Os funcionários também reclamam do fechamento de agências, o que dificulta os serviços postais e bancários, ameaças de demissão, corte em investimentos, suspensão de férias, entre outras questões.

A entidade também demanda novos concursos para a reposição de funcionários que se aposentaram. A última seleção para empresa ocorreu em 2011.
MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Raquel Dodge troca grupo da Lava Jato que atua no STF


A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, toma posse ao lado do presidente Michel Temer (PMDB) (Foto: @MPF_PGR/Twitter)

Nos seus primeiros atos oficiais como procuradora-geral da República, Raquel Dodge trocou a equipe de procuradores que vão conduzir as investigações da Operação Lava Jato perante o Supremo Tribunal Federal (STF).

Em uma série de portarias publicadas no Diário Oficial da União desta terça-feira, a nova chefe do Ministério Público Federal (MPF) promoveu um rearranjo na força-tarefa da operação que apura crimes cometidos por empreiteiras e autoridades públicas do país. Dodge nomeou oito novos membros para atuarem de maneira exclusiva na investigação.

Dos dez integrantes da equipe destacada pelo antecessor, Rodrigo Janot, a procuradora-geral manterá cinco pelo prazo de trinta dias para fazer a transição para a nova força-tarefa. A procuradora-geral havia prometido preservar nas funções os procuradores anteriormente indicados por Janot.

A nova equipe da Lava Jato será coordenada por José Alfredo de Paula Silva, procurador regional da República. O grupo ficará vinculado à recém-criada Secretaria de Função Penal Originária junto ao STF, idealizada por Raquel Dodge e que será comandada por Raquel Branquinho.

José Alfredo e Raquel são dois nomes que fazem parte do núcleo próximo à nova chefe da PGR. Os dois têm experiência em atuação de escândalos de impacto nacional, como o do mensalão. Raquel Dodge foi colega dos dois quando atuaram perante o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), com sede em Brasília.

Fonte: Veja

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Avaliação positiva sobre governo Temer cai para 3,4% em setembro, diz CNT/MDA


A avaliação ótima/boa do governo do presidente Michel Temer caiu para apenas 3,4 por cento em setembro, ante 10,3 por cento em fevereiro, mostrou pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira.
A pesquisa do instituto MDA para a Confederação Nacional do Transporte (CNT) apontou ainda que a avaliação ruim/péssima disparou para 75,6 por cento, contra 44,1 por cento, ao passo que a avaliação regular do governo recuou a 18,0 por cento, ante 38,9 por cento na pesquisa anterior.
A margem de erro da sondagem é de 2,2 pontos percentuais.
Ainda de acordo com o levantamento, o percentual dos que desaprovam o desempenho pessoal do presidente é de 84,5 por cento –era 62,4 por cento em fevereiro–, enquanto os que aprovam são apenas 10,1 por cento, ante 24,4 por cento em fevereiro.
A pesquisa foi realizada de 13 a 16 de setembro, em 137 municípios, com 2.002 pessoas.
Fonte: Reuters

MAIS NOTICIAS: https://crato-noticias.blogspot.com.br/

Filme sobre Roberto Carlos terá sexo e acidente que o fez perder perna


Roteiro de Nelson Motta e Patrícia Andrade foi aprovado pelo Rei (Foto: Reprodução)

A cinebiografia de Roberto Carlos terá cenas de sexo e do acidente que resultou na amputação da perna direita dele, aos 6 anos. Ambas as informações estão no roteiro, assinado por Nelson Motta e Patrícia Andrade, que foi aprovado pelo Rei nesta semana.

Ainda sem título, o filme terá direção de Breno Silveira, de ´Dois Filhos de Francisco´, título sobre a vida de Zezé de Camargo e Luciano, e ´Gonzaga – De Pai pra Filho´, sobre Luiz Gonzaga e Gonzaguinha.

A história de Roberto será divida em dois filmes, segundo informações do jornal o Globo. O primeiro deverá contar a vida do artista até 1970. O segundo seguirá sua carreira até os dias atuais. Roberto Carlos tem 76 anos.
noticiasaominuto

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Morre o jornalista Marcelo Rezende aos 65 anos após luta contra o câncer


Apresentador do Cidade Alerta lutava contra um câncer desde abril.

O jornalista Marcelo Rezende morreu neste sábado (16), aos 65 anos, na zona sul de São Paulo. Um dos maiores nomes do jornalismo brasileiro, o apresentador da Record TV lutava contra um câncer no pâncreas e no fígado desde o final de abril. A informação foi confirmada pelo Hospital Moriah, onde estava internado desde terça-feira (12).

Ainda não foram divulgadas informações sobre velório e enterro.

Com a coragem que o acompanhou ao longo da vida, o jornalista anunciou em rede nacional que estava com a doença. Durante uma entrevista ao Domingo Espetacular no início de maio, horas antes de ser internado pela primeira vez, Rezende disse que encararia a doença de frente. O câncer agressivo o obrigou a deixar repentinamente o comando do Cidade Alerta, jornalístico que apresentava desde 2012. Foi nessa última etapa da carreira que Marcelo Rezende se reinventou como apresentador.

Entre denúncias e notícias sobre violência urbana, Marcelo Rezende encontrou espaço para o bom humor. Transformou os repórteres em personagens, deu apelidos à equipe técnica, colocou o comentarista Percival de Souza sentado num trono. Criou bordões que ganharam as ruas e já entraram para a história da TV brasileira. Um deles, o “corta pra mim”, virou título de sua autobiografia (Editora Planeta, 2013). Um breve resumo de uma vida rica de histórias.

Marcelo Rezende nasceu no Rio de Janeiro, em 12 de novembro de 1951, fruto de um casal de baixa renda. Filho de um bancário e uma funcionária da aeronáutica, decidiu, aos 16 anos, se mudar para a Bahia e viver em uma comunidade hippie.

Um ano mais tarde, ingressou no jornalismo por acaso, durante uma visita à redação do Jornal dos Sports, no Rio de Janeiro. Rezende tinha apenas 17 anos e foi convidado para trabalhar como repórter na cobertura de futebol. Foram o talento e as amizades que conquistou lá que o levaram para a Rádio Globo e, na sequência, O Globo. No jornal carioca, onde trabalhou por sete anos, teve a chance de ficar próximo do ídolo, Nelson Rodrigues.

Antes de chegar à televisão, o jornalista ainda passou pela revista Placar. Só então, em 1987, foi contratado como repórter esportivo pela TV Globo. Com pouco tempo na emissora carioca, migrou para o jornalismo investigativo – área que marcou a sua carreira profissional. Participou de coberturas importantes e saiu na frente em várias delas. Um exemplo é a investigação sobre a fuga de PC Farias, tesoureiro da campanha de Fernando Collor, em 1993. Mas a matéria de maior repercussão na carreira do apresentador foi um caso de violência policial na Favela Naval, em Diadema, na grande São Paulo. A denúncia feita por Rezende em 31 de março de 1997 no Jornal Nacionalcausou indignação no País, rodou o mundo e colocou os direitos humanos na pauta da sociedade. Pelo trabalho, Rezende recebeu os prêmios APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) e o Líbero Badaró.

No ano seguinte, o jornalista voltou a ser premiado no Líbero Badaró por uma denúncia de vendas de armas, também exibida no Jornal Nacional. Ele já havia conquistado, em 1994, o diploma de honra ao mérito do Festival de Filme e Televisão de Nova York pela reportagem Trabalho do Menor, exibida no Globo Repórter.

A estreia como apresentador foi no Linha Direta, em 27 de março de 1999. O jornalista participou ativamente do projeto que colocou o programa policial que reconstituía crimes praticados por foragidos da justiça de volta à grade da Globo – a primeira versão, feita em 1990, durou só quatro meses no ar. De acordo com a emissora carioca, Rezende dizia que “a proposta do Linha Direta era, desde o princípio, condenar a impunidade e retratar os casos policiais com o máximo de verossimilhança”. Isso era possível pois, além de contar histórias, a atração incentivava os telespectadores a denunciar o paradeiro dos criminosos ou fornecer pistas que ajudassem na solução dos casos. O jornalista trabalhou sete meses montando uma equipe de 50 profissionais para colocar o programa no ar.

Rezende deixou a Globo e, em 2002, foi para a Rede TV!, onde assumiu a apresentação do telejornal policial Repórter Cidadão.

Em 2004, foi contratado pela Record TV, como apresentador da primeira versão do Cidade Alerta. Ficou até 2006, quando foi contratado novamente pela Rede TV! para ancorar o RedeTV!News, principal jornalístico da casa. Deixou a emissora em 2008. Dois anos depois, estreava na Band no comando do Tribunal na TV – atração nos mesmos moldes do Linha Direta.

Ainda em 2010, Rezende voltou para a Record TV, como repórter especial do Domingo Espetacular. No ano seguinte, virou apresentador do Repórter Record. Mas, em 2012, Marcelo Rezende reassumiu o comando do Cidade Alerta e, com uma dose de irreverência, mudou o jeito de fazer programa policial na televisão brasileira. A inovação deu certo e fez história. Em setembro de 2015, o vespertino venceu por pelo menos três vezes o Jornal Nacional, fato até então inédito na televisão. Quando não ficava na frente, por várias vezes o Cidade Alerta empatava no período de confronto direto entre os dois noticiários. Um marco histórico, já que, desde a estreia, em 1969, o Jornal Nacional sempre teve a liderança isolada de audiência.

O sucesso foi interrompido pela descoberta do câncer agressivo, em exame realizado em 28 de abril. Mesmo após o diagnóstico, Marcelo Rezende apresentou três edições do programa e fez questão de não abandonar a legião de fãs. Durante o período em que esteve fora do ar, usou as redes sociais para se manter em contato com o público. Em todas as mensagens, passou demonstrações de confiança e fé.

Marcelo Rezende deixa cinco filhos e uma neta.

Fonte: R7

MAIS NOTICIAS: https://crato-noticias.blogspot.com.br/

Polícia Federal destrói 1,4 tonelada de drogas apreendidas em operações no Ceará


A destruição das drogas foi feita nos fornos de uma cerâmica, em Aquiraz

A Polícia Federal (PF) incinerou, nesta quinta-feira (14), cerca de 1,4 tonelada de drogas diversas, resultantes de apreensões feitas em operações policiais no estado nos últimos meses. A destruição dos entorpecentes ocorreu em uma empresa fabricante de cerâmica, localizada em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e contou com um forte aparato policial e a presença também de técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e representantes da Justiça Federal e do Ministério Público Federal (MPF).
No total, foram incinerados 773 quilos de maconha, 660 quilos de cocaína, além de 29 quilos de outras substâncias entorpecentes como ecstasy, fenacetina e LSD. A destruição do material apreendido foi realizada com a devida autorização judicial. Esta foi a segunda incineração neste ano. Na primeira, foram destruídas quatro toneladas de entorpecentes.

MAIS NOTICIAS: https://crato-noticias.blogspot.com.br/

Gasolina sobe de novo e aumento chega a 11% no mês


O reajuste no preço da gasolina acumula alta de 11,07% em um mês, segundo cálculo baseado nos reajustes diários divulgados pela Petrobras. A medida faz parte da nova política de revisão de preços da empresa, adotada desde o início de julho, que permite revisão dos preços diariamente.

Para o consumidor, o preço médio do litro da gasolina pago pelo consumidor no país subiu 2,33% em um mês, enquanto o valor do diesel aumentou 2,07%. Esses dados são da pesquisa preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

O preço médio do litro da gasolina era de 3,85 reais na semana encerrada em 9 de setembro. A ANP levou em conta o preço médio praticado em 3.160 postos pelo país. Com isso, o valor do litro da gasolina bateu novo recorde no ano.

A alta no preço dos combustíveis foi o principal impacto na inflação de agosto, que teve alta de 0,19%, segundo o IBGE.

E vem mais aumento por aí. A empresa anunciou hoje que o preço da gasolina na refinaria sobe 1,3% a partir de amanhã. O diesel sobe 1,6%.

Fonte: Veja

MAIS NOTICIAS: https://crato-noticias.blogspot.com.br/

Destaque em Saúde: Cura do HIV está cada vez mais próxima, diz especialista


A cura do HIV/Aids está cada vez mais próxima, segundo o presidente do 20º Congresso Brasileiro de Infectologia (Infecto 2017), Alberto Chebabo. “A gente hoje sabe que existem locais onde o HIV se esconde e onde a medicação que a gente utiliza não consegue atuar. Consigo controlar a doença, mas não consigo eliminar esses reservatórios onde o vírus fica escondido dentro do corpo humano, dentro do organismo”, explicou em entrevista. Leia essa e outras notícias na coluna Saúde!

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/

Em delação, Funaro diz que Temer recebeu propina na obra de Angra 3


O presidente teria recebido valores indevidos durante a contratação de empreiteiras para construção da Usina, no Rio de Janeiro, diz delator.

O operador financeiro Lúcio Funaro disse, em seu acordo de delação premiada, que o presidente Michel Temer (PMDB) recebeu propina durante a obra da usina de Angra 3, no Rio de Janeiro. A declaração foi revelada no site do jornal O Globo, nesta terça-feira (12/9).

O conteúdo da delação está sob sigilo no Supremo Tribunal Federal (STF), pois cita políticos com foro privilegiado. O jornal afirma que Funaro, apontado como um dos operadores do PMDB, explicou para a Justiça todo o funcionamento do esquema de propinas.

O corretor, que está preso no Complexo Penitenciário da Papuda, elencou quatro pessoas como operadores do presidente: José Yunes, seu ex- assessor; Wagner Rossi, ex-ministro da Agricultura; Marcelo Azeredo e o coronel João Batista Lima Filho. De acordo com o relato, Yunes seria o principal intermediário e usava a empresa de Lima, a Argeplan, para lavar os ganhos indevidos com o contrato de Angra 3.

Delatores de empreiteiras, como a UTC, a Andrade Gutierez e a Camargo Corrêa, já relataram à Lava-Jato que houve propina envolvendo o PMDB na obra. Rossi e Azeredo, disse Funaro, operavam as propinas do Porto de Santos.

As denúncias coincidem com a autorização dada ao ministro do STF Luís Roberto Barroso, nesta terça (12), para uma nova investigação contra Temer e o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). A apuração inclui supostos crimes de corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro envolvendo o Decreto dos Portos, que teria favorecido uma empresa do setor, a Rodrimar S/A.

MAIS NOTICIAS: http://crato-noticias.blogspot.com.br/